back
Baixar App Lera
icon 0
icon Loja
rightIcon
icon História
rightIcon
icon Sair
rightIcon
icon Baixar App
rightIcon
Dawn of Law - Uma Nova Perspectiva.

Dawn of Law - Uma Nova Perspectiva.

Mr Martin

4.8
Comentário(s)
11.8K
Leituras
23
Capítulo

Victoria é uma moça determinada, forte, doce e inocente que teve um passado trágico e tem como objetivo evitar que mais pessoas passem pelo que ela passou, ela vai enfrentar inúmeras dificuldades. a estória tem como base o desenvolvimento dos personagens e contará com inúmeros personagens. O leitor terá ciência dos acontecimentos de acordo com o próprio conhecimento dos personagens.

Capítulo 1
Amanhecer.

Com sua respiração pesada e ofegante, Victoria está fugindo desesperada em meio a Lama e chuva que está caindo sobre si nos arredores das fazendas de Fritz, ela acabará de testemunhar a morte do seu irmão que foi morto por motivos triviais pelo filho caçula de uma poderosa família, Victoria não entende o porque isso está acontecendo... Ela tem apenas 11 anos de idade e momentos antes de tudo isso começar, seu irmão a fez fugir enquanto encarava um veículo preto que estacionou bem próximo, Victoria então abandonou seu material escolar quando ouviu um som ensurdecedor, ela não sabia o que era mas sentiu que deveria correr e está desesperada e se perguntando porque isso está acontecendo...

Ela já está correndo a muito tempo, está cansada e não sabe mais onde está... Até que um carro se aproxima silenciosamente, o mesmo carro que ela viu com seu irmão antes, o carro para na frente dela e uma arma é apontada em sua direção, essa arma explode num clarão em meio a escuridão da noite iluminando os arredores, essa arma foi disparada em sua direção.

Victoria acorda assustada, ela se senta e nota que está completamente suada, com seu pijama florido colado em seu esguio corpo e com um grande pesar em seu coração, ela não pode esquecer o que aconteceu e também não aceita o fato de que esse crime foi completamente abafado pelas autoridades devido a corrupção que existe entre os governantes.

Ela joga seu grande cabelo negro como petróleo para trás e sente o cabelo bater na sua cintura, ela se levanta da cama, abre as cortinas para deixar o sol repousar sobre seu rosto e observa céu límpido que está emergindo em sua pacata vila de Fritz.

Victoria se levanta e nota que são 5:48 da manhã, ela vê o chapéu que seu pai usa quando está trabalhando no campo para se proteger do sol que faz nessa manhã de primavera e ela sente o cheiro do café da manhã que sua mãe está preparando. Então Victoria troca de roupa e coloca uma roupa mais casual para tomar café e passar esses momentos com sua família, um vestido leve que vai até o joelho de cor azul clara.

Victoria usa o banheiro, lava as mãos, lava seu rosto respira fundo e olha em seu reflexo, em seus olhos como se buscasse a confirmação que necessita em meio ao verde de seu olhar e por fim, escova seus dentes e desce as escadas em direção a cozinha e sua mãe a recebe com um sorriso;... O café está pronto querida.

Victoria solta um sorriso melancólico e se senta para comer.

Na mesa ela observa frutas como maçãs, uvas, morangos e abacaxi e sua mãe preparou um café forte, pães caseiros e pães de queijo, ela ama os pães de queijo que sua mãe prepara.

Sua mãe Vilma se senta ao lado e com pesar nos olhos pergunta;... Querida você tem certeza que quer seguir esse caminho?.

Victoria responde com o olhar triste porém determinado;... Sim mãe, eu tenho certeza que esse é o meu caminho.

...Querida eu sei como você sofre e se culpa e até mesmo tem pesadelo

s... Você não deve se sentir culpada por nada disso filha, todos sentimos muito pela tragédia que houve com seu irmão Júlio mas eu quero que você siga em frente sem remorso, arrependimento ou culpa... Quero que siga um caminho que te faça feliz. Disse Vilma com pesar no olhar

Victoria então olha nos azuis dos olhos de sua mãe com determinação e diz;... Eu sei mãe, e eu acho que esse caminho é o que vai me fazer feliz, que vai me dar o propósito que eu preciso e sei que vai ser um caminho árduo mas eu tenho que fazer isso.

Vilma então a olha nos olhos e da um que conforta Victoria e diz;... Seu café vai esfriar querida, come bem porque o dia vai ser longo.

O pai de Victoria Javier chega até a cozinha guiado pelo forte cheiro de café e se senta, Victoria já está habituada com o sotaque de seu pai, já que ele é descendente de espanhóis, Victoria pergunta ao pai;.. Bença pai, será que o senhor poderia por gentileza me levar até Haltown mais tarde?

...Claro filha, apesar que estou com o coração apertado por isso mas vamos te apoiar nas suas decisões! Afirmou Javier com um doce sorriso pra Victoria.

Todos tomam café da manhã e estão contentes por estarem Unidos, mas Victoria sabe que essa é a última manhã que ela poderá passar com eles por alguns anos...

Após o café da manhã, Victoria se dirige até seu quarto e termina de fazer suas malas, ela quer deixar tudo pronto pois ela irá realizar seu sonho, ela é a primeira mulher de sua cidade a ser aprovada em uma faculdade, e ainda a mais conceituada de Haltown, a faculdade de Tirston.

É 13 de setembro de 1950, uma quarta feira e Victoria tem um longo caminho até chegar a Haltown.

Enfim é chegada a hora, Victoria se despede de sua mãe com lágrimas e diz a mãe que sentirá saudades, a mãe de Victoria a olha nos olhos e diz que tem orgulho dela, isso encoraja e retira todos os receios que Victoria ainda armazenava em seu coração.

O pai de Victoria coloca as malas na caçamba da carroça e aguarda a despedida entre mãe e filha.

Finalmente Victoria sobe na carroça e seu pai acena para sua esposa, ambos partem para a cidade.

Victoria tem muita curiosidade sobre a cidade já que nunca pode sair de seu vilarejo, ao mesmo tempo ela tem medo pois não sabe o que vai encontrar mas está se sentindo determinada a seguir esse caminho, Victoria sonha em se tornar Advogada criminalista, desde o dia em que perdeu seu irmão ela não aceita a impunidade, ela se lembra da fúria e desespero de seu pai e mãe quando as autoridades diziam que ele foi morto por estar roubando uma propriedade e foi legítima defesa, Victoria sempre soube a verdade mas o dinheiro mudou a realidade das coisas.

Victoria sentia fúria e pesar toda vez que pensava nesse assunto e se perguntava quantas pessoas mais não passam por isso todos os dias, ela quer fazer a diferença... Victoria é uma jovem moça determinada, com espírito de justiça muito forte mas também é inocente...

Baixar livro