back
Baixar App Lera
icon 0
icon Loja
rightIcon
icon História
rightIcon
icon Sair
rightIcon
icon Baixar App
rightIcon
Leiloada Para Um Mafioso!

Leiloada Para Um Mafioso!

Rosana_Lyra

5.0
Comentário(s)
137.6K
Leituras
50
Capítulo

Imagina você acordar um dia e sua vida feliz em família ser destruída pela morte? Jolie Reese, perdeu o Pai em um acidente, perdeu a mãe para uma luta silenciosa contra um câncer, sendo obrigada a ir morar com sua Tia por não ter para onde ir e ser menor de idade. Mas sua ardilosa Tia não iria perder a oportunidade de ganhar um bom dinheiro. Dona de uma boate que por traz de tudo não passa de um bordel, Destino não perde a oportunidade de leiloar sua sobrinha ao descobrir que a jovem ainda é virgem. Mas um jovem Mafioso entra na boate aquela noite fatídica e ao olhar nos olhos de Jolie, Justin O'Hara se apaixona a primeira vista e ele não paga apenas a pela virgindade de Jolie, ele compra a Jovem. Jolie se vê sem esperanças, ela perdeu seus queridos Pais, foi vendida pela irmã de sua mãe, pessoa que deveria protegê-la acabou de vende-lá para um estranho. Mas o jovem Mafioso quer dar para Jolie uma vida perfeita, o problema disso? Surgiram muitas situações que somente o amor vai ajudar a superar. O coração de Jolie vai aceitar o amor de Justin? Esse Romeu e essa Julieta vai provar que não precisa morrer para viver um grande amor.

Capítulo 1
O Início do Meu Fim!

Capítulo 1- O Início do Meu Fim!

Sou Jolie Reese e vou contar um pouco sobre as pessoas que estão em minha vida e as pessoas que vão passar por ela, vou começar por mim;

Sou uma jovem de 17 anos, estou concluindo o ensino médio, praticamente no final. Eu trabalho no Shopping famoso aqui da Cidade chamado MorningStar, trabalho na limpeza.

Minha mãe, Sandy B. Reese, tem apenas 47 anos. Ela também trabalha comigo no Shopping, na limpeza. Ela é uma mulher bondosa, nunca levantou a voz para mim nem para ninguém. Minha mãe é minha melhor amiga e eu a amo muito.

Meu pai, George Reese, tem 52 anos. Ele trabalhou em uma empresa por 15 anos, mas ela faliu e não teve como indenizar os funcionários e aquilo deixou meu Pai com um enorme prejuízo. Mas ele como o homem esforçado e trabalhador que é começou a trabalhar com reciclagem e desde então é o jeito que ele usa para continuar a colocar dinheiro em casa.

Minha Tia, Destiny Ballard, tem 42 anos. Ela e minha mãe tiveram um desentendimento há alguns anos atrás por causa da herança que meus avós deixaram para elas. E minha tia ficou com o dinheiro todo da herança. De algum jeito ela convenceu minha mãe que precisava mais do dinheiro e minha mãe cedeu. Minha tia hoje tem uma boate muito badalada e eu nem sei porque faz tanto sucesso, mas é um sucesso. Eu ouvi uma conversa do meu Pai com a minha mãe e ela disse que não queria minha mãe conversando muito com minha tia pois o lugar não era uma Boate, mas sim um bordel.

_Agora vou falar um pouco de pessoas que ainda irei conhecer_

Vou começar por Haley Lynch, uma jovem e linda mulher de apenas 20 anos. Quis a vida que ela fosse parar na Boate LoveKiss da minha Tia, ela trabalha lá faz pouco mais de 2 anos. Ela é gentil, amável e amigável. Uma pessoa com um coração enorme e vai ser muito importante para mim.

A Mandy Weber, tem 24 anos, começou a trabalhar para minha tia quando tinha apenas 18 anos. E hoje ela é o braço direito da minha tia, quase uma filha adotiva de tão próximas que são. Com ela irei aprender muita coisa.

