Login to Lera
icon 0
icon Loja
rightIcon
icon Histórico
rightIcon
icon Sair
rightIcon
icon Baixar App
rightIcon
Os Beijos de Jacob

Os Beijos de Jacob

Jacob

5.0
Comentário(s)
615.5K
Leituras
1599
Capítulo

Emily é uma garota simples que vive uma vida simples. Um dia, ela recebeu uma ligação da polícia que atrapalhou a sua vida inteira. Tudo o que aconteceu depois foi uma grande mudança de vida. Ela logo descobriu que seu namorado, Jack Gu e sua melhor amiga estava traindo ela já fazia muito tempo. Como se as coisas não estivessem ruins suficientes, um acidente acabou acontecendo no carro do tio de Jack. Logo, Emily se viu em um cabo-de-guerra entre seu ex, Jack e o tio dele, Jacob.

Capítulo 1 Não crie mais problemas

Cidade Jingshi, às 20:00.

Emily Bai estava voltando para sua casa depois de um longo e cansativo dia fazendo horas extras, quando de repente recebeu uma chamada da polícia.

"Olá, estou falando com a senhorita Bai?", perguntou o oficial. "Sim, sou ela", respondeu Emily. "Seus amigos, o senhor Jack Gu e a senhorita Rose Xu, foram presos pelo suposto crime de prostituição. Em sua declaração, ambos insistiram que tinham concordado em se encontrar num hotel simplesmente porque estavam num encontro casual. Você poderia vir à delegacia e testemunhar se eles são realmente um casal? Só então podemos deixá-los ir..."

Aquela notícia escandalosa a deixou tão atordoada que ela não conseguiu nem se mexer por alguns segundos. Em sua mente, a jovem lutava tentando pensar ou formular uma frase, mas não conseguiu pronunciar qualquer resposta para o policial. Confusa, ela não percebeu que tinha desligado inadvertidamente sua ligação, nem sabia o que fazer a seguir. Então simplesmente decidiu pedir um táxi para levá-la à delegacia primeiro.

Na delegacia...

Emily reconheceu instantaneamente as pessoas sentadas no corredor. O homem era seu namorado, Jack Gu, e sua amiga, Rose Xu, estava sentada ao lado dele. Eles se aconchegavam um ao outro, como um casal em sua lua de mel.

Com as mãos cerradas e a raiva crescendo dentro dela, a jovem caminhou em direção a eles. A cada passo que dava, ela sentia seus pés como chumbo.

Os olhos da Rose foram os primeiros a encontrar os da Emily. "Emmy, me desculpe...", ela disse com um olhar enganador, fingindo se desculpando.

Então Jack se virou e viu sua namorada caminhando até eles. Sem pensar, ele empurrou Rose para o lado imediatamente e se levantou antes que Emily pudesse dizer qualquer coisa. "Oi, Emmy", ele a cumprimentou com um sorriso nervoso.

Com medo, ele evitou olhá-la nos olhos, perdendo a coragem de encará-la.

"Jack, conte-lhe tudo", disse Rose.

"Não fale bobagens. Chega! Isto é sério." Logo, Jack olhou para Rose, avisando-a para ficar quieta com seu olhar penetrante. Depois, ele se virou pra Emily e disse com um tom de voz casual: "Emmy, vou explicar tudo mais tarde, mas agora preciso que você diga à polícia que somos inocentes."

Então ele estendeu a mão, mas Emily não a pegou. Ela apenas o olhou com raiva e disse categoricamente: "É melhor você ter uma boa explicação para isso."

Após preencher os documentos e passar pelas formalidades necessárias, os dois foram libertados e os três deixaram o local juntos.

"Jack, como você pôde fazer isso comigo? Você é um bastardo!", Emily gritou zangada assim que eles saíram da delegacia.

"Me escute, Emmy!", Jack implorou com o cenho franzido, tentando segurar a mão de Emily enquanto ela se afastava.

"Não quero ouvir uma única palavra sua! Não depois que descobri você no hotel tendo um encontro com outra mulher", ela gritou para Jack. "Como você se sentiu quando a polícia te acusou de dormir com uma prostituta? Se eu soubesse o que realmente estava acontecendo, nunca teria ido à delegacia para te salvar", Emily enxugou as lágrimas que brotavam de seus olhos inchados, cheia de raiva e decepção.

Ela se sentiu enojada ao pensar na insolência que eles tinham ao pedir que o oficial a chamasse para tirá-los de lá. Se o que eles queriam era irritá-la, eles já tinham cumprido sua missão de longe!

Envergonhado pelas palavras de Emily, Jack retrucou: "Sim, eu dormi com Rose. E quê?"

Ao ouvir aquilo, a jovem ficou atordoada e até perdeu o equilíbrio por um momento, enquanto seu humor despencava. O homem se aproximou para ajudá-la, mas ela o empurrou para o lado. "Apenas vá! Não quero mais te ver!"

O Jack sentiu, de repente, dores intoleráveis em seu coração. "Emmy", ele murmurou e, finalmente mudou seu tom para um mais amigável, dizendo: "As outras garotas não significam nada para mim, você é a única que eu amo, você é a primeira e a única para sempre."

