icon 0
icon Loja
rightIcon
icon Histórico
rightIcon
icon Sair
rightIcon
icon Baixar App
rightIcon
NOS BRAÇOS DA MÁFIA

NOS BRAÇOS DA MÁFIA

AutoraAngelinna

5.0
Comentário(s)
1.1M
Leituras
33
Capítulo

Sofia sabe como é ser o prêmio de consolação. Muito jovem. Não loira. E definitivamente não é a princesa do gelo. A irmã dela é - era todas essas coisas. Perfeição. Até que ela não era. Até que fugiu para ficar com o inimigo e deixou seu noivo para trás. Agora Sofia é dada a Danilo no lugar de sua irmã, sabendo que nunca será mais do que a segunda melhor. No entanto, ela não pode deixar de desejar o amor do homem por quem está apaixonada, mesmo quando ele ainda pertencia a sua irmã. Danilo é um homem acostumado a conseguir o que quer. Poder. Respeito. A preciosa princesa de gelo. Até que outro homem rouba sua futura noiva. Danilo sabe que, para um homem em sua posição, perder a mulher pode levar à perda de prestigio. Orgulho ferido. Sede de vingança. Uma combinação perigosa - que Danilo não pode deixar para trás, nem mesmo quando uma garota tão preciosa toma o lugar da irmã para acalmá-lo. No entanto, ela tem uma falha: ela não é sua irmã. Incapaz de esquecer o que perdeu, Danilo pode perder o que recebeu

Capítulo 1 1

PRÓLOGO

SOFIA

Não cobiçarás.

Eu ansiava por Danilo, mesmo quando ele ainda era noivo da minha irmã. Era uma paixão inocente de uma jovem garota. Fantasiava como as coisas seriam se ele fosse meu. Meu cavaleiro de armadura brilhante, meu príncipe da Disney.

Tinha sido o meu sonho favorito - até que uma mera fantasia se tornou real quando minha irmã não quis se casar com Danilo.

O sonho virou pesadelo. A fantasia de uma garota boba explodiu. Um homem que não me queria.

Eles dizem que não existem dois flocos de neve de forma idêntica, cada um deles único.

Magnífica perfeição gelada. Como a minha irmã.

Tentei imitá-la, mas uma imitação nunca seria a original. Eu era o eco da melodia perfeita. Uma sombra de uma imagem imaculada. Sempre menos. Nunca o bastante.

Serafina era quase perfeita aos olhos das pessoas quando ainda estava por perto, e agora que ela se foi, nada além de uma lembrança desbotada, sua ausência amplificava tudo o que ela era. Ela se tornou maior que a vida.

Permaneceu em todos os cantos da casa e, pior ainda, na mente das pessoas que ela deixou para trás.

Como você pode superar uma memória? Você não pode.

Meus dedos tremiam enquanto alisava meu vestido de noiva. Não era o meu nome que eles sussurrariam nos bancos hoje.

Porque eu era o prêmio de consolação. A noiva substituta.

E pior – não era minha irmã.

Olhei para o meu reflexo, meu rosto nublado através do fino véu diáfano. Vestida assim, eu quase parecia Serafina, menos os cabelos loiros. Ainda menos. Sempre menos. Mas talvez Danilo visse as semelhanças entre minha irmã e eu, e apenas por um segundo olharia para mim com o mesmo desejo que costumava dirigir a Serafina.

Então ele perceberia que eu não era ela e o olhar de decepção tomaria conta de seu rosto novamente.

Menos do que ele queria.

Arrancando o véu do meu cabelo, o joguei para longe, estava farta de tentar ser outra pessoa. Danilo teria que me ver como eu era, e se isso significasse que ele nunca me olharia duas vezes, que assim seja.

Continuar lendo

Recomendações da Lista de Livros

Ver Mais

Você deve gostar

Outros livros de AutoraAngelinna

Ver Mais
Capítulo
Ler agora
Baixar livro