back
Baixar App Lera
icon 0
icon Loja
rightIcon
icon História
rightIcon
icon Sair
rightIcon
icon Baixar App
rightIcon
Minha Sorte de Ter Você

Minha Sorte de Ter Você

Alice

5.0
Comentário(s)
942.3K
Leituras
787
Capítulo

Ela foi forçada a este casamento. O que piorou as coisas foi que seu noivo estava desfigurado e incapacitado. Para afogar suas mágoas no vinho, ela veio ao bar, ficou bêbada e teve uma noite selvagem com um estranho. Na festa de noivado, ela encontrou o homem novamente. Para sua surpresa, ele não era outro senão o tio de seu noivo.

Capítulo 1
Você trabalha como prostituta

Trim, Trim, Trim!

Naquela noite, o silêncio no quarto das meninas foi quebrado pelo som estrondoso do celular. "Cherry! Atenda o celular logo! Seu toque é o mais alto aqui!", disse a garota ao lado da Cherry Shaw, levemente empurrando-a.

"Já vou, já vou!"

Depois de atender a ligação, ela se levantou e disse à amiga: "Preciso sair para pegar uma encomenda."

"Tudo bem!"

Passado um tempo, Cherry voltou carregando duas lindas caixas de presente, embora ela parecesse um pouco envergonhada ao entrar.

"Uau, que embalagens maravilhosas! O que tem dentro? São presentes do seu namorado?" Com curiosidade, as demais garotas imediatamente cercaram Cherry.

Então, com um tímido sorriso, ela segurou as caixas com força, dizendo: "Não é nada. Estas são somente algumas roupas que eu comprei pela Internet!"

As outras duas meninas não se davam bem com Cherry. Quando a viram escondendo o conteúdo das caixas, uma garota zombou: "Se você não quer que vejamos, tudo bem! Você não precisa mentir. Já que você está escondendo, deve ser algo pouco apresentável!"

Cherry realmente não se importava com a opinião delas, então continuou a sorrir.

Sua colega de quarto e melhor amiga, Joy Lodge, veio ao seu lado e sussurrou: "Cherry, o que está acontecendo? Tem algum problema?"

"Joy, você poderia tirá-las do quarto por um tempinho? Eu preciso me trocar", ela falou sem jeito.

"Por que você quer que elas saiam?", confusa, Joy lhe perguntou. "Não tem nada novo aqui. Geralmente elas têm permissão para ficar enquanto você se troca. Somos todas meninas aqui. Por que você está tão tímida de repente?"

"Por favor, Joy. Eu te explico mais tarde!"

"Ah? Tudo bem. Você me deve uma! Na próxima vez você que pagará a conta do jantar!"

Então Joy inventou uma desculpa pouco convincente para tirar as outras garotas do dormitório. Sozinha, a jovem olhou para as caixas com um sorriso relutante.

Ao desembrulhar, ela observou o vestido sensual e o par de saltos altos. O bilhete pedia que ela os usasse na festa de despedida de solteiro do Ron Frost naquela noite.

Logo ela se vestiu para experimentá-los. Ao se ver no espelho, percebeu que a roupa só tinha tecido suficiente para cobrir as partes essenciais. Era muito mais sexy do que ela havia imaginado. O pescoço era decotado e o comprimento curto demais, deixando muita pele exposta.

Mas não importava o quanto tentasse, ele não cobriria muitas partes de seu corpo. A única coisa que diferenciava o vestido de uma lingerie era que este não era transparente.

Enquanto Cherry lutava com o vestido, a porta do dormitório se abriu e, trazendo lanches, as três garotas ficaram boquiabertas.

Elas trocaram olhares enquanto observavam Cherry com uma roupa tão curta que mal cobria seu bumbum, e também revelava suas costas macias e delicadas. O vestido certamente cabia como uma luva em sua cintura esbelta. Além disso, seus seios carnudos estavam meio expostos e o tecido fino não fazia nada para esconder seus mamilos. E suas pernas pareciam ainda mais bonitas com os saltos.

