back
Baixar App Lera
icon 0
icon Loja
rightIcon
icon História
rightIcon
icon Sair
rightIcon
icon Baixar App
rightIcon
A Noiva Mais Sortuda

A Noiva Mais Sortuda

Roana Javier

5.0
Comentário(s)
43.9M
Leituras
789
Capítulo

Janet foi adotada quando criança -- um sonho realizado para os órfãos. No entanto, sua vida não se tornou mais feliz, porque sua mãe adotiva sempre a insultava e a intimidava. Havia uma criada velha que sempre cuidava da Janet e a amava, infelizmente, ela adoeceu e Janet não tinha outra escolha a não ser se casar com um estranho como substituta da filha biológica de seus pais adotivos para cobrir as despesas médicas da criada. Isso poderia ser uma história de Cinderela? Mas o homem estava longe de ser um príncipe, exceto por sua bela aparência. Ethan era o filho ilegítimo de uma família rica e vivia uma vida imprudente. Ele se casou apenas para cumprir o último desejo de sua mãe. No entanto, na noite de núpcias, ele teve uma sensação de que sua esposa era diferente do que os outros diziam. O destino uniu os dois com segredos profundos. Ethan era realmente quem pensávamos que ele era? Por que ele tinha uma estranha semelhança com o homem mais rico e impenetrável da cidade? Ele descobriria que Janet se casou com ele como substituta de sua irmã? O casamento deles seria um conto romântico ou um desastre total? Vamos ler e conhecer mais sobre a jornada de Janet e Ethan.

Capítulo 1
A traição

"Eu me entreguei a você. Por que você ainda está com a Janet?" Sem fôlego e com uma voz sedutora, a mulher perguntou. Ela estava seminua sobre o corpo do homem.

"Não mencione o nome dela agora." Ele estava tão excitado, que apertou os seios da mulher e gemeu de prazer.

Porém, a mulher não ficou nada satisfeita com a resposta, que definitivamente não era o que ela queria ouvir. "Qual é o problema? Ela não passa de uma filha adotiva, até o nosso cachorro tem uma posição mais importante do que ela na nossa família. O que ela tem de tão especial?"

O homem ficou em silêncio. Então, ele agarrou a cintura da mulher e empurrou com mais força, ela respondeu o movimento dele, gemendo e gritando o seu nome.

Do lado de fora do quarto, com o ouvido colado na porta, estava Janet Lind. Quando ela entendeu o que estava acontecendo dentro daquele quarto, os seus olhos cansados passaram a frios.

Janet tinha acabado de voltar do hospital.

Hannah, quem tinha criado Janet desde que ela era uma criança, tinha sido diagnosticada há três meses, com cirrose hepática avançada. A mulher estava internada e precisava com urgência de um transplante de fígado. Janet tinha usado todas as suas economias para pagar as despesas médicas, mas não era o suficiente.

Para piorar ainda mais a situação dela, a sua irmã mais nova estava com o namorado dela. Diante de tantas adversidades, Janet sentia como se sua vida estivesse desmoronando.

"Você ouviu o que eu falei? Hoje à noite você terá que me dizer qual é a sua decisão. Você escolhe: ou ela ou eu. A escolha é sua." Enquanto falava, Jocelyn Lind batia no peito do Steve Carter, desesperada querendo uma resposta.

Então, Janet chutou a porta e encarou o casal. "Vou lhe poupar um problema. Ele é apenas um homem. Você pode ficar com ele se quiser."

Embora Janet parecesse indiferente, o seu coração se partiu, quando ela descobriu que estava sendo traída pelo namorado com a sua própria irmã.

Steve tinha sido colega de faculdade da Janet. Além de ser um homem bonito, ele era de uma família rica. Durante três anos, ele ficou tentando conquistar a Janet.

Pouco antes da formatura, ele confessou o que sentia por ela.

