back
Baixar App Lera
icon 0
icon Loja
rightIcon
icon História
rightIcon
icon Sair
rightIcon
icon Baixar App
rightIcon
NADA FAZER TUDO TER, CORRIJA-SE E VENÇA

NADA FAZER TUDO TER, CORRIJA-SE E VENÇA

Antonio Vieira

5.0
Comentário(s)
382
Leituras
10
Capítulo

Durante toda a minha existência combati a riqueza fácil e a ociosidade (como faço até hoje) e nunca admiti que se pudesse alcançar um objetivo com o mínimo de esforço ou sem nada fazer. Muito menos acreditava em algo que não pudesse ver com meus próprios olhos. E levei todos esses anos trabalhando duro como sempre acreditei ser o correto sem nada mudar em minha vida, mas no início de 2005, havia mais de dezoito anos que nada andava para a frente em minha vida; quanto mais trabalhava mais ainda me endividava, já havia passado por tantas empresas lá fora que não tinha mais onde trabalhar. A sede de saber o porquê de tudo aquilo era grande, e já vinha há alguns anos pesquisando em livros e outras fontes importantes para descobrir o motivo de tantos fracassos e sofrimentos, e o que fazer para mudar toda a situação. A leitura me ajudou muito e, no momento limite de deixar a minha casa por falta de pagamento do aluguel, eis que entra um casal desconhecido pela sala, que também era a minha loja dizendo: Estamos aqui porque uma amiga nossa falou que você poderia nos ajudar. Mesmo sabendo que já não tinha mais como contornar a situação, estava com mente tranquila e o semblante alegre e confiante, graças a leitura. Foi aí que o casal explicou a visita: — Estamos abrindo uma loja e necessitamos de produtos para abastecê-la. Como não tinha mais mercadorias nas prateleiras nem como comprá-las, disse que faria por eles o mesmo que fizera com a nossa amiga: eles teriam de deixar uma boa quantia antecipada em dinheiro para receber os produtos quinze dias depois. Para mim aquilo seria suficiente para comprar os produtos, entregá-los por um ótimo preço e ainda abastecer minha loja. Eles nem pensaram duas vezes, deixaram as mercadorias pagas e se foram para retornar com quinze dias. Logo em seguida, vieram mais dois clientes que aceitaram o mesmo negócio. Que coincidência, não? Eu só tinha até aquele dia para entregar a casa, já quase alugada a outro inquilino. Era o Universo fazendo por mim aquilo que eu não tinha mais como fazer, mas isso somente aconteceu quando parei de trabalhar a mente para alcançar soluções. Eu havia feito tudo o que podia e por mais que orasse e pedisse a Deus tentava desesperadamente encontrar a solução, e isso impedia que outras forças me ajudassem. Com o tempo, por meio dos estudos, percebi que não se tratava de incapacidade, falta de sorte, inteligência ou coisa parecida — passei a ter a certeza de que existia uma força muito poderosa, capaz de fazer por nós a coisa certa. Essa força você pode chamar de Deus, Jesus, Buda, anjo da guarda, mentor, Universo, vida; não importa o nome que queira dar, mas essa força parecia me dizer: Filho, não tem que ser assim, estamos aqui e queremos trabalhar junto com você, mas ao menos permita que isso possa acontecer. Você está fazendo um trabalho cansativo e sem vida, não é a quantidade de trabalho que vai lhe dar a paz tão esperada, mas sim a qualidade desse trabalho. Permita que possamos lhe ajudar a partir de agora. Somente quando parei de vez e não esbocei mais reação alguma é que entrou em ação a nossa arma secreta: Deus! Que estivera sempre ali pedindo que eu nada fizesse para que Ele