O Chad Stack, é um Mafioso de 48 anos. Ele tem segredos ocultos que apenas seu "filho adotivo" sabe. Dono de 25% da Máfia de armamento local, também comanda a Máfia de Produtos ilícitos, 75% dela.

O Italiano quente, Enzo Mancini, de 25 anos é o SubChefe da Máfia O'Hara. Também ajuda Chad com a Máfia dele, mas ele é o Braço direito de Justin O'Hara. Melhor amigo e irmãos do coração essa dupla comanda todo o País. Ele também ajuda na Administração dos Shoppings MorningStar.

E agora vamos falar do Mafioso principal, como dizem por aí; "O dono da porra toda!" Justin O'Hara, de 25 anos. Ele é dono da Máfia O'Hara, foi criado por Chad, que é o melhor amigo do seu Pai de infância. Ele também participa da Máfia de Chad, 25% por cento é dele. Ele também é dono dos Shoppings MorningStar. Seus pais faleceram quando ele era apenas um garoto, e Chad ficou no lugar de seu Pai, na Máfia e na vida dele.

- Agora a história vai começar e tente entender até onde vai a ganância das pessoas e do que elas são capazes por dinheiro..._

_George Narrando_

Hoje o dia está chuvoso, mas tenho que ir trabalhar. São 4 da manhã, Sandy está dormindo e daqui a pouco ela se levanta para ir trabalhar, não vou acordá-la.

Dou um beijo em seu rosto e depois vou para o banheiro, faço minhas higienes e em seguida tomo meu banho.

Enrolado na toalha vou até o guarda roupas e pego meu conjunto de calça e casaco de moletom preto e bege, para mais um dia de reciclagem.

Eu coloco meu tênis e saio do quarto, vou até o quarto da minha anjinha que também está dormindo, dou um beijo em sua testa. Ela se parece tanto com a minha mãe... Que orgulho!

Vou até a cozinha tomo um café e sigo para o quintal onde fica meu "carrinho" que uso para trabalhar, termino de equipa-lo com algumas bolsas e cordas e saio para mais um dia de trabalho honesto!

Era umas 09:00 da manhã, meu carrinho estava cheio, hoje foi um dia bom... Como estou feliz.

De repente escuto alguém gritar; " SAI DAI, SAI, AGORA!" Não entendi o motivo, eu estava num cruzamento próximo da minha casa.

E no segundo seguinte sinto algo bater violentamente no meu carrinho, me arremessando contra um poste de luz. A dor era imensa em minha cabeça e costelas, a dor me consumiu rápido demais. Meus olhos pesaram, eu não vi e nem ouvi mais nada...✴

_ Sandy Narrando_

Estou no trabalho, porque pego às 6 da manhã e Jolie está comigo. Ambas trabalhamos na limpeza, só que o horário de saída dela é 11 da manhã e eu só saio as 15 horas.

-Jolie- Mãe, vou limpar os banheiros do lado esquerdo e a Senhora limpa os do lado direito. Tudo bem?_ Minha mãe está com um olhar cansado, estou preocupada.

Claro filha, pega seu carrinho de limpeza, eu já completei com o que faltava tá. Você pode ir tranquila, daqui a pouco nos encontramos.

-Jolie- Obrigada, mãe! Te amo muito. E se cuida, qualquer coisa me liga.

Também te amo, minha filha! De repente sinto uma dor no peito e ao mesmo tempo um frio congelante em meu coração.

Me seguro em meu carrinho de limpeza, penso em chamar Jolie, mas ela já está um pouco distante... Pego minha garrafinha de água tomo um gole e vou em direção aos banheiros que tenho que limpar.

-Jolie- Ao terminar de limpar os primeiros banheiros do meu dia, vou até a minha Mãe e digo; Mãe, vou para o segundo piso, já terminou aqui?_ Ou precisa de ajuda?_ Olho para minha mãe e vejo seu semblante pálido... Mãe, está se sentindo bem?

