back
Baixar App Lera
icon 0
icon Loja
rightIcon
icon História
rightIcon
icon Sair
rightIcon
icon Baixar O APP
rightIcon
EU PRECISO DE VOCÊ...

EU PRECISO DE VOCÊ...

RENATA PANTOZO

5.0
Comentário(s)
15.3K
Leituras
77
Capítulo

PRIMEIRA TEMPORADA Ricardo Moretti sempre foi focado no trabalho e possui muitos inimigos no ramo que trabalha. O vazio de sua alma o torna um homem solitário e infeliz. Patrícia Mancini é uma médica dedicada, amável e sempre agiu com o coração, diferente de sua família que só pensa em dinheiro. O que o destino prepara ao casal vai além de paixão. Será um encontro de almas.

Capítulo 1
UM ANJO ME SALVOU

NARRAÇÃO RICARDO

Aqui estou eu, olhando a vista da cidade da minha enorme janela. Estou tão cansado de tudo e todos. Minha vida não é fácil, mas não posso reclamar. Tenho minha própria empresa que faz aquisições de outras em falência, normalmente por não serem bem administradas, sendo necessário na maioria das vezes despedir o conselho e diretoria por incompetência. O que eu ganho com isso? Muita coisa! Essas empresas são adquiridas por um valor baixo e consigo ergue-las e fazer lucrar rápido, me dando um ótimo retorno financeiro. O que eu perco com isso? Possivelmente minha vida. Os antigos donos nunca ficam felizes em perder a empresa, com isso e me torno o alvo do ódio de muitos. Cansei de receber ameaças e ofensas.

Tenho que agradecer Talles por cuidar de mim. Ele cuida da minha segurança e com isso da minha sobrevivência. Hoje estou tão cansado que quero chegar no meu apartamento, tomar um banho e dormir. Não tenho mulher, namorada, ficante... nada. Não tenho tempo, nem lembro a quanto tempo estou sem transar. Estou cheio de tesão, mas não sou de sair pegando qualquer uma. Quer dizer... Não mais! Quero alguém pra amar e viver ao meu lado. Quem diria que o grande Ricardo Moretti procuraria um grande amor. Saio do prédio com Talles ao meu lado, entramos no carro e ele segue o mesmo caminho de sempre, meu apartamento. Estou atento aos meus e-mails quando escuto apenas seu grito.

- MERDA!

De repente minha porta é atingida por um veículo em alta velocidade. Com o impacto meu carro capota três vezes e para de ponta cabeça. Meu corpo começa a doer todo, meus olhos começam a perder o foco e só escuto gritos ao longe. Fecho meus olhos pois não tenho forças para continuar acordado. Me sinto leve e em paz. Quando penso em me entregar, escuto distante uma voz doce ao meu lado.

- Olha pra mim! Abre os olhos e fique comigo!

A voz diz tão calmamente que meus olhos se abrem para ver quem é. Ela é linda! Será um

anjo? Longos cabelos escuros, os olhos mais azuis que já vi no mundo, mais azuis que o mar do Caribe. Sua pele branca contrastando com sua boca vermelha e carnuda. Me olha no fundo dos olhos e começa a falar comigo.

- Por favor, mantenha os olhos abertos. Preciso realizar os primeiros socorros, mas pelo estado da sua cabeça vejo que bateu com força. A pancada pode ter causado algum dano, você precisa ficar acordado e conversar comigo, certo?

Apenas confirmo com a cabeça e ela continua perguntando.

- Me diz seu nome e as coisas que gosta de fazer enquanto vejo seus ferimentos. Me desculpe, mas vai doer enquanto mexo em você. Prometo tentar não machucar mais do que já está.

Depois de um tempo olhando aqueles olhos resolvo falar.

- Me... chamo... Ricardo.

Olha pra mim com um sorriso lindo e continua com o atendimento.

- Não... consigo... mais... falar... você.

Ainda com um sorriso no rosto, entendendo minha dificuldade em falar, resolve me manter acordado contando sobre ela.

- Bom, me chamo Patrícia, sou médica e estava tomando um belo café depois de dois plantões seguidos no setor de traumas de um hospital, quando na minha frente ocorreu um acidente.

Olha pra mim com carinho e continua.

- Não pensei duas vezes quando sai correndo para socorrer vocês, mas fico feliz de poder ajudar o homem dos olhos mais lindos que já vi.

Sei que estou sorrindo porque vejo em seus olhos o meu reflexo. mas me lembro que não estava sozinho no carro e um pânico me toma o peito.

- Talles!

É a única coisa que consigo dizer.

- Ele está bem! Sofreu apenas uma fratura na perna, está sendo atendido na calçada por meu amigo, também médico.

Meu corpo relaxa com a informação, só que em seguida meu corpo começa a tremer e vou perdendo os sentidos. Só escuto Patrícia me chamar, me arrancar do carro me jogar no chão. Posso sentir seu corpo montar o meu e iniciar a massagem cardíaca. Assim meu mundo se torna escuro.

Baixar livro