pudesse agir por mim. As experiências e os estudos contidos neste livro mostrarão como isso acontece e como saber contar com as Forças Espirituais, nos momentos de tomar as decisões mais importantes da sua vida. O maior ensinamento deste livro consiste em não adotar esforço algum além do necessário para sobreviver, seja um esforço físico, mental ou emocional. Isso somente é possível quando você sossega a mente e não empreende mais esforço algum, ou mesmo quando já esgotou todas as opções e não encontra mais saída, assim como aconteceu comigo. É bom lembrar; o Universo não faz por você, aquilo que cabe a você conquistar. Ele apenas vai mostrando aquilo que deve ser feito, para alcançar o que mais quer na vida. Seu livre arbítrio entra, em acreditar ou não, que existe um poder superior capaz de fazer por você, aquilo que não está podendo fazer agora. Ciente de que o universo sempre foi e será nosso maior aliado, como fica a vida daqueles que tentam contrariá-lo, tentando fazer tudo ao próprio modo e tirando do outro aquela que seria a ajuda mais importante da vida dele, confundindo-a com sofrimento? É grande o número de pessoas bem-sucedidas e amorosas que perdem tudo o que têm ou mesmo adquirem problemas sérios de saúde por comprarem briga com a vida, simplesmente por serem equivocadamente prestativas. Tenho observado que embora seja grande o número de pessoas bem-sucedidas que ajudam erradamente o próximo, é ainda maior o número de pessoas pobres que agem dessa forma, sofre as consequências, não aceitam a situação, revoltam-se e, devido a isso, prejudicam ainda mais suas vidas. Este livro ensina como ajudar corretamente. Todos nós temos uma missão neste planeta e quando não conseguimos encontrá-la bate a depressão e uma grande insatisfação. Isso nos faz buscar prazer nos vícios para anestesiar o nosso vazio. Desprezar a nossa missão por medo da mudança e da crítica é assinar a própria sentença de morte. Se tivesse dado ouvidos a críticas eu não teria feito a diferença na vida de tantas pessoas, eu sempre amei muito escrever, levei 18 meses para escrever meu último e-book, aquele que me levou onde eu pretendia chegar, mas fiz isso sem que a minha esposa tomasse conhecimento, ela não suportava a ideia de eu voltar a escrever livros. Somente quando ela conseguiu enxergar os resultados é que passou a me apoiar. Não deixe a sua missão ou vocação em segundo plano. O dinheiro, a riqueza e as coisas boas têm milhares de maneiras de chegar até você. São coisas que não provêm só de trabalho, mas sim da sua postura diante dos acontecimentos e das suas atitudes diante da vida. Por isso a importância de mudar a si mesmo. Você não precisa fazer nada para alcançar o melhor que a vida pode oferecer. Precisa somente ser uma pessoa boa, ter fé, entender tudo aquilo que a vida quer mostrar e não se atropelar ou correr desesperadamente por aí. O estudo, claro, é importantíssimo, porque com conhecimento tudo fica mais fácil, mas isso não quer dizer que quem nunca estudou ou não estudou o suficiente não possa desfrutar dos mesmos benefícios. Ao colocar em prática este conceito inicialmente ocorrerá em você uma verdadeira paz interior e uma sensação de bem estar. Em seguida, um equilíbrio saudável que traz juventude para o espírito e o corpo físico. Para completar, terá uma visão mais ampla das coisas e uma fé autêntica. Para finalizar, sucesso em todas as áreas da sua vida, acompanhado por uma sensação de felicidade.