Claro minha filha, é só um mal estar, vamos para o segundo o piso sim. Tento disfarçar, mas a verdade é que não estou bem, estou angustiada e com vontade de chorar.

Aguente firme, digo para mim mesma, sua filha vai ficar triste se ver você assim! Dou Palmadinhas em meu rosto e sigo para o segundo andar. Estou distraída, arrumando os produtos de limpeza e Jolie chama a minha atenção para algo;

-Jolie- Mãe, seu celular está vibrando. Desativou o som?

Como você sabe?_ Pergunto ainda um pouco pensativa e distraída.

-Jolie- Tá iluminando no seu bolso, olhe para o seu telefone mãe.

Vou atender... Pego meu celular e sem olhar de quem era o número ligando digo; Alô?

-Alguém- "Esse telefone é de um Senhor que cata reciclagem e você deve ser a esposa dele, né?_ Porque no contato está "Amor", a não ser que seja a amante..."

"Por favor, por que está com o celular do meu marido?" Digo sentindo uma dor no peito.

-Alguém- "Senhora ele foi atropelado aqui próximo ao cruzamento, levaram ele para o Hospital no Centro e esqueceram o celular dele aqui... Onde posso deixar para a Senhora pegar?"

"Ele foi atropelado?_ Ele... Vou te passar o endereço por mensagem, deixe lá, por favor e obrigada..." Desligo em seguida e sinto meu mundo girar.

Meu Deus, eu preciso ir para o Hospital, vou chamar a Jolie. Depois que atendi o telefone ela foi limpar o banheiro que era para mim limpar.

Chegando lá no hospital vi uma senhora muito simpática na recepção e ela percebendo minha aflição perguntou logo;

-Recepcionsta- O nome do paciente, por favor?

Sim, claro é George Reese. Ele foi atropelado hoje cedo. Tenho certeza que ele está bem, meu marido é forte.

Olho para a recepcionista e seu rosto muda. Jolie ao mesmo tempo aperta minha mão e eu digo; Senhora, por favor, diga algo!

Ela pega o telefone e fala rápido com alguém, alguns minutos depois aparece uma enfermeira dizendo;

-Enfermeira- Familiares de George Reese?

Aqui, sou esposa dele e essa é a filha. Ele está bem?_ Precisa de muitos cuidados?_ Ela me ignora e diz;

-Enfermeira- Me acompanhem, por favor!

Ela nos guia para um lado do hospital que não estou acostumada a ir. Até chegamos a uma sala que pela janela enorme de vidro dava pra ver alguém deitado coberto por um lençol branco. A enfermeira fez um gesto para que nós entrassemos e nervosa eu pergunto; Espera aí, por que devemos entrar?

-Jolie- Meu coração se aperta e eu entendo na mesma hora o que está acontecendo e fico em choque e grito apertando o braço da minha mãe; Mamãe não! NÃO MAMÃE!

Meu corpo está no automático, tiro o lençol do rosto dele e não acredito! Meu mundo se estilhaça em mil pedaços e eu grito; DEUS NÃO! MEU GEORGE NÃO, EU O AMO TANTO, POR QUE ELE DEUS, POR QUE????

Caio de joelhos no chão chorando muito e Jolie ao meu lado. E nós entramos em choque, ficamos histéricas e ao mesmo tempo catatônica.

Meu mundo desabou me senti sendo empurrada para um precipício, alguém me salva, por favor!

-Enfermeira- O médico já está vindo, toma esse comprimido. Vai ajudar vocês a ficarem mais calmas, por favor, tomem.

Pego meu celular e ligo para Destiny e depois entrego para a Enfermeira, que entende a minha situação... Não consigo falar por causa da dor que estou sentindo.

-Enfermeira- "Alô, a Senhora é parente do Senhor George ou da esposa dele?"

-Destiny- "Sou cunhada dele e Irmã da Sandy, por que?"