A cena aconteceu no pátio da faculdade. O local estava cheio, praticamente todos os alunos presenciaram a cena romântica. Quando Janet finalmente aceitou namorar ele, todos aplaudiram.

Mas, vendo com os próprios olhos a traição do namorado, a dor estava esmagando ela por dentro. Janet olhou para aquelas duas pessoas que estavam bem diante dos olhos dela e cerrou os punhos com tanta força, que suas unhas cravaram na sua pele.

A reação do Steve, quando viu Janet, foi empurrar Jocelyn para longe o mais rápido que pôde, e em seguida, vestiu as calças e saiu da cama.

O seu rápido movimento, quase fez com que Jocelyn caísse da cama. As palavras da irmã a deixaram com muita raiva.

Jocelyn tinha feito um grande esforço para conseguir ficar com um homem rico e bonito como Steve.

Enquanto Janet tinha conquistado o coração dele sem ter que fazer absolutamente nada, o que enfurecia Jocelyn.

Afinal, para ela, Janet não passava de uma filha adotiva, sem a menor importância.

"O que você está dizendo? Até parece que você está terminando com o Steve. Quando na verdade é ele quem está deixando você, vadia!" Jocelyn zombou, enquanto puxava a colcha para cobrir o seu corpo nu. Então, ela olhou para o Steve e perguntou: "Steve, o que você tem para dizer agora? Anda, diga para Janet!"

Steve tinha terminado na cama com Jocelyn puramente por impulso. Ele perdeu o controle, depois de tantas investidas dela.

Mas naquela situação, ele correu na direção da Janet, se ajoelhou na frente dela e segurou o seu pulso. "Janet, por favor, me perdoe. Eu não sei o que passou pela minha cabeça."

Apesar dos olhos cheios de lágrimas, Janet olhou para ele com desgosto. Janet não era o tipo de mulher que voltava atrás depois de tomar uma decisão.

Ela puxou a mão para que Steve a soltasse. "Sinto muito, Steve. Mas eu não quero nada que tenha sido contaminado por Jocelyn. Vocês formam o casal perfeito. O nosso relacionamento termina aqui."

Jocelyn ficou surpresa com a cena que estava presenciando. Steve estava à beira de um colapso nervoso, mas ela não via nenhum traço de tristeza no rosto da Janet. Isso fez a sua raiva aumentar, pois ela não tinha conseguido o que queria.

Janet não queria perder tempo com eles. Desde criança, Jocelyn competia com Janet, o seu esporte preferido era tirar tudo o que pertencesse à Janet. Até mesmo os brinquedos da Janet ela roubava. E uma vez que elas cresceram, ela queria roubar o namorado da irmã.

Portanto, para Janet, não tinha nada de novo naquela situação. E naquele momento, a sua real preocupação eram as despesas médicas da Hannah.

Quando Janet estava prestes a sair do quarto, ela ouviu o barulho de passos no corredor.

"Já é muito tarde. Que barulho é esse?"

Eram os pais adotivos da Janet, Bernie Lind e Fiona Duncan, que foram correndo na direção do quarto, quando escutaram o tumulto que estava acontecendo lá.

Bernie foi o primeiro a entrar. Ele arregalou os olhos, horrorizado, quando viu a filha sentada na cama, praticamente nua, exceto pela colcha enrolada no corpo dela. "O que você está fazendo? Você se casará em breve. Como você pode estar na cama com outro homem?" Ele gritou com a filha.

Jocelyn abraçou as pernas e olhou para Bernie com os olhos vermelhos. Ao mesmo tempo, ela cerrou os dentes, para suprimir a raiva que estava sentindo.

A família Lester e a família Lind tinham concordado que os seus filhos se casariam na idade adulta. Porém, o noivo dela não era um filho legítimo, e a família Lester o tinha expulsado de casa há muito tempo. Então, ele era pobre e nem um trabalho decente tinha. Era um homem ocioso, que passava a maior parte do tempo sem fazer nada. Por esse motivo, Jocelyn não queria de jeito nenhum se casar com ele.