Capítulo 1
ENTENDA OS MOTIVOS DOS SEUS FRACASSOS

Contorne os obstáculos, não os enfrente.

Não lute para conseguir. Espere o momento certo.

Lao-Tsé

Durante toda a minha existência combati a riqueza fácil e a ociosidade (como faço até hoje) e nunca admiti que se pudesse alcançar um objetivo com o mínimo de esforço ou sem nada fazer. Muito menos acreditava em algo que não pudesse ver com meus próprios olhos. E levei todos esses anos trabalhando duro como sempre acreditei ser o correto sem nada mudar em minha vida.

Quando você vem lutando por muito tempo em um mesmo empreendimento, ou para alcançar o que pretende na vida, e não obtêm os resultados esperados, alguma coisa está errada: ou você não está na profissão certa, ou então ainda não é o momento de ter o que almeja. E é aí que entra o principal conceito deste livro: não faça mais nada, relaxe, entregue tudo nas mãos de Deus e espere confiante até saber qual deve ser o próximo passo. A resposta será revelada sem você fazer esforço algum.

Enquanto uns buscam primeiro as necessidades físicas e materiais e deixam de lado a paixão pelo que fazem, mergulhando de vez em uma vida de sacrifícios, outros aproveitam bem tal conceito, seguem em frente e obtêm sucesso na vida.

Agora vou te falar dos CINCO fatores que podem impedir você de colocar em prática este conceito:

1 – A falta de tempo e de visão

Com a enorme quantidade de ocupações e preocupações diárias, poucos param para observar de que forma utilizam seus conhecimentos e energias. Com isso limitam as suas percepções e esperança de dias melhores.

2 – O medo da crítica

A pior coisa que pode acontecer para o ser humano é não receber críticas. Aquele que não é criticado – ou não é deste mundo – ou não faz nenhuma diferença estando nele.

3 – A falta de fé

A fé é tão limitada atualmente que, aquele que se entregar a esta força poderosa, receberá total apoio das forças superiores. A questão é, de que forma você vai entender como é dado este apoio. Este livro ensina como entender isso.

4 – A intolerância religiosa

Acreditar apenas naquilo que prega a sua doutrina é limitar os seus conhecimentos e o seu crescimento. Discutir religião, achando que apenas a sua é a dona da verdade, isso se chama intolerância religiosa. “A verdadeira religião do universo é o amor, não importa a doutrina que você professa, se você não tem amor, não tem religião”.

5 – A acomodação (achar que tudo está bem como está para você)

Se você pouco ou nada tem e se sente feliz assim, tudo bem, você está certo, apenas não tem o direito de reclamar de suas condições atuais; mas se você pouco ou nada tem, ou tem o suficiente e está em busca de melhorias para a sua vida material e espiritual, está lendo o livro certo.

Se você faz parte deste planeta, esse conceito fará uma grande diferença em sua vida caso se permita praticá-lo. Se você já chegou lá, tudo bem, apenas tenha cuidado com a forma de ajudar os outros e nunca perca a postura que o levou ao topo. Se já se encontra fazendo a coisa certa e tem prazer naquilo que faz, não se apresse, siga a intuição e deixe sempre a vida mostrar qual deve ser o próximo passo.

Entretanto, se você não se encontra em nenhuma das situações mencionadas, existem três motivos:

– Ou você está fazendo tudo ao seu próprio modo sem se importar com o que Deus espera de você;

– Ou aquilo a que está se dedicando não tem nada a ver com a sua verdadeira vocação;

– Ou então você está querendo competir comigo, achando que tudo só pode ser feito por você mesmo, ignorando o amor de Deus e as Forças Universais da Natureza, e é por isso que quanto mais você faz menos as coisas acontecem.

Em qualquer uma dessas situações o segredo é ser bom; ser uma pessoa boa, amável, humilde e tolerante e seguir a intuição. Somente assim as coisas começam a ser mostradas a você. Foi assim que aconteceu comigo e não será diferente com você.

Agora vou te dar TRÊS motivos para você colocar em prática este conceito:

1 – Ele cria grandes oportunidades em sua vida.

Quando trabalhamos em conjunto com as Forças Universais da Natureza (Deus, forças invisíveis ou espirituais), muitas coisas agradáveis podem nos acontecer, principalmente quando nelas depositamos toda a nossa confiança. Não para que estas forças façam tudo por nós, mas sim para que deixemos que elas possam nos mostrar qual deve ser o próximo passo.

2 – Mantém você sempre jovem.

Ao colocar em prática este conceito e começar a entender todos os acontecimentos a sua volta, você rejuvenesce, prolonga a sua vida, ganha mais proteção e se diferencia dos demais. Isso faz com que muitos tentem tirá-lo do caminho, mas assim também o é para aqueles que optam pelo sucesso, assim como aconteceu comigo.

3 – Ajuda você a obter sucesso em todas as áreas da sua vida.

Todo aquele que estuda, têm objetivos, pesquisa e trabalha em prol de melhorias pessoais a própria vida vai mostrar cada passo a ser dado. Antes de persistir na busca pelos seus objetivos, persista em suas mudanças. Isso trará paz, alegria de viver e facilitará o sucesso. Esse livro ensina como fazer isso.