As palavras dele alimentaram os ciúmes de Rose, mas ela fingiu entender e tentou convencer sua amiga com voz gentil: "Emmy, ele está certo. Você e Jack são feitos um para o outro, e eu não poderia tirá-lo de você..."

"Cale a boca!", Emily a interrompeu com firmeza, rangendo os dentes. "Você não tem o direito de dizer nada, sua vadia sem vergonha! Já chega! Não somos mais amigas."

"Emmy, por favor, não faça isso comigo...", Rose implorou em um tom triste, mas seus olhos a traíram, pois revelaram sua insolência e arrogância.

Tudo era mentira! Se não fosse por Jack, Rose nunca seria amiga de uma mulher como Emily. Agora que ela tinha atingido seu objetivo, havia pouco sentido em continuar desempenhando um papel que não queria.

"Emmy, não crie mais problemas", disse Jack, impaciente. "Eu jurei que te amaria para sempre e que me casaria com você, o que mais você quer de mim?"

"Você acha que estou criando problemas? É a sua maneira de mostrar seu amor dormindo com outras mulheres? Desculpe, mas esse tipo de amor não é o que eu quero na minha vida."

"Não é o suficiente que só tenho você em meu coração?"

"Não basta, o amor precisa de fidelidade. Mas obviamente, você não é fiel a mim!"

Jack caiu na gargalhada porque achou que as palavras dela pareciam tão engraçadas e ingênuas quanto as de uma criança de três anos, então argumentou: "Emmy, sou o único filho do patriarca da família Gu. Isso significa que nunca terei apenas uma mulher ao meu lado, não importa se eu sou solteiro ou casado. Você entende?

Você deve aprender a aceitar isso antes de nos casarmos. Quanto mais cedo você entender, melhor será para nós. Mas não se preocupe, você será a única a ocupar o lugar de minha esposa. As outras mulheres podem vir e ir, mas ninguém vai tirar seu lugar."

Na sua mente, ele imaginou que as últimas palavras soavam românticas e encantadoras, e realmente esperava que Emily se emocionasse e pulasse em seus braços.

"Pah!" Sem piedade, ela lhe deu uma bofetada.

O homem inclinou a cabeça para se recompor e sentiu uma dor aguda no rosto. À luz da rua, podia-se ver claramente a marca vermelha no rosto dele e, ainda atordoado, ele não acreditava no que acabou de acontecer.

Como ela ousou dar um tapa nele?

Rose estava chocada e parada. Quando ela voltou a si, fingiu preocupação enquanto tentava verificar o rosto do Jack, mas ele imediatamente a afastou.

"Emily, qual é o seu problema?", ele gritou zangado, olhando para ela com descrença e fúria.

Como ele nasceu numa família rica, nunca foi espancado por ninguém.

Ao pensar nas palavras cruéis e na falta de remorso, ela tremeu de raiva. "Eu nunca percebi o quão deplorável e arrogante que você é, até agora."

Ter outras mulheres enquanto casado? Como ele poderia ser tão sem-vergonha?

Olhando para ele, os olhos de Emily refletiam uma sensação de estranheza, como se nunca o tivesse realmente conhecido.

"Jack, você e eu terminamos, a nossa relação já acabou." Exausta para continuar esse drama, a jovem só queria ir embora. O ressentimento começou a crescer em seu coração, mas ela logo percebeu que estava em um dilema, porque se o deixasse, ele poderia arruinar sua vida.

"Eu não concordo!", rugiu Jack, que de repente teve medo de perdê-la, como se estivesse prestes a perder algo valioso e insubstituível...

Assim que ele estava prestes a correr atrás de Emily, Rose o parou e o abraçou com força.

"Jack, não me deixe sozinha..." Habilmente, ela colocou os braços em volta da cintura dele e o acariciou enquanto tentava convencê-lo: "No momento, Emmy está com raiva demais para pensar com clareza. Eu não acho que ela quis dizer isso. Você deveria dar a ela algum tempo para se acalmar. Afinal, você é um bom companheiro, como ela deixaria de ficar com você?"

Jack entendeu o que ela tinha dito e finalmente se acalmou.

A família Gu era uma família de prestígio com séculos de história próspera e tinha muito poder político na cidade, o que significava que seus membros podiam fazer quase tudo o que quisessem em Jingshi. Jack Gu era o único filho e herdeiro de seu pai, o que mostrava seu status incomparável na sociedade. Além disso, ele também era extremamente atraente. Como Emily poderia encontrar outro homem como ele?

'Seria melhor deixá-la tirar alguns dias de descanso para se acalmar e reconsiderar nosso relacionamento.' Jack pensou. Enquanto isso, o homem achava que ela deveria estar ciente de que sua paciência tinha limites, apesar do quanto ele a amava. Se fosse outra pessoa menos Emily que lhe tinha dado um tapa, ele já teria quebrado suas braços!

Continuar lendo

Você deve gostar

Capítulo
Ler agora
Baixar livro