Login to Lera
icon 0
icon Loja
rightIcon
icon Histórico
rightIcon
icon Sair
rightIcon
icon Baixar App
rightIcon
Meu marido zilionário

Meu marido zilionário

Cyb Boyne

5.0
Comentário(s)
1.1M
Leituras
321
Capítulo

Imagine casar com um homem pobre e descobrir mais tarde que ele era na verdade um zilionário! O namorado de Katherine a abandonou e, por impulso, ela se casou com outro homem no dia seguinte. Seu marido, Esteban, era bonito, mas ela achava que a vida de casada não seria nada especial e foi uma surpresa para ela descobrir que ele realmente a amava. Estranhamente, todos os problemas que ela enfrentou após o casamento foram facilmente resolvidos e muitas coincidências ocorreram ao seu redor, o que a deixou confusa e desconfiada. Encolhendo os ombros, Esteban disse: "Talvez a sorte esteja do seu lado." Katherine, agora o ganha-pão da família, não retrucou, lembrando-se de que ele estava à beira da falência quando se casou com ela. O casal continuava a levar uma vida tranquila. Assim, nada preparou Katherine para o choque que um dia recebeu: seu marido tinha outra identidade! Ela não conseguia acreditar que estava casada com o homem mais rico do mundo. Esteban a abraçou e sorriu. "A sorte está sempre do seu lado, não é?" Milhares de perguntas passaram pela mente de Katherine, que ainda estava tentando se recuperar do choque.

Protagonista

: Katherine Morgan e Esteban James

Capítulo 1 Um homem estranho na cama

No início da manhã, Katherine Morgan se assustou quando abriu os olhos e encontrou um rosto bonito a apenas centímetros de distância do seu. Tomada pelo pânico, seu primeiro instinto foi verificar embaixo da colcha, vendo que ainda estava vestida, o que era um grande alívio.

Então, ela olhou cautelosamente para o homem dormindo ao lado, sentindo uma mistura de confusão, vergonha e arrependimento. Com a cabeça latejando, ela lutou para se lembrar do que havia acontecido na noite anterior.

Os pais de Katherine pediram para conversar com o namorado dela, Darrell Clark, para discutir sobre os preparativos do casamento. Ela nunca esperava tropeçar nele brincando com sua prima.

Katherine sentiu raiva e nojo, terminando o relacionamento com ele na hora e fugindo para um bar, decidida a afogar as mágoas em bebidas. Ela acabou ficando bêbada e indo para um quarto de hotel com um estranho.

Parecia que o lado bom de tudo isso era que ela não tinha cometido nenhum erro irreparável, a julgar pelo fato de que ela ainda estava totalmente vestida.

Para evitar confrontar o estranho ao lado, Katherine levantou a colcha silenciosamente, pronta para ir embora antes que o homem acordasse.

No entanto, antes que ela pudesse sair da cama, a porta do quarto do hotel foi aberta pelo lado de fora inesperadamente.

Logo em seguida, uma senhora idosa elegante entrou com uma expressão fria.

Katherine ficou assustada, mas conseguiu baixar a cabeça para tentar fugir.

Nesse momento, a senhora bloqueou o caminho, ficando parada perto da porta e olhando para Katherine com a testa franzida.

Katherine viu claramente o rosto dela e, reconhecendo-a, inconscientemente deixou escapar: "Senhora James?"

Lainey James ficou chocada no início, mas se sentiu iluminada quando observou Katherine mais de perto. Afinal, essa era a mesma jovem de antes.

Aos cinco anos, Katherine foi acidentalmente separada da família e acabou indo parar em um orfanato. Lainey havia trabalhado como voluntária nesse mesmo orfanato e foi quando as duas se conheceram. Ela passou a gostar da garota, que era uma pessoa sensata e gentil na época.

Um tempo depois, Katherine se reuniu com a família e foi levada para casa, e essa foi a última vez que Lainey ouviu falar dela. Assim, não era esperado que os caminhos delas se cruzassem novamente depois de tantos anos, muito menos aqui, nesse quarto de hotel.

"Katherine, é você mesma? Como você cresceu!" A expressão fria de Lainey se suavizou e sua voz assumiu um tom de preocupação. "Está tudo bem? Por acaso esse cretino...?"

Enquanto falava, ela se virou para encarar o homem na cama.

Katherine também se virou e descobriu que o homem havia acordado e estava olhando para ela atentamente, como se fosse uma fera fitando sua presa com olhos famintos e gananciosos.

O coração de Katherine disparou e ela rapidamente desviou o olhar para tentar se explicar. "Senhora James, não se preocupe porque nada..."

Antes que ela pudesse terminar de falar, Lainey pegou sua mão e deu um tapinha nela, como se quisesse confortá-la. "Não se preocupe com isso, minha querida. Vou garantir que cuidem bem de você!"

Lainey se preocupava muito com o fato de que seu neto, Esteban James, ainda era solteiro. Assim, ela decidiu bancar a casamenteira quando pegou o rapaz com uma garota que, por acaso, era uma amiga dela.

Enquanto conversava com Katherine, Lainey exibia um sorriso gentil no rosto, mas quando se dirigiu a Esteban, qualquer vestígio de calor desapareceu de sua feição. "Esteban James, veja só o que você fez! Você é tão desavergonhado que fez sua avó se preocupar todos os dias e ainda por cima se atreveu a machucar uma boa garota como Katherine. Sua educação foi melhor que essa!"

Depois de repreender o neto, Lainey assumiu um tom mais profissional ao falar sobre seu verdadeiro propósito. "Agora que as coisas chegaram a esse ponto, você deve assumir a responsabilidade. Vocês dois devem se casar o mais rápido possível, assim a reputação dela não será manchada."

Katherine e Esteban empalideceram quando ouviram falar sobre casamento.

"Vovó!", exclamou Esteban.

Antes que ele pudesse dizer mais alguma coisa, Lainey interrompeu abruptamente. "Você não tem o direito de se opor, ouviu? Você é um homem e deve assumir a responsabilidade por suas ações. Contanto que Katherine queira, vocês dois deveriam se casar."

Lainey sempre foi uma mulher dominadora, então Esteban não conseguia fazer nada para se opor a ela. Além disso, ele não conseguia explicar essa situação com clareza. Perplexo, ele só conseguiu virar ligeiramente a cabeça para lançar um olhar de advertência a Katherine.

Sentindo o olhar opressivo dele, Katherine ficou presa entre a cruz e a espada.

O estranho que estava ao lado de Katherine era neto de Lainey. Que coincidência!

Pensando em como seus pais continuavam insistindo que ela se estabelecesse e se casasse, Katherine deu outra olhada no homem na cama. O neto de Lainey não era feio e parecia ser mais confiável que a maioria dos homens. Além disso, se ela se casasse com ele, Lainey sem dúvida a protegeria.

Ela pensou a respeito da situação e cerrou os dentes ao se decidir. "Vou ouvir você, senhora James."

Continuar lendo

Você deve gostar

Capítulo
Ler agora
Baixar livro