back
Baixar App Lera
icon 0
icon Loja
rightIcon
icon História
rightIcon
icon Sair
rightIcon
icon Baixar App
rightIcon
Uma noite e para sempre

Uma noite e para sempre

Grazi Domingos

5.0
Comentário(s)
13M
Leituras
81
Capítulo

Ela foi presa em seu olhar perigoso. Ele se encantou com sua beleza. Mas ambos queriam apenas uma noite...

Capítulo 1
Uma noite e para sempre

_ Darla! _gritou Ella mais uma vez da sala.

_ Já disse que estou descendo!

Darla desceu as escadas se equilibrando nos saltos altos. Fazia tempo que não usava um desses.

_Nao consigo mais andar de saltos!_reclamou, emburrada.

_Não podemos nos atrasar ou vamos perder o melhor da festa!_exclamou Ella, ficando nervosa.

Ambas haviam marcado de ir a uma festa juntas.

Lá haveria pessoas bem relacionadas a quem Ella queria conhecer, que pudessem ajudá-la em seu trabalho.

Quando as duas amigas resolveram dividir um apartamento em Nova Iorque, era para que Ella vivesse mais próximo da galeria onde trabalhava.

Ella pintava maravilhosamente bem desde que ganhou seu primeiro kit de pintura quando tinha nove anos.

Darla adorava ver sua amiga pintando. Trazia-lhe a tão sonhada paz e harmonia de que tanto precisava para esquecer o pesadelo que vivera fazia pouco tempo.

_Vi o táxi chegando da janela do quarto, vamos._disse ela pegando a bolsa e caminhando meio desajeitada até a porta.

A amiga riu.

_Se continuar andando desse jeito vai acabar se acidentando… ou acidentando alguém!_Ella riu mais uma vez enquanto saiam.

Ambas entraram no carro e seguiram até o hotel onde aconteceria o evento em que Ella havia sido convidada.

Esse era o lado bom do seu trabalho. Por trabalhar na galeria ela conseguia se socializar com pessoas de grande influência no mundo da arte, e só Deus sabia o quanto ela queria que suas obras fossem reconhecidas um dia.

O evento desse dia adotara o tema de danceteria.

Algo que deixasse os compradores relaxados e contentes após suas doações para a reforma da ala norte da galeria onde Ella trabalhava.

Ella e Darla chegaram bem no finalzinho do leilão e pela expressão de seu chefe, e evento estava sendo um sucesso.

_Achei que vocês não viriam mais!_ Exclamou Daniel ao vê-las entrando.

Abraçou as duas moças, sorridente.

_Nos atrasamos um pouco porque alguém aqui não sabe mais como se arrumar para uma boa festa… _Ella disse zombando de Darla.

Os dois riram enquanto Darla apenas deu de ombros, sem graça.

Fazia muito tempo mesmo que não saía para um evento daquele tipo. Ao lado de Ella, Darla se sentia um patinho feio e completamente deslocada.

_Vamos pegar umas bebidas!_ Disse Daniel puxando Ella em direção ao bar enquanto falava algo em seu ouvido, fazendo com que Ella se esquecesse completamente de sua presença.

Sozinha, Darla olhou em volta para as pessoas vestidas de maneira elegante.

Não estava acostumada a esse tipo de ambiente, gostava mais de ficar sozinha, na tranquilidade do apartamento que dividia com Ella.

Ficar no meio de tantas pessoas assim a deixava inquieta.

Preferia um sofá, roupas confortáveis e um pote de sorvete enquanto assistia a alguma série na TV.

Resolveu dar uma volta para conhecer o local, afinal não sabia quando seria convidada para uma festa deste tipo novamente.

Distraída, Darla esbarrou em um homem muito alto.

Ele trajava um terno elegante, suas feições eram duras e inexpressivas, seu olhar firme.

Darla sentiu um calafrio estranho percorrer sua espinha enquanto o estranho a fitava da cabeça aos pés antes de fixar os olhos em seu rosto.

_Desculpe-me!_ Darla pediu baixinho, sentindo-se estranha e irritada diante de sua avaliação.

Ele apenas assentiu e virou -se novamente para o casal com quem conversava, como se nada tivesse acontecido e ela suspirou aliviada.

Resolveu se afastar, olhando em volta procurando o banheiro.

Era melhor verificar sua maquiagem.

O olhar que aquele homem lhe dera, fez com que se sentisse mal arrumada e ainda mais deslocada do que já se sentia antes.

Isso lhe trouxe lembranças que preferia deixar guardadas no fundo de sua memória, pois ainda a afetavam bastante.

Darla sacudiu a cabeça para afastá-las e encontrou a porta do banheiro.

Entrou rapidamente, sem perceber que aquele homem a observara por todo o caminho.

Baixar livro