back
Baixar App Lera
icon 0
icon Loja
rightIcon
icon História
rightIcon
icon Sair
rightIcon
icon Baixar App
rightIcon
A Babá do Herdeiro da Máfia. King

A Babá do Herdeiro da Máfia. King

Rosana_Lyra

5.0
Comentário(s)
77.7K
Leituras
68
Capítulo

Dylan, um homem solitário que cuida das irmãs a exatamente 18 anos, ele até encontra o grande amor da sua vida, ela o ajuda com as irmãs dele e de presente da um um lindo filho que é a sua cara. Mas quis a vida lhe tirar seu grande amor quando seu pequeno filho tinha apenas 1 ano de idade. Ele se viu novamente sozinho e agora com três para cuidar, ele tem uma empresa de Bebida Chamada King, sua empresa domina todo o estado com suas vendas e sua bebida é sempre procurada pelos grandes lugares que fornecem eventos. Ele também é dono de uma máfia que comanda o submundo dos Cassinos, outro sucesso no submundo. Mas ele está em um momento da vida que tem aprender a lidar com uma irmã alcoólatra, um filho que anseia por uma presença feminina além das tias e seu império no submundo sendo saqueado por uma Trapaceira de 1,60 de altura e sem papas na língua. A jovem, Hayley Moser, acaba devendo mais do que poderia pagar acabando assim nas mãos desse temido mafioso do submundo. Será ela a Babá que seu filho precisa? Eles vão se odiar a primeira briga.

Capítulo 1
Uma Vida Com Alguns Traumas.

Capítulo 1- Uma Vida Com Alguns Traumas.

Sou Dylan King Snyder, um homem de 40 anos que praticamente criou uma família composta por duas irmãs e um filho sozinho... Evelyn tem 30 anos e Bonnie tem 18 anos.

Evelyn tinha apenas 12 anos quando nossa mãe faleceu após dar a luz Bonnie. E eu na época tinha 22 anos, um rapaz jovem que foi obrigado a cuidar do próprio Pai alcoólatra, que por causa do maldito vício morreu atropelado uns 2 anos depois que a nossa Mãe morreu. Mas eu criei elas, não podia desistir das minhas irmãs como o nossos Pais.

Evelyn não me dá trabalho, ela me ajuda muito nos em ambos negócios da nossa família. Ela é uma jovem mulher muito calma e tranquila, ela gosta dessa vibe namastê!

Já Bonnie se culpa pela morte de nossa Mãe. Por ela não ter resistido ao parto. E quem contou para ela infelizmente foi uma Babá, que eu demiti no mesmo dia e tive que dar um castigo para ela! Como essa babá idiota conta algo assim para uma criança de 9 anos?_ Que estava às vésperas de seu aniversário! Odeio Babás, elas são inconvenientes e intrometidas, se acham as sabidas.

Eu era um cara feliz e completo, casamento perfeito, aquele dos sonhos, com uma mulher incrível que era minha alma gêmea. Mas infelizmente um filho da puta a matou... A minha mulher, mãe do meu único filho amado!

Isso quando nosso filho tinha apenas 1 aninho de idade, seu nome era Leah Howard. Nós éramos um casal feliz. Leah tinha 27 anos quando foi assassinada, e eu surtei, claro! Qual homem não surtaria ao descobrir que alguém matou o grande amor da sua vida?

O resultado disso?_ Apaguei o infeliz com minhas próprias mãos no mesmo dia. Não podia deixar ele viver depois do que fez com ela! Minhas irmãs e meu filho Drake são o que mantém minha sanidade mental e minha existência aqui, eu não posso abandoná-los!

Eu comando o Império de Whisky King! É a melhor bebida do nosso Estado e a mais comercializada. A empresa tem nosso sobrenome porque a receita do whisky é de família, um membro antigo que teve a idéia maravilhosa de adicionar um toque de especiarias na bebida, já que a esposa adorava.

Quando assumi a empresa com apenas 18 anos, não acreditei na miséria que meu Pai alcoólatra tinha deixado aquele lugar. Como eu disse ele era um alcoólatra e isso prejudicou muito os negócios na empresa.

Eu levei pouco mais de 10 anos para trazer a empresa de volta a sua glória e riqueza de antigamente. Meu segundo Império é a Máfia de Cassinos. Sou dono de 95 % dos Cassinos de nossa cidade. Todos são meus e uso também para alguns outros "negócios" com outras Máfias de confiança do submundo!

Para que tudo funcione perfeitamente minhas irmãs e minha fiel assistente Brooke Keer de apenas 29 anos, estão ao meu lado firme e forte!

O que está me preocupando recentemente é meu amado filho, Drake!

- Seu aniversário de 8 anos será em um mês, mas ele parece muito triste e isso me deixa arrasado, pois tento ser um bom Pai. Crianças gostam de aniversários, só que Drake não parece estar feliz com o dele e isso também me deixa infeliz, porque o meu filho não está feliz!

Drake é meu coração fora do peito, ele é a luz da minha vida, não vejo sentido em minha existência sem ele! Paro meu mundo pelo dele a qualquer momento que ele precisar de mim, sem exitar!