Cherry era a jovem mais bonita da Academia Nacional de Dança, uma beleza amplamente reconhecida por alunos e professores. Ela sempre foi tratada como uma deusa por seus colegas, mas a vendo neste vestido...

Envergonhada, Joy corou e perguntou nervosamente: "Cherry, por que...? Por que está vestida desse jeito?"

As outras duas estavam evidentemente com inveja da sua beleza. Elas se entreolharam até que uma delas falou com sarcasmo: "Cherry, você pretende seduzir alguém vestida assim?"

Após, a outra acrescentou com maldade: "Você está trabalhando como prostituta? Você parece estar pronta para o trabalho. Aposto que você poderá cobrar caro em muitos círculos sociais."

"Haha! Eu nunca pensei que a garota mais pura e bonita da nossa academia se rebaixaria a isso."

Ao escutar suas provocações, Joy rugiu: "Do que diabos vocês estão falando? Vocês nem sabem o que está acontecendo! Portanto, não tomem conclusões precipitadas!"

"Ah, por favor! Nós sabemos que vocês são melhores amigas. Mas vocês não podem nos proibir de dizer o que pensamos."

"Isso! Temos o direito de nos expressar como bem quisermos. E falamos a verdade. Acontece que a deusa da faculdade tornou-se uma garota de programa!"

"Definitivamente postarei isso nas redes sociais do campus", interrompeu a outra. "Os homens que correm atrás dela precisam saber o tipo de pessoa que ela é. Assim eles saberão que não precisam persegui-la com tanta tenacidade. Ela dormirá com quem pagar mais!" Gargalhando, as duas meninas se viraram e saíram.

"Parem! Não façam isso! É tudo bobagem!", Joy retrucou, furiosamente correndo atrás delas.

"Esqueça isso, Joy. As deixe dizer o que bem entenderem. Não temos o direito de calar os outros", disse Cherry calmamente. Enquanto falava, ela jogou um cardigan sobre os ombros.

"Mas Cherry... Por que você está vestida desse jeito? Você vai sair com esse vestido? Você vai ver o Ron?"

Indiferente, Cherry assentiu e falou: "Nossa festa de noivado será daqui a três dias. Ele me pediu para comparecer à sua festa de despedida de solteiro hoje à noite."

"O quê?! Você ainda pretende se casar com ele? Por quê, Cherry? Você o ama tanto assim para sacrificar o seu futuro por ele?"

"Eu pude entender porque você queria fazer isso antes, ele certamente era um garoto charmoso, bonito e rico. Mesmo tendo alguns hábitos ruins como outros homens de família rica, ele ainda era um príncipe encantado, de acordo com muitas mulheres."

"No entanto, desde aquele acidente de carro, ele nunca mais poderia andar sem assistência. Como se isso não bastasse, seu belo rosto ficou desfigurado também. Agora ele é um homem totalmente diferente, Cherry, até precisa cobrir parte do rosto com uma máscara quando sai. Nenhuma mulher estaria disposta a se casar com aquele homem nessa situação. Casar com ele vai ser um inferno!"

"Claro, isso não importaria se vocês se amassem de verdade! Além disso, eu nem teria me incomodado em dizer aquilo se esse fosse o caso. Mas está na cara que ele não te ama, amiga. Ele nem liga para você. Eu vi ele te humilhar de propósito na frente dos outros. Ele é um psicopata!"

"Você poderia ter qualquer um com sua beleza e inteligência. Então, por que quer continuar com esse casamento?"

"Ele também forçou você a se vestir assim?", Joy perguntou iradamente.

Com um sorriso amargo, Cherry permaneceu em silêncio. Então, após uma breve pausa, ela explicou: "Sempre haverá algo na vida que você simplesmente precisa fazer, mesmo que seja contra sua vontade."

"Conversaremos mais tarde, tá? Está ficando tarde e ele não gosta de ficar esperando."

Com isso dito, Cherry pegou sua bolsa e saiu pela porta, deixando Joy pasma. Para ela, as palavras de sua melhor amiga estavam cheias de angústia.

Baixar livro