Em 1975, passei para a Escola de Aprendizes Marinheiros disputando com milhares de concorrentes. Não tinha estudos suficientes e ainda assim fui aprovado. Depois de um ano de curso, precisaria assinar contrato por cinco anos de serviços obrigatórios e viajar para o Rio de Janeiro.

As coisas não andavam muito boas e a única alternativa parecia seguir a carreira militar. Cabeça-dura e apegado aos amigos e familiares, desisti de tudo. E... Ufa! Sobrevivi. No ano seguinte, não mais suportando tantos sofrimentos, surgiu outra grande oportunidade: Fuzileiros Navais (Marinha do Brasil). Fui aprovado novamente e deveria cursar seis meses, assinar contrato por três anos e seguir para o Rio de Janeiro. Foi o que aconteceu e ao chegar ao Rio tudo passou a dar certo em minha vida. Conheci outros países e vários estados brasileiros sendo pago por isso ainda por cima — coisa de gente jovem, que não precisa fazer nada para conseguir alcançar objetivos principalmente por estar com a mente tranquila, longe de perturbações emocionais.

O mundo todo parecia me favorecer enquanto fazia aquilo que a vida queria. Era impressionante como tudo ia ao meu encontro, mas ainda assim não dei valor, pedi baixa e saí de mãos vazias. De volta a Recife, passei a viver mais uma vez os antigos tormentos e... Ufa! Mais uma vez sobrevivi.

Passaram-se sete anos e em 1986, em um bar do qual era dono, recebi a visita de um grande amigo da época de soldado, o Eudes, que na época já era advogado e morava no Rio de Janeiro. Com a visita veio o convite irrecusável de tir

ar umas férias, ou, caso desejasse, de morar em sua casa por um tempo. Devo muito a esse amigo, pois com ele aprendi muitas coisas importantes.

Sem motivos para me manter preso a um empreendimento e a um relacionamento falidos, aceitei o convite, e lá estava eu de volta ao Rio de Janeiro. Era junho de 1986, Copa do Mundo, e junto de meus novos amigos recebia as boas-vindas com um sorteio patrocinado pelos donos do restaurante no qual fomos almoçar. Foram cinco rodadas seguidas vencidas por mim, mesmo com o restaurante lotado.

O tempo passou, o Brasil não foi campeão na Copa, o dinheiro acabou e na hora de voltar para casa surgiu uma proposta de trabalho: como Eudes havia me conseguido um emprego, pediu que eu ficasse em sua casa o quanto fosse necessário. Foi o que fiz. Consegui ainda um segundo trabalho e dava para conciliar os dois, me divertir e nas horas livres eu lia e escrevia muito. Conquistei muitos amigos importantes e um dos dois que dividiram a casa comigo tornou-se embaixador do Brasil em outro país no governo Lula. O segundo, um advogado de sucesso. Até hoje não consigo entender o que a vida queria mostrar mantendo-me na mesma casa que pessoas de sucesso, mas eu tinha uma grande paixão por escrever, como faço hoje, e ajudei uma grande amiga a escrever um livro.

A casa em que morávamos tinha uma vista paradisíaca da Baía da Guanabara, o Pão de Açúcar e o Cristo Redentor. Pertencia a um escritor mundialmente famoso chamado Nelson Rodrigues, e após o seu falecimento passou ao filho Nelsinho, um dos meus amigos e patrão. Mesmo assim, com todo esse aparato, com tantas facilidades sorrindo para mim, com tantos amigos importantes, nada foi suficiente para me manter naquele lugar.

Poderia ter escrito um livro com a certeza de que daria certo, mas naquele momento não passava pela minha cabeça fazer tal coisa. Não dei ouvidos ao que falava mais alto dentro de mim, desisti de tudo uma outra vez e voltei para casa. Sabe o que me esperava quando retornei? Sim, as mesmas encrencas de sempre.

Observe bem, amigo leitor, tenho sorte de hoje ainda estar vivo, pois desde aquela época até o momento de começar a escrever livros (aquilo que a vida queria que eu fizesse), nada mais deu certo em minha vida, e não foi por falta de vontade, perseverança ou atitude, não! Ajudei como vendedor a colocar no mercado de alimentos muitas empresas frigoríficas, abri cinco diferentes, e ainda assim somente fracassei.