-Enfermeira- "Senhora venha até o Hospital do centro, por favor, é Urgente!"

-Destiny- "Estarei aí em 10 minutos!"

_Jolie Narrando_

Ainda não acredito que estou me arrumando para enterrar o meu amado Pai... As lágrimas me afogam sem pedir licença, tenho que tentar ser forte pela minha mãe. Minha mãe olha para mim e com voz de choro diz;

-Sandy- Minha filha, esse mês vai ser bem apertado. Mas quero dar ao seu Pai o funeral que ele merece!

Tudo bem mãe, vai ser do jeito que a Senhora quiser, tá bom. Deito ao seu lado e abraço ela, eu acabei de perceber que ela está mais magra do que de costume, então pergunto;

Mãe, o que está acontecendo?_ A Senhora não está se alimentando direito e quando chego da escola percebo que a Senhora está mais cansada que o normal.

-Sandy- Não amor, é impressão sua estou bem... É melhor irmos, sua tia vai vir nos buscar já que não temos carro. Eu só tenho vocês duas agora meu amor. Minha vida sem o seu Pai vai ser tão... Volto a chorar.

Calma mãe, eu estou aqui, vai ficar tudo bem. "Papai, cadê você para aliviar o coração da mamãe?" Isso não é justo.

_Sandy Narrando_

Hoje faz 1 mês que o grande amor da minha vida, meu primeiro amor virou uma estrela no céu. Eu sonho com ele todos os dias...

Tenho que ir para o Hospital, não posso faltar, quando vou ter coragem de contar a verdade para Jolie a verdade?_ A Doutora Donna entra e se senta.

-Dra Donna- Senhora Reese, as notícias não são boas... Infelizmente sua quimioterapia não está dando resultado e com a última ressonância deu pra ver que seus órgãos estão todos comprometidos. Eu sinto muito, mas a realidade é que a Senhora tem pouquíssimo tempo de vida. Nós fizemos tudo o que pudemos nesses 2 anos de tratamento, mas seu corpo recusou tudo! Eu sinto muito.

O que eu vou dizer para minha filha?_ Ela só tem 17 anos e acabou de perder o Pai! E agora vai perder a mãe?_ O que eu faço, Doutora Donna?

-Dra Donna- Você tem algum parente em que possa confiar para passar a guarda dela?

Tenho sim! Minha amada irmã caçula, ela não teve filhos porque diz ela; Que não encontrou o amor certo... Vou pedir pra ela cuidar de Jolie para mim.

_Jolie Narrando_

Chego em casa e vejo um bilhete da minha Mãe dizendo que enviou minhas coisas para a casa da minha Tia, mas por que ela fez isso?

Escuto alguém batendo na porta e vou abrir... Tia Des?_ O que está fazendo aqui?

-Destiny- Amor da Titia, nossa a Titia não tinha percebido como você está tão linda. Lembra muito seu Pai e sua Vó mãe do seu Pai... Enfim estou aqui para levar você para minha casa, já vendi essa casa imunda e você não vai precisar mais dela!

Como assim vendeu essa casa?_ Ela é minha e da minha Mãe, cadê minha mãe, Tia Des?

-Destiny- Sua mãe está em um spa. Eu mandei ela para lá por minha conta. Sandy disse que não aguentava mais ficar aqui porque lembrava seu Pai. Então, vocês vão morar comigo, mas é só até sua mãe comprar outra casa para vocês. Agora vamos embora, porque tenho trabalho mais tarde, vamos!

_Enquanto isso no Hospital_

-Sandy- Resolvi me internar no Hospital, a Doutora Donna disse que aqui com os medicamentos meu final vai ser menos doloroso fisicamente. Não gosto de mentir para minha filha, mas já pedi para a Destiny trazer ela aqui no dia em que as coisas piorarem para mim... Para me despedir e pedir perdão por mentir para minha filha. Meu coração dói, que saudades do meu amor e da minha bebê. Meu amor, me espere logo estarei aí onde você está.

Baixar livro