icon 0
icon Loja
rightIcon
icon História
rightIcon
icon Sair
rightIcon
icon Baixar App
rightIcon
Viagem no Tempo: Meu Amor da Família Real

Viagem no Tempo: Meu Amor da Família Real

icon
Capítulo 1
Viajando pelo tempo e pelo espaço
Palavras: 1607    |    Lançado em: 23/04/2020

Com um pirulito apoiado na boca, Harper Chu abriu habilmente sua caixa de ferramentas e disse a seu colega Diego Guo: "Isso vai ser um pouco difícil. É uma pessoa muito poderosa. Estou ainda tentando encontrar a melhor maneira de abri-lo para um exame mais aprofundado ".

"Harper, você é uma especialista forense. Não pode se comportar de maneira mais profissional, evitando comer algo enquanto examina o cadáver? "Diego pediu e continuou a olhar para Harper com expectativa. Isso era algo que ele sempre queria dizer.

Harper era uma mulher muito bonita. Mas, apesar da sua beleza, ela ainda estava solteira aos 28 anos. Os homens foram instantaneamente atraídos por ela quando a viram. No entanto, todos eles fugiram quando perceberam sua paixão por dissecar cadáveres.

"Diego, você não sabe que o açúcar doce é bom para ativar as células cerebrais? Acho que isso me ajuda a fazer meu trabalho com mais competência. Na verdade, acho que você deveria tentar uma", sugeriu Harper e vasculhou sua bolsa para encontrar um pirulito para Diego. Com um sorriso fofo, ela lhe entregou.

Quando viu isso, o rosto do Diego ficou sombrio. "Não! Esqueça isso e vamos voltar ao trabalho. Ouvi dizer que esse cadáver era um oficial de alto escalão. Diz-se que ele conseguia obter muitas informações confidenciais. Considerando tudo isso, parece óbvio que seu assassinato foi cometido para impedi-lo de vazar essas informações. Não entendo o que nosso líder estava pensando. Por que ele nos enviou aqui para examinar este cadáver? Tenho certeza que ele sabia que este era um trabalho perigoso ... "

"Deixe de falar!" Harper o interrompeu. Rapidamente, ela abriu a barriga do morto e encontrou uma chave no seu estômago. "Veja! Aqui está uma chave. "

"Qual chave?" Diego perguntou com curiosidade e se inclinou para frente para olhar mais de perto.

Harper limpou a chave, olhou atentamente e disse: "É uma chave de cofre bancário. A vítima deve ter engolido a chave antes de ser atacada. "

"Ouvi dizer que a casa dele estava tudo bagunçada. Será que o assassino estava procurando por essa chave?" Diego perguntou, afundando profundamente nos seus pensamentos.

"Diego, você deve informar imediatamente nosso líder dessa descoberta. Mas garanta que ninguém mais saiba disso", advertiu Harper, cerrando os dentes.

"Ok." Diego se virou e saiu imediatamente , deixando Harper sozinha com a chave e o cadáver. Na ausência dele, ela continuou o exame como se nada tivesse acontecido. Quando ela estava prestes a costurar o corpo, uma pistola apontou para sua cabeça.

"Me dê a chave", disse uma voz familiar.

"O que? Parece que você também está envolvido nesse assunto, Diego?" Harper perguntou. Instantaneamente, ela reconheceu que essa voz pertencia a seu colega.

"Harper, eu não quero te matar. Facilite o assunto para mim, dê-me a chave." A mão do Diego, que estava segurando a arma, começou a tremer. "Estou falando muito sério. Se você me der a chave, estará segura. Podemos andar por aí fingindo que nada aconteceu ... "

Antes que Diego pudesse terminar suas palavras, Harper se mexeu. Ela usou o bisturi para cortar o pulso dele e pegou a arma da mão dele. Mas antes que ela fizesse censuras, sentiu uma dor aguda percorrer seu peito. O sangue começou a escorrer do seu corpo, lentamente transformando seu uniforme branco em vermelho.