Pois ela achava que merecia alguém melhor.

"Eu estou grávida!" Jocelyn disse e ao mesmo tempo apontava Steve. "Estou esperando um filho dele. Não posso me casar com outro homem. Será melhor cancelar o casamento."

Steve ficou surpreso. Ele e Jocelyn tinham dormido juntos apenas algumas vezes. Como ela poderia estar grávida?

"Que absurdo é esse? Você tem que se casar com um filho da família Lester!" Bernie estava fervendo de raiva. A vontade que ele tinha era de bater na filha, por ela ter sido tão estúpida.

Afinal, ela tinha o compromisso do casamento. O que ele diria à família Lester se eles quisessem saber por que a sua família estava cancelando o casamento?

Assim que entrou no quarto, Fiona se colocou na frente da filha para protegê-la. Ela sempre protegia Jocelyn, raramente a repreendia. Ela viu o quanto o seu marido estava com raiva, na verdade, Fiona não gostava sequer que ele levantasse a voz para a filha.

"Bernie, por que você está zangado dessa maneira com a Jocelyn?" Fiona perguntou chorando. "Janet também é uma filha da família Lind. Então, ela pode se casar com alguém da família Lester."

Durante os primeiros anos de casamento, Bernie e Fiona não conseguiram ter filhos. Então, devido à pressão dos mais velhos da família Lind, eles foram obrigados a adotar Janet. Anos depois, Fiona finalmente engravidou e teve Jocelyn.

Então, ela passou a odiar Janet. Porque a sua filha adotiva era a prova da sua infertilidade. Só de olhar para Janet, ela se sentia irritada.

A partir do momento que deu à luz Jocelyn, Fiona deixou claro quem era a sua filha preferida, e passou a desprezar Janet.

Os anos se passaram, Janet cresceu e se tornou uma mulher muito melhor, em todos os aspectos do que a filha legítima da família, o que fez com que o ódio da Fiona por ela aumentasse ainda mais.

As palavras da Fiona enfureceram Janet. "Vocês assumiram um compromisso com a família Lester de casar Jocelyn com o filho deles, não eu", ela disse irritada. "Por que agora você quer que eu me case, só porque a sua doce filha estava transando com outro homem?"

"Nós criamos você durante todo esse tempo. Chegou a hora de você nos retribuir a gentileza, Janet", Fiona disse em voz baixa, mas seus olhos brilhavam de astúcia. "Você não quer que aquela empregada faça a cirurgia? Nós pagaremos todas as despesas médicas, desde que você se case com alguém da família Lester no lugar da Jocelyn."

Jocelyn sorriu, evidentemente gostando da ideia. Ela achava que Janet e o filho da família Lester, que não era legítimo, formavam o casal perfeito.

As palavras da Fiona enfureceram a Janet. No entanto, resolver o problema das despesas médicas era tudo o que ela precisava naquele momento. Hannah não podia esperar por muito tempo.

Janet tinha acabado de se formar e não tinha como pagar pelo tratamento de saúde da Hannah.

Embora Bernie e Fiona tivessem adotado Janet, eles nunca deram a mínima para ela. Foi Hannah, a empregada da família Lind, quem criou Janet. Hannah era como uma avó, que Janet nunca teve. Portanto, ela não podia abandoná-la quando a velha mais precisava.

Ao perceber que a proposta tinha balançado Janet, Fiona se aproximou dela. "No futuro, de qualquer forma, você terá que se casar com alguém. Por que você não nos ajuda, e se casa com o filho da família Lester? Assim que você se casar, eu lhe darei o dinheiro que você precisa."

Janet tremia, enquanto todos que estavam no quarto olhando para ela. Ela precisava do dinheiro para pagar o tratamento médico da Hannah.

Então, as lágrimas começaram a rolar no seu rosto. Ela abaixou a cabeça e respondeu em voz baixa. "Está bem, eu vou me casar com ele."

Baixar livro