icon 0
icon Loja
rightIcon
icon História
rightIcon
icon Sair
rightIcon
icon Baixar App
rightIcon
Capítulo 13
Você se atreve a bater no meu irmão
Palavras: 695    |    Lançado em: 29/08/2022

"A senhorita Evie saiu esta manhã. Ela parecia estar atarefada para preparar algo importante. Não sei onde ela está agora, penso que deve estar jogando golfe."

A recepcionista olhou para o buquê com ciúmes. Era tão caro que aparentava custar o equivalente a alguns meses de seu salário.

"Tudo bem, eu vou entrar então. Não se esqueça de pedir a alguém para expulsar esse mendigo. É realmente nojento vê-lo aqui!", Henson zombou.

Ver Henson agindo daquele jeito irritou um pouco Trevor. Ele olhou para a recepcionista e perguntou: "E esse cara, ele tem hora marcada? Por que ele pode entrar e eu não?"

Trevor percebeu que esse playboy estava interessado na sua irmã, mas por que ele conseguiu entrar facilmente na mansão?!

A recepcionista estava sendo preconceituosa só porque ele aparentava pobre!

Impaciente, ela revirou os olhos para Trevor e disse: "O senhor Henson é o herdeiro do Grupo Sen Tale. Você não é nada perto dele."

Henson também ouviu Trevor, então caminhou até ele e o empurrou com força.

"Quem você pensa que é, seu mendigo! Você acha mesmo que alguém como você pode entrar na Mansão Willard? Você acha que pode pagar por este lugar?"

"Sem marcação, sem entrada!", a recepcionista ecoou.

"Sem problema, vou entrar de qualquer forma, vamos esperar para ver!"

Trevor estava a ponto de explodir de raiva, no entanto, ele respirou fundo, pegou seu telefone e saiu por um tempo.

"Você não tinha dito que iria entrar? Por que está indo embora então? Volte aqui se você tiver coragem!", Henson gritou atrás dele sorrindo com desdém.

Para sua surpresa, Trevor desligou a ligação no meio da conversa e se virou para olhar para os dois.

"Merda! Seu otário! Eu vou te bater agora mesmo!", Henson ameaçou Trevor.

Ele obviamente não o estava levando a sério.

"Senhor Henson, por favor, tenha calma. Já chamei o departamento de segurança aqui. Eu pedi a eles para o espancarem, para se certificarem de que ele nunca mais se atreva a aparecer aqui." Na tentativa de agradar Henson, a recepcionista também começou a ameaçar Trevor.

Naquele momento, todos ouviram uma voz doce vindo de trás deles.

"Eu queria saber quem ousaria bater no meu irmão!"

Atrás deles estava uma jovem alta.

Ela era elegante e bonita, como um anjo.

A mulher era Evie, a irmã de Trevor. Ela tinha longos cabelos que se mexiam lembrando uma cachoeira. Sua pele era macia e brilhante. Ela parecia muito sofisticada e intelectualmente saudável para a sua idade. Apesar da sua beleza, seus olhos estavam preenchidos por raiva que crescia dentro dela como uma maré.

Assim que ela chegou, todos permaneceram em silêncio.

Ninguém se atreveu a dizer uma única palavra.

Foi a primeira vez que a recepcionista e Henson a viram com tanta raiva.

"Senhorita Evie!", a recepcionista a cumprimentou respeitosamente.

Olhando para a garota dos seus sonhos, Henson rapidamente pegou o buquê de rosas que havia comprado e o entregou à Evie.

Com um sorriso encantador nos lábios, ele disse: "Senhorita Evie, eu escolhi este presente pensando unicamente em você. Quanto à cooperação com o Grupo Sen Tale este ano, temos que conversar sobre a extensão do contrato."

Com uma postura rígida e fria, Evie disse: "Você é um idiota! Acha mesmo que eu vou estender o contrato depois de você ameaçar machucar meu irmão!"

Ao ouvir isso, Henson arregalou os olhos espantado. Ele parou por um segundo, olhando para Trevor. 'Um cara como ele certamente não poderia ser irmão de Evie', ele pensou.

Ele continuou a olhar ao seu redor por mais uns minutos.

No entanto, ele não sabia quem era o irmão de Evie. Amargurado, ele sentiu que Evie apenas estava inventando uma desculpa para evitar assinar o contrato.

Henson sorriu e disse: "Senhorita Evie, isso não é verdade... Eu não vi seu irmão de todo e muito menos bati nele. Caso