icon 0
icon Loja
rightIcon
icon História
rightIcon
icon Sair
rightIcon
icon Baixar App
rightIcon
Capítulo 3
Como você desejar
Palavras: 867    |    Lançado em: 16/11/2022

Quando o primeiro raio de sol da manhã entrou pela cortina da janela, Adeline abriu os olhos. Ainda era de madrugada. Era hora de começar um novo dia, mas para ela era muito mais do que isso, seria uma nova vida.

Como de costume desde que havia se casado com Brendan, ela pegou as roupas que ele iria usar no trabalho, passou-as e colocou-as sobre o sofá. Então, ela desceu para preparar o café da manhã.

Uma xícara de café, um ovo frito e uma torrada com manteiga. Esse era o café da manhã favorito de Brendan.

Depois disso, ela subiu novamente. Brendan já havia se levantado. Ele estava vestindo suas calças. Seu cinto não estava afivelado e estava pendurado na cintura. Pensando no que havia acontecido na noite passada, Adeline corou.

"Você ficou exausta na noite passada e acordou muito cedo. Você deveria voltar para a cama depois que eu for trabalhar", de costas para ela enquanto se arrumava, Brendan falou com uma voz suave, porém distante, como sempre.

Adeline abaixou a cabeça e agarrou a bainha de renda do avental. Ela secou as mãos contra ele repetidamente. A palma de suas mãos começaram a suar enquanto ela ficava cada vez mais nervosa. Respirando fundo, ela finalmente decidiu falar o que estava pensando durante a noite toda.

"Eu quero o divórcio", ela murmurou. Deixar escapar essa frase foi como tirar um peso de suas costas que a estava incomodando há bastante tempo.

Depois de a escutar, Brendan continuou a abotoar sua camisa. Então, ele colocou as abotoaduras e depois o relógio.

"Brendan, fazemos sexo regularmente para que eu possa gerar um herdeiro para a família Clemons, que é o desejo do seu avô, não é mesmo?"

Mesmo depois de ter pedido o divórcio, seus sentimentos por ele ainda queriam sabotá-la. O sexo da noite passada havia sido verdadeiro para ela e o prazer também. Talvez a única coisa errada fosse o amor não correspondido que ela sentia por ele. Naquele momento, Adeline começou a fantasiar que, por um breve momento que fosse, talvez Brendan a amasse um pouco.

Brendan ficou ereto na sua frente por um momento, e depois franziu a testa. "Eu pensei que esse assunto estivesse muito claro para você, por acaso não está?"

Logo em seguida, ele viu que Adeline assentiu com a cabeça e sorriu amargamente. Em seu ponto de vista, Adeline sempre havia sido calma e obediente. Mas naquela manhã, ele não a estava reconhecendo, ela parecia ter se transformado em outra pessoa.

Desviando o olhar para o chão, Adeline respondeu: "Sim, para mim está muito claro. Eu sei que você nunca me amou. Na verdade, você me odeia. Cada segundo ao meu lado é uma tortura para você."

O sol se intensificou e brilhou em seu rosto pálido.

Brendan percebeu a frieza em suas feições e a firmeza em sua voz.

"Então, de agora em diante, você está livre para ser feliz, não precisa mais ser obrigado a me tolerar. Vamos terminar com esse casamento. Dessa forma você poderá viver a sua vida como você desejar." Ela decidiu sair da vida dele, para que Brendan e Tiffany pudessem finalmente ficar juntos.

Adeline era casada com ele, mas na verdade, ela se sentia como sendo a sua amante. Ela estava cansada de se sentir desvalorizada nesse triângulo amoroso que seu marido havia a inserido, e queria libertar o homem que amava para que ele pudesse ficar com outra mulher. Ela simplesmente deixaria Brendan ir. Ele não precisaria mais ter relações sexuais com ela, enquanto pensava em outra mulher ao mesmo tempo.

Às vezes, quando Brendan estava bêbado, ele até a chamava de Tiffany.

Os últimos três anos foram como um sonho delirante para ela. Mas agora era hora de Adeline acordar para a realidade. Ela estava decidida a não se enganar mais.

Brendan ficou surpreso no início com sua atitude repentina, mas depois de algum tempo, ele olhou para Adeline com desdém. Desde o instante em que eles se casaram, ela vinha tentando agradá-lo na esperança de que ele se apaixonasse por ela. Mas a realidade era que, ele havia sido honesto com ela desde o primeiro dia em que eles haviam se conhecido.

"Eu te disse desde o início para que você não criar esperanças infundadas." Afinal de contas, Brendan havia sido transparente sobre seus sentimentos desde o começo. Ele estreitou os olhos para ela, pensando que ela estava apenas blefando sobre a sua ameaça, e zombou: "Você quer o divórcio? Você está realmente decidida?"

"Sim." Adeline assentiu com firmeza, tirou o acordo de divórcio do envelope e entregou a ele. "Eu já assinei. Por favor, assine também e me informe o dia que estiver disponível para irmos ao tribunal."

Então, ela pegou suas malas que haviam sido arrumadas previamente e desceu as escadas.

Até então, Brendan realmente não esperava que Adeline estivesse falando sério. Ele olhou para ela e então falou com indiferença: "Uma vez que você cruze essa porta, não haverá mais volta."

Volta? Adeline estava dando o seu melhor para mostrar a Brendan seu amor verdadeiro ao abdicar de tudo, apenas para ser mais uma vez magoada e ignorada. Ela simplesmente decidiu que não toleraria mais isso.