"Você me prometeu que não a mataria!" Diego gritou com raiva para o cúmplice que atirou em Harper. Ele agarrou seu corpo mole antes que ela caísse no chão. Harper sentiu um calafrio percorrê-la. Então ela fechou os olhos e não conseguiu ouvir mais o que seu colega estava dizendo.

Quando Harper abriu novamente os olhos, viu um carrasco cruel segurando um facão. A cena diante dela era semelhante à dos tempos antigos, onde a cabeça dum prisioneiro estava prestes a ser cortada. Percebendo que foi ser decapitada, ela entrou em pânico e tentou lutar. No entanto, seu pescoço doía e sua cabeça estava prestes a explodir. Inúmeras memórias inundaram sua mente e ela quase desmaiou mais uma vez.

A alguma distância, não muito longe dela, sua irmã estava chorando. Ela gritou: "Harper, não nos deixe ..."

Agora Harper recordou, com cuidado e devagar, sua situação atual. Ela percebeu que tinha viajado no tempo e no espaço. Sua identidade foi completamente alterada. Em vez da especialista forense moderna, ela se tornou filha do chefe do clã Chu da dinastia Bright nos tempos antigos. Além disso, ela teve problemas ao partejar a concubina do Maxwell Jiang, um general. Ela foi incriminada e caluniada por ter matado o filho ainda não nascido do general.

E sua irmã, que chorava desesperadamente na frente dela, foi uma das cúmplices que a perseguiram.

O general ficou furioso. E o imperador pretendia matá-la para acalmar sua raiva. Enquanto isso, o clã a abandonara. E a irmã dela veio aqui só para testemunhar essa execução a sangue frio com seus próprios olhos.

"É meio-dia! Execute a sentença de morte agora! " No palco, Matthew Jun, o irmão mais novo do imperador, deu a ordem. Ele era o oficial encarregado da execução. O carrasco levantou o facão. Vendo a crise, Harper gritou imediatamente.

"Estou sendo caluniada ... Sua Alteza, a concubina do general Maxwell não engravidou. Não é minha culpa!

O Matthew estava vestido com uma túnica preta com figuras de dragão chinês e seu cabelo estava amarrado com jade branco. Tinha uma aparência imponente. Além disso, ele tinha um rosto bem cortado e musculoso. Seus olhos frios e negros eram tão afiados quanto a espada, apesar de ser um príncipe ocioso e inofensivo.

Um sorriso intrigante apareceu em seu rosto quando ele olhou para a mulher ajoelhada diante dele.

Há pouco tempo ela pediu desesperadamente a morte. Matthew Jun ficou intrigado e divertido ao vê-la se defender. 'Ela mudou de idéia quando viu o facão pendurado no pescoço?'

"Harper Chu, o edito imperial foi emitido, e é impossível desobedecer à ordem de Sua Majestade. Você está dizendo que você é inocente. Mas há alguém que possa provar isso? "

"Eu posso tentar! Sua Alteza, eu tenho provas!" Harper se virou para Matthew. "Sua Alteza, estou pronta para prometer, com todo o meu clã, que a concubina do general Maxwell me enganou. Ela fingiu estar grávida e me incriminou porque tinha medo de que eu revelasse seu segredo. Por favor, me dê uma chance de ver o general Maxwell e limpar meu nome. Se não posso provar minha inocência, estou disposta a envolver todo o meu clã. "

'Essa mulher está decisiva a colocar os membros do seu clã em tal crise para provar sua inocência. Ouvi dizer que o Clã Chu a abandonou. Mas nunca esperei que ela fosse cruel o suficiente para arrastar todo o seu clã para o assunto. É uma mulher determinada. Se fosse outra pessoa, eles teriam medo de ferir os membros do clã. Mas ela tem a audácia de pedir que todo o clã dela morra junto com ela. Seu personagem é bastante interessante!'