Se compararmos os extremos dessa história, perceberemos que ao estar no Rio de Janeiro eu nada fazia para conseguir as coisas, tudo acontecia naturalmente, tanto na época de militar quanto na de civil. Parece coincidência? Então se prepare para o que vai ler a seguir.

Sabemos que se você é uma pessoa problemática onde quer que esteja levará isso consigo. Se eu era o mesmo em Recife e no Rio de Janeiro, então por que com os mesmos defeitos alcancei resultados tão diferentes em cidades diferentes? Por que um mesmo defeito traz sucesso em uma cidade e fracasso e dor em outra? Por que sempre se apresentavam oportunidades para estar na mesma cidade, em minha juventude, e por que tudo sempre deu certo quando lá estive? Experiências desta natureza você já deve ter vivido de forma diferente.

A vida tem coisas que não podem ser explicadas, mas sempre que tudo correr bem saiba que está satisfazendo as vontades da vida; todas as vezes que, por mais que faça, ainda assim nada funcionar, saiba que está satisfazendo apenas as suas próprias vontades. E não só isso: você está comprando briga com a vida. E foi isso que fiz todas as vezes que me mantive longe de onde a vida queria que eu estivesse.

Somente quando passei a rever atitudes e corrigir minhas imperfeições é que tudo mudou. Foi como se recebesse uma nova oportunidade para fazer aquilo que mais amo, seguir a minha vocação.

Na questão 459 do Livro dos espíritos, Allan Kardec pergunta aos mesmos: “Influem os espíritos em nossos pensamentos e em nossos atos?” A resposta é: “Muito mais do que imaginais. Influem a tal ponto, que, de ordinário, são eles que vos dirigem.” Portanto, você pode não saber o que está se passando em sua vida, mas todo o Universo trabalha em conjunto com suas atitudes, pensamentos, gestos e ações, ainda que não acredite. O mundo inteiro é regido por forças invisíveis, as Leis Universais. Restam a cada um de nós ou as atitudes corretas para sermos bem-sucedidos, ou a força da imposição, dirigida por essas energias quando agimos inadequadamente. Quando isso acontece, nada pode dar certo até que possamos nos corrigir e fazer valer o que há de melhor em cada um de nós.

Tudo isso vem provar que não adianta desespero, trabalhar duro ou mesmo feito um louco, tampouco tentar fazer tudo sozinho do próprio modo. Tenho mais histórias para contar, porém essas são suficientes para mostrar o poder que a vida tem para fazer valer os seus propósitos.

Quais as vantagens desse conceito?

– Ao agir assim, você melhora a saúde, recupera a paz, vive mais e melhor, mantém a juventude, aumenta as suas habilidades e faz grandes conquistas.

As coisas mais grandiosas que você conquistou até hoje necessitaram de suas investidas, força de vontade e perseverança. Muitos dirão até que também foram necessários muita luta e trabalho duro, e que sem isso nada alcançariam. Tudo aquilo que você empregou para alcançar seus objetivos está correto e continuará sendo caso decida viver assim. Não estou falando de uma nova doutrina, tampouco de um novo conceito para viver bem. Todos os conceitos tratados neste livro são milenares, sempre existiram: os grandes sábios fizeram uso deles e você, mesmo sem perceber, também já — quem sabe até continua fazendo mesmo que inconscientemente?

Lembra-se da sua juventude, tudo vinha naturalmente, não é verdade? É bom que entenda: mesmo naquela época as coisas grandiosas chegavam até você, ainda que não as percebesse. Para isso, era necessário estar preparado para elas, e até mesmo essa preparação nos foi dada — é claro que existem jovens que ainda agem conforme os hábitos destrutivos dos pais, mas não quer dizer que os conceitos deste livro não funcionem para eles.

Deixe a vida fazer por você aquilo que não está conseguindo no momento; esqueça temporariamente, divirta-se, e quando menos esperar terá a solução em suas mãos.

Lembre-se: Deus não dará a você o objetivo já alcançado, isso não tem graça nem traz felicidade; mas mostrará aquilo que deve ser feito para que você mesmo possa conquistá-lo, o que trará felicidade e prazer de viver antes mesmo de possuir tudo o que mais deseja na vida.

Baixar livro