Reclame seu bônus no App

Abrir
1 Capítulo 1 Sexo sem amor2 Capítulo 2 Três anos de casamento sem amor3 Capítulo 3 Como você desejar4 Capítulo 4 Sem lugar para ir5 Capítulo 5 O amor não pode ser forçado6 Capítulo 6 Vamos ficar porres!7 Capítulo 7 Dentro do bar8 Capítulo 8 Tudo por minha conta9 Capítulo 9 Cada minuto com ele era uma tortura10 Capítulo 10 Fique longe dela11 Capítulo 11 Um outro lado dela12 Capítulo 12 Uma mulher encantadora13 Capítulo 13 Você está falando sério sobre o divórcio 14 Capítulo 14 A condição do paciente é crítica15 Capítulo 15 Eu não vou dar à luz um filho seu16 Capítulo 16 Eu não vou me divorciar de você!17 Capítulo 17 Um lugar para casais apaixonados18 Capítulo 18 O beijo dele19 Capítulo 19 Eu não vou voltar para aquele lugar20 Capítulo 20 Você está louco 21 Capítulo 21 Uma mulher casada sabe como seduzir homens melhor22 Capítulo 22 A manipulação de Tiffany23 Capítulo 23 Ameaças24 Capítulo 24 Como você se atreve a encostar suas mãos imundas na minha esposa 25 Capítulo 25 Um idiota26 Capítulo 26 Não era tão fácil assim27 Capítulo 27 Eu não coloco mais os pés nessa mansão28 Capítulo 28 Você tem que pagar pelo que acabou de fazer29 Capítulo 29 Afinal de contas, você não é uma vadia, ou é 30 Capítulo 30 Você me dá nojo!31 Capítulo 31 A chama do amor32 Capítulo 32 Peça desculpas33 Capítulo 33 Dando uma saída34 Capítulo 34 Você é orgulhoso demais35 Capítulo 35 Nenhum homem a recusará36 Capítulo 36 A coisa mais importante para um homem é sua carreira37 Capítulo 37 Eu sou a única senhora Clemons38 Capítulo 38 Ela é sempre a vítima39 Capítulo 39 Divórcio40 Capítulo 40 Quem é esse velho 41 Capítulo 41 Filas de admiradores42 Capítulo 42 Coloque as suas roupas43 Capítulo 43 Você também não poderá mais se casar com ninguém44 Capítulo 44 Você se desentendeu com alguém 45 Capítulo 45 Ela não quer você mesmo assim46 Capítulo 46 Você está grávida 47 Capítulo 47 O pai do bebê48 Capítulo 48 Terei um bebê49 Capítulo 49 Por que fingir que se importa 50 Capítulo 50 Novamente 51 Capítulo 51 Peça dinheiro à outra pessoa52 Capítulo 52 Nunca é o bastante53 Capítulo 53 É tudo culpa sua54 Capítulo 54 Reputação manchada55 Capítulo 55 Não estou interessado56 Capítulo 56 Tenho sua esposa e sua cunhada aqui comigo57 Capítulo 57 Bombas-relógio58 Capítulo 58 Qual delas você escolhe 59 Capítulo 59 Você não passa de uma amante60 Capítulo 60 Ela não o quer mais61 Capítulo 61 Não caia no hábito de tornar todos os seus casamentos miseráveis62 Capítulo 62 Você alguma vez já esteve apaixonado 63 Capítulo 63 Diga seu preço64 Capítulo 64 Um coração duro65 Capítulo 65 Ela se jogava nos braços dele66 Capítulo 66 Faça um aborto67 Capítulo 67 Você acha que isso é sorte 68 Capítulo 68 Saia daqui69 Capítulo 69 O que há de errado com você 70 Capítulo 70 Brendan era um idiota71 Capítulo 71 De repente ele entendeu72 Capítulo 72 Havia algo de errado com Brendan 73 Capítulo 73 Arthur não merecia ser considerado um ser humano74 Capítulo 74 Tentativa desesperada75 Capítulo 75 Ele queria beijá-la e abraçá-la76 Capítulo 76 Eu acho que é algo muito importante77 Capítulo 77 Um homem estúpido78 Capítulo 78 Ele era um animal selvagem79 Capítulo 79 Acabar com ela também80 Capítulo 80 Não finja ser inocente81 Capítulo 81 Encontrar um cara mau como eu82 Capítulo 82 Fazendo sexo de novo83 Capítulo 83 É embaraçoso para um homem durão tentar bancar o fofo84 Capítulo 84 Vocês dois são perfeitos um para o outro85 Capítulo 85 Ela devia ter mais segredos86 Capítulo 86 Por que você simplesmente não morre87 Capítulo 87 Ele tem muita sorte de se casar comigo88 Capítulo 88 Um destino pior que a morte89 Capítulo 89 Não desista de mim90 Capítulo 90 Ela desistiu de mim 91 Capítulo 91 Todos os seus esforços seriam em vão92 Capítulo 92 Eu vou admitir minha derrota93 Capítulo 93 Impedi-lo de fazer qualquer coisa94 Capítulo 94 Os homens são astutos95 Capítulo 95 Nunca mais vamos nos ver novamente96 Capítulo 96 Apenas um caso de uma noite97 Capítulo 97 O inocente Brendan98 Capítulo 98 Você não pode se passar nem por amante dele99 Capítulo 99 A única esposa do senhor Clemons100 Capítulo 100 Ainda se importava com ele