Matthew pensou. Ele percebeu que tinha que tomar uma decisão rápida, já que o facão estava perto do pescoço.

Fora da plataforma de execução, as pessoas esperavam para ver a morte da Harper para apaziguar seu amado general.

Sua irmã aguardava desesperadamente sua morte. No fundo, ela estava encantada por assumir os recursos da Harper no clã.

Em suma, todo mundo a queria morta.

'Mesmo que o príncipe Matthew queira me ajudar, não acho que ele possa mudar a situação', pensou Harper desesperadamente.

Mas, vendo o desespero e a determinação no rosto da Harper, Matthew disse: "Nesse caso, vou lhe dar uma chance ..."

"Sua Alteza! O edito imperial foi emitido ", lembrou um funcionário ao lado.

Matthew levantou a mão para impedir que o oficial continuasse. "Quanto a Sua Majestade, eu posso explicar as coisas pessoalmente. Eu gostaria de ver se o Clã Chu será arruinado se Harper Chu não tiver nenhuma evidência."

Harper olhou para ele com gratidão e disse: "Sua Alteza, obrigada".

Matthew não respondeu a seus agradecimentos. Em vez disso, ele respondeu friamente: "Se você não pode provar sua inocência, retornará à mesma situação. Não pense que pode escapar. "

Embora tivesse um raio de esperança, Harper sabia que sua vida ainda não estava segura. Ao ver a virada dos acontecimentos, sua irmã, Felicia Chu, ficou furiosa. Com os dentes cerrados, ela perguntou: "Harper, como você pode apostar a vida de todo o nosso clã no seu assunto?"

"Felicia, você não me acha inocente?" Harper Chu olhou para a irmã com seus olhos brilhantes. Esta última assentiu com os dentes cerrados.

"Claro, certamente não acho que você planejasse matar o filho do general Maxwell. No entanto, foi muito egoísta e cruel da sua parte envolver nosso clã na sua crise! "

"Não posso ser egoísta em me salvar?" Harper respondeu, exibindo um sorriso cruel.

