Login to Lera
icon 0
icon Loja
rightIcon
icon Histórico
rightIcon
icon Sair
rightIcon
icon Baixar App
rightIcon
Um novo começo feliz

Um novo começo feliz

Galina Syrus

4.9
Comentário(s)
1.1M
Leituras
284
Capítulo

No dia em que Lilah descobriu que estava grávida, viu seu noivo a traindo e quase perdeu a vida por causa dele e da amante dele. Felizmente, ela conseguiu escapar de lá. Cinco anos depois, quando ela voltou para sua cidade natal, salvou a vida de um menino, cujo pai acabou sendo o homem mais rico do mundo. Desde então, tudo mudou para Lilah, porque esse homem sempre a protegia. Quando seu ex-noivo a intimidou, ele apareceu para vingá-la. Além disso, ele também ensinou uma boa lição ao seu pai malvado. Ele fez com que todos que a humilharam ou maltrataram pagassem antes mesmo que ela pedisse. Diante do interesse da irmã de Lilah por ele, ele lhe mostrou uma certidão de casamento e disse: "Tenho um casamento feliz e minha esposa é muito mais bonita do que você!" Lilah ficou chocada. "Quando nos casamos?" Com um sorriso malicioso, ele respondeu: "Querida, estamos casados há cinco anos. Não ahca que é hora de termos outro filho?" Lilah ficou completamente cofusa. Do que diabos ele estava falando?

Protagonista

: Lilah Phillips e Gerard Harris

Capítulo 1 Grávida e traída pelo namorado

"Você está grávida, Lilah."

Essas palavras do médico foram como um soco no estômago para Lilah Phillips, pegando-a de surpresa. Ela achava que seu enjoo matinal era só por causa de um vírus chato que havia contraído.

Vendo a surpresa no rosto de Lilah, o médico prosseguiu: "O mais importante agora é você decidir se deseja prosseguir com esta gravidez. Se não desejar prosseguir, existem outras opções, como o aborto."

Lilah, se recompondo, pediu: "Eu gostaria de algumas vitaminas pré-natais, por favor."

Com os comprimidos em mãos, Lilah saiu do hospital, relembrando a noite quente de um mês atrás. Imagens dos braços musculosos e momentos intensos com o namorado, Iker Lewis, não saíam da mente dela, deixando suas bochechas coradas.

O bebê não planejado era a prova viva do amor dela com Iker. Por isso, ela decidiu prosseguir com a gravidez.

Ao chegar em casa e abrir a porta do quarto, Lilah ouviu alguns gemidos.

"Sim, Iker. Ah! Continue."

O susto foi de verdade. Ela invadiu o quarto, sua voz tremendo: "Mas o que... que diabos está acontecendo aqui?"

Pego de surpresa, Iker puxou as cobertas sobre ele e a mulher misteriosa.

O coração de Lilah desabou ao reconhecer a outra mulher.

Era a irmã mais nova dela, Adaline Phillips.

Adaline, que se perdera na infância e retornara posteriormente, era considerada uma santa na família. Tudo o que Lilah possuía fora usado anteriormente por Adaline. Mas ir atrás do homem dela? Esse era um golpe que Lilah nunca imaginaria receber.

"Calma, Lilah, deixe-me explicar", disse Adaline, com a voz trêmula. "Não é o que está parecendo. É só que... tenho sentimentos intensos por Iker. Não consegui evitar. Se você quiser ficar brava, fique comigo!"

Plaft!

Sem pensar, Lilah acertou um tapa no rosto de Adaline.

Adaline ficou completamente chocada, segurando a bochecha vermelha. "Lilah, desconte o quanto quiser em mim, mas não culpe Iker, pelo amor de Deus."

O coração de Iker até amoleceu, vendo Adaline em apuros. Ele a abraçou gentilmente. "Ela é sua irmã, Lilah. Como você pode fazer isso com ela? O que aconteceu entre a gente foi só uma vez."

O estômago de Lilah deu uma revirada. Logo, ela vomitou nos sapatos de Iker.

A expressão dele ficou séria rapidamente.

Recuperando a pose, Lilah disse: "Não venha bancar o inocente, Iker! Não diga que foi só uma vez! Não torne isso menos errado! Eu te dediquei os melhores anos da minha vida, mas você jogou isso no lixo!"

Iker não sabia nem o que dizer. Mas Adaline interveio: "Lilah, se acalme. Você sempre foi tão reservada e discreta. Você bem sabe que os homens tem necessidades. Eu só estava querendo ajudar, ok? Juro que não vou atrapalhar vocês dois. Vou embora."

Quando estava prestes a sair, ela viu um papel caindo do bolso de Lilah, então o pegou. Depois de dar uma olhada, ficou surpresa e o entregou para Iker.

Lilah encarou Iker, atenta à reação dele.

De repente, ele ficou com muita raiva e gritou: "Lilah! Como você pode julgar a gente? De quem é esse bebê? De outro homem?"

O mundo de Lilah desabou. "Iker, eu nunca faria uma coisa dessas! Lembre da noite, no mês passado, no Hotel Cristal? Ou você esqueceu?"

"Isso é um absurdo! Eu estava viajando a trabalho!" Iker gritou.

Ele ficou furioso com o fato de que outro homem foi a primeira pessoa de Lilah.

Lilah estava totalmente confusa. Será que Iker estava mentindo? Então, ficha de Lilah caiu.

"Foi você, Adaline!"

Vendo a cara de deboche da sua irmã, Lilah entendeu tudo. Ela tinha sido enganada. Num ataque de raiva, ela partiu para cima de Adaline, pronta para brigar.

Mas Iker foi mais rápido, se metendo no meio e empurrando Lilah para o lado.

Com isso, ela bateu em um armário e uma dor absurda tomou conta do seu estômago. A dor foi ficando mais intensa.

Como a gravidez estava muito no início, era um momento delicado.

Em seguida, uma mancha vermelha apareceu lentamente.

O desespero tomou conta e Lilah gritou: "Alguém, pelo amor de Deus, chame uma ambulância!"

Mas, em vez de ajudar, Iker ficou apenas olhando friamente. Com os dentes apertados, ele sussurrou: "Talvez seja até melhor, Lilah. Se você decidir abortar, eu até penso em casar com você."

A crueldade dele deixou Lilah sem fôlego.

Desesperada, ela sentiu a conexão com o bebê se desvanecendo. Em pânico, reuniu todas as suas forças e saiu correndo de casa. De repente, ela viu os faróis de um carro que estava vindo em sua direção. Em seguida, uma dor insuportável a atingiu e tudo ficou escuro.

Continuar lendo

Você deve gostar

Capítulo
Ler agora
Baixar livro