Estou indo para casa mais cedo hoje, pois quero conversar com ele, tentar acertar as coisas e arrancar um lindo sorriso de seu rosto, sorriso esse que é igual ao meu.

Chegando em casa vou até o quarto de Drake e o vejo estudando, meu garoto, que orgulho.

Oi filhão, dou um beijo no auto de sua cabeça e dou uma olhadinha rápida em seu caderno, seu exercício está como sempre correto.

Então, meu filho, você ainda não me disse qual tema vai querer para sua festa de aniversário e já estamos praticamente em cima. Brooke precisa organizar tudo logo, para que seus amiguinhos possam curtir juntos com você!

-Drake- Pai... Eu não gosto da Brooke! Eu já te falei isso antes! E não quero festa de aniversário esse ano, principalmente feita por ela!

Filhão, a Brooke já não vem aqui, exatamente por você não gostar dela! Gostaria muito de saber por você de onde saiu essa implicância toda com ela!

A Brooke é a responsável pelos seus aniversários desde que você tinha 3 anos de idade. Ela sempre arrasa em tudo, mesmo que eu não curta muito os temas que ela usa para os seus aniversários!

Mas não é sobre isso que quero conversar com você agora! Por que não quer comemorar seu aniversário esse ano?_ É algo muito importante para você e toda a nossa família!

-Drake- Não quero que fiquem me enchendo de perguntas que não quero responder, as pessoas falam demais! Pai, por que não posso ter uma Babá como as outras crianças? Todos os meus amigos tem e eles me dizem que é como ter uma segunda Mãe, que na ausência da mãe deles elas como uma segunda mãe! Que as babás são amorosas e que fazem sanduíches variados, fazem tortas, são divertidas, que elas brincam com eles e ajudam no dever de casa, até mesmo quando não precisa.

Eu sou amoroso com você, também faço sanduíches para você! Nós brincamos com você, suas Tias e eu. Assim como todos nós te ajudamos na lição de casa.

Eu sei que as vezes você faz algumas coisas sozinho, mas não vejo motivo para que você precise de uma Babá! Já que está desse tamanho e consegue ser mais responsável que seu Tia Bonnie, que quase sempre me deixa de cabelos brancos!

-Drake- Pai, o senhor não vai entender nunca, tem coisas que não precisamos dizer, basta abrir os olhos. Preciso terminar a lição de casa, por favor... Feche a porta quando sair, e já comi um sanduíche, não vou descer para jantar hoje!

Ele vira para a mesa e volta a focar no caderno. Ele tem o meu temperamento e quando está assim é porque o assunto acabou e não quer falar mais nada, apenas ficar sozinho.

Eu sinceramente não quero uma idiota, intrometida dentro da minha casa fazendo a cabeça do meu filho contra mim! "Uma Babá"...

Mas eu sei o que ele parecia querer mesmo, é algo que não posso dar. Mesmo com todo dinheiro que temos... Amor maternal. Mas ele não deixa ninguém se aproximar dele!

Não posso mais pensar nisso, preciso ir para o meu segundo trabalho noturno, e esse trabalho cobra mais de mim do que o necessário. Heranças familiares a cobrança é dobrada.

Chegando no Cassino Império, Henry Pollock, um de meus SubChefes vem até mim e já diz algo que muda o meu humor;

-Henry- A pequena Trapaceira já está no salão novamente e dessa vez veio com dinheiro e está na mesa de 21!

Mas que inferno! Como deixaram aquela pequena rata entrar novamente em meu Cassino?_ Eu já tinha proibido a entrada dessa maluca aqui! Olho para o outro lado e vejo, Doug Saunders, meu outro SubChefe, caminhando em minha direção imagino que é outra merda para jogar em meu colo e ele vem dizendo;

-Doug- A Trapaceira apareceu hoje acompanhada de uma amiga milionária. Como era uma convidada da amiga não podemos barrar ela.

Não tirem os olhos daquela Ratinha Trapaceira! Quero pegar ela e quebrar suas pernas e mãos, ela só precisa cometer mais um vacilo em minha enorme ratoeira preparada para ela e a terei onde quero. Quando a forca estiver em seu pescoço vou puxar com toda força só para assisti-la se debatendo!

-Doug- Dylan... A Bonnie está no andar de cima... Ela esta bêbada novamente! Já pedi para não servirem mais bebidas para ela e já falei com a Evelyn para vir busca-lá, mas sabe como a Bonnie é né...

Quem serviu o primeiro copo de bebida para ela quero na rua, agora! Eu já avisei para todos aqui que não era para servir nenhum tipo de bebida para ela.

E se ela insistisse era para me ligar que eu viria aqui e isso não aconteceu! Quero todos que serviram ela, que estavam de olho na comissão fora daqui em 5 minutos!

Doug me olha e depois sobe e eu vou em seguida até a área VIP para ver minha irmã caçula desmaiada de bêbada. Odeio quando não cumprem as minhas ordens! Se eles tivessem uma noção de bom senso, não fariam isso.

Baixar livro