Reclame seu bônus no App

Abrir
1 Capítulo 1 Viajando pelo tempo e pelo espaço2 Capítulo 2 Um momento entre vida e morte3 Capítulo 3 Limpe seu nome4 Capítulo 4 Morte de Jade5 Capítulo 5 O noivado acabou (parte um)6 Capítulo 6 noivado cancelado (parte dois)7 Capítulo 7 Por favor, me perdoe8 Capítulo 8 Bata nela até a morte (parte um)9 Capítulo 9 Bata nela até a morte (parte dois)10 Capítulo 10 Indo para casa de campo11 Capítulo 11 Um dia infeliz (parte um)12 Capítulo 12 Um dia infeliz (parte dois)13 Capítulo 13 Ela poderia ter outros motivos (parte um)14 Capítulo 14 Ela poderia ter outros motivos (parte dois)15 Capítulo 15 Voltando para casa16 Capítulo 16 Um homem mascarado17 Capítulo 17 - O presente malicioso (parte um)18 Capítulo 18 O presente malicioso (parte dois)19 Capítulo 19 Olho por olho, dente por dente (parte um)20 Capítulo 20 Olho por olho, dente por dente (parte dois)21 Capítulo 21 Uma cozinha exclusiva (parte um)22 Capítulo 22 Uma cozinha exclusiva (parte dois)23 Capítulo 23 Eu tomo você como minha concubina.24 Capítulo 24 Ganhando dinheiro25 Capítulo 25 Eu venho de uma família pobre26 Capítulo 26 Caso homicídio (parte um)27 Capítulo 27 Caso homicídio (parte dois)28 Capítulo 28 Um golpe inesperado (parte um)29 Capítulo 29 Um golpe inesperado (parte dois)30 Capítulo 30 O retorno de Hailey31 Capítulo 31 O primeiro contato (parte um)32 Capítulo 32 O primeiro contato (parte dois)33 Capítulo 33 Sequestro de Harper (parte um)34 Capítulo 34 Sequestro de Harper (parte dois)35 Capítulo 35 Por favor, pague despesas médicas36 Capítulo 36 Estou grávida (parte um)37 Capítulo 37 Estou grávida (parte dois)38 Capítulo 38 Buscando ajuda39 Capítulo 39 Um plano maligno (parte um)40 Capítulo 40 Um plano maligno (parte dois)41 Capítulo 41 Aliança feita42 Capítulo 42 Harper as envenenou43 Capítulo 43 Mentira venenosa (parte um)44 Capítulo 44 Mentira venenosa (parte dois)45 Capítulo 45 O castigo46 Capítulo 46 Aliança47 Capítulo 47 Presunçosa48 Capítulo 48 De onde veio o veneno (primeira parte)49 Capítulo 49 De onde veio o veneno (segunda parte)50 Capítulo 50 O veneno colocado no vestido de noiva51 Capítulo 51 Algo aconteceu com Yvonne (parte um)52 Capítulo 52 Algo aconteceu com Yvonne (parte dois)53 Capítulo 53 Um homem cruel (parte um)54 Capítulo 54 Um homem cruel (parte dois)55 Capítulo 55 Ele saiu pela culatra (parte um)56 Capítulo 56 Ele saiu pela culatra (parte dois)57 Capítulo 57 Sendo deposto (parte um)58 Capítulo 58 Sendo deposto (parte dois)59 Capítulo 59 Tudo está predestinado (parte um)60 Capítulo 60 Tudo está predestinado (parte dois)61 Capítulo 61 O fogo (parte um)62 Capítulo 62 O fogo (parte dois)63 Capítulo 63 Obrigado pelo elogio64 Capítulo 64 Regresso ao lar65 Capítulo 65 O convite do Clã Bu (parte um)66 Capítulo 66 O convite do Clã Bu (parte dois)67 Capítulo 67 Plano de Felicia68 Capítulo 68 A atitude do Clã Bu (parte um)69 Capítulo 69 A atitude do Clã Bu (parte dois)70 Capítulo 70 Casar com o Clã Bu71 Capítulo 71 Eu quero que ela morra72 Capítulo 72 O conflito entre Maxwell e Harper (parte um)73 Capítulo 73 O conflito entre Maxwell e Harper (parte dois)74 Capítulo 74 Um inimigo por trás do atacante (parte um)75 Capítulo 75 Um inimigo por trás do atacante (parte dois)76 Capítulo 76 Senhorita Harper é tão dissoluta (parte um)77 Capítulo 77 Senhorita Harper é tão dissoluta (parte dois)78 Capítulo 78 Caos na mansão do Clã Chu (parte um)79 Capítulo 79 Caos na mansão do Clã Chu (parte dois)80 Capítulo 80 Quem era o bandido (parte um)81 Capítulo 81 Quem era o bandido (parte dois)82 Capítulo 82 Suspeita de Mavis (parte um)83 Capítulo 83 Suspeita de Mavis (parte dois)84 Capítulo 84 Enya está morta (parte um)85 Capítulo 85 Enya está morta (parte dois)86 Capítulo 86 Mudando de lado (parte um)87 Capítulo 87 Mudando de lado (parte dois)88 Capítulo 88 Carrie está em apuros (parte um)89 Capítulo 89 Carrie está em apuros (parte dois)90 Capítulo 90 A morte de Carrie (parte um)91 Capítulo 91 A morte de Carrie (parte dois)92 Capítulo 92 Plano de Harper (parte um)93 Capítulo 93 Plano de Harper (parte dois)94 Capítulo 94 Uma emboscada (parte um)95 Capítulo 95 Uma emboscada (parte dois)96 Capítulo 96 Pedido de Matthew (parte um)97 Capítulo 97 Pedido de Matthew (parte dois)98 Capítulo 98 Começa com você (parte um)99 Capítulo 99 Começa com você (parte dois)100 Capítulo 100 As provas (parte um)