back
Baixar App Lera
icon 0
icon Loja
rightIcon
icon História
rightIcon
icon Sair
rightIcon
icon Baixar App
rightIcon
O Diário de Jasmine

O Diário de Jasmine

Gil Silva

5.0
Comentário(s)
14.6K
Leituras
86
Capítulo

Você é do tipo que acredita que os opostos realmente se atraem? Jasmine Vasconcelos é uma determinada e sonhadora mulher, que trabalha unicamente para dar uma vida melhor a sua mãe. Bonita e alegre, a jovem gosta de curtir a vida e encanta a todos que de alguma forma tem o privilégio de conhecê-la, mas como nem tudo são flores, o coração de Jasmine é arrebatado por um amor proibido, quando ela se vê perdidamente apaixonada pelo próprio patrão. O charmoso e bem sucedido Anthony Wilson é um pai viúvo que não faz outra coisa a não ser trabalhar e cuidar de suas duas filhas. Mesmo sendo capaz de atrair olhares e arrancar suspiros femininos por onde passa, em sua vida não há mais espaço para o amor, desde a perda de sua amada esposa. Será Jasmine capaz de quebrar o gelo que envolve o coração desse homem tão maltratado pela vida?

Capítulo 1
Jasmine

Minha vida está um caos!

Perdi meu trabalho, estou desempregada e literalmente sem saber o que fazer. Trabalhava em uma empresa multinacional como secretária, mas fui despedida por não aceitar dormir com meu chefe, um velho safado que deu em cima de mim.

Como eu não dei bola para ele acabei despedida e o pior é que só estava há um mês neste trabalho.

Prefiro ficar desempregada a ficar com aquele velho!

Agora estou aqui sem saber o que fazer, mas creio que vou arrumar um trabalho em qualquer área.

Eu sei que vou conseguir e preciso disso com muita urgência!

Minha mãe está com problema nos ossos, sem poder se movimentar e a saúde pública não faz nada.

Ela fica às vezes gemendo de dor enquanto fico morrendo de pena dela ainda mais agora sem poder comprar seus remédios que são caros demais. O dinheiro que peguei da rescisão do contrato deu para pagar somente o aluguel.

Saí cedo à procura de trabalho, fui em algumas lojas de Ipanema, Leblon e nos lugares mais variados, mas não encontrei nada.

Confesso que já nem sei mais aonde ir.

Moro em Gamboa, em uma casa bem pequena, quase minúscula, porém boazinha.

Depois de tanto andar, resolvi falar com uma amiga do antigo trabalho e sei que ela pode me ajudar. Posso até trabalhar na empresa só que em outro setor, pois aquilo é muito grande e deve ter outro alguém precisando de uma secretária executiva.

Espero que aquele velho tarado não esteja lá, pois se ele estiver darei na cara dele.

Devia ter denunciado aquele homem, mas fui burra demais.

Vou na empresa, como todos me conhecem e não sabem nada da minha demissão, me deixaram entrar. Logo fui para o andar que Liliana trabalha e falei com ela que estava precisando de um emprego urgente, pois minha mãe estava doente. Ela me falou que sabia que o chefe dela, o senhor Anthony, estava precisando de uma babá para tomar conta das filhas dele.

— São duas meninas, elas são gêmeas e ainda são pequenas. Elas precisam de cuidados e ele está desesperado atrás de uma babá, pois a que ele tinha saiu do trabalho.

— Que bom, Liliana! Conversa com ele para mim e ver se ele me aceita como babá. Eu trabalho em qualquer coisa e não me importo. Posso fazer de tudo, estou precisando muito de um trabalho para cuidar da minha mãe. Muito obrigada, Liliana, por poder me ajudar.

— Minha filha, você é um amor de pessoa. Não sei por que você foi embora. Você estava tão bem aqui e me ajudou tanto aqui dentro. Mas de repente foi embora e ninguém sabe o motivo... Por que você não me conta o que aconteceu? Eu não irei contar a ninguém.

— Está bem, Liliana. Irei contar, mas por favor, não conte isso a ninguém. Estava em uma reunião privada, na sala do senhor Daniel e ele tentou pegar nas minhas pernas e me agarrar. Como eu não quis, me mandou embora. Ele falou que não queria mais que eu fosse a secretária dele. Ele queria se aproveitar de mim, aquele velho nojento — digo com raiva.

— Não me diga uma coisa dessa, Jasmine! Sério? Mas por que ele fez isso com você? Nenhuma mulher reclamou dele aqui na empresa — diz incrédula.

— Certamente por eu ser negra ou por saber onde moro, deve ter achado que eu queria a grana dele. Maldito! Ele teve sorte por não ter quebrado a cara dele inteirinha na porrada! Ele é casado e minha vontade era contar tudo para a esposa dele, mas não fiz.

Depois de conversar um pouco com Liliana, me despedi e fui para minha casa. Confesso que estava ansiosa à espera da sua ligação, afinal ela disse que me ligaria caso o senhor Anthony quisesse me contratar e ainda não tivesse arrumado alguém para ser babá das suas filhas.

Queria tanto essa vaga de babá, amo crianças e seria ótimo cuidar das filhas dele, sem contar que também dou conta da casa.

Trabalhar...

Só isso importa agora até porque não tenho nenhum centavo para pagar o aluguel do próximo mês. Era para eu ter me dado bem como secretária administrativa naquela empresa e poderia assim terminar meus estudos.

Se Deus quer assim, assim será!

Logo chega a mensagem da Liliana falando que o senhor Anthony queria que eu fosse na casa dele fazer uma entrevista, amanhã às 7 horas da manhã. Ela passou o endereço do local e agradeci muito a ela por ter me ajudado.

Amanhã com certeza às 7 horas da manhã estarei nesse lugar.

Que Deus me ajude e que consiga este trabalho!

Parece que Anthony é um senhor viúvo, perdeu a esposa há mais de quatro anos e pelo que sei suas crianças têm essa idade. Infelizmente, quando elas nasceram perderam a mãe, pois a esposa morreu enquanto dava à luz deixando Anthony sozinho para cuidar das duas.

Ela era uma mulher jovem e Liliana me contou tudo por mensagem.

Lili gosta muito de falar, viu?

Só que ela é gente boa!

Após uma longa conversa com Liliana, fui avisar minha mãe sobre a grande notícia.

— Oi, mãe, como a senhora está se sentindo? As dores passaram? Olha, tenho uma ótima notícia, mamãe. Amanhã vou em uma entrevista em uma casa para tomar conta das gêmeas. Isso não é ótimo?

— Mas, meu amor, você estudou tanto para ter um bom emprego, não para trabalhar como eu trabalhei, na casa dos outros. Esse povo só quer a gente enquanto podemos servi-los e você sabe disso. Assim que fiquei doente me mandaram embora sem pensar duas vezes, mesmo estando 10 anos naquela casa, não houve um pingo de consideração... Porém, como precisamos, só tenho a agradecer.

— Ah, mamãe, não se preocupe! Tem gente aí que estudou muito e que não trabalha na sua profissão. Trabalha em outra coisa porque não conseguiu achar uma vaga no que estudou para trabalhar então não ligo para isso. Não tem problema! Quem sabe um dia consiga um emprego de secretária executiva. Sou jovem, ainda tenho 22 anos então dá para conquistar outro emprego na área. Não liga para isso, mãe, vai dar tudo certo! E a senhora fique bem, não se preocupa comigo.

— Está bem, meu amor, se você está falando. Vamos rezar para que seu novo trabalho seja bom e que dê tudo certo. Espero que esse senhor seja um bom homem e um bom patrão para você.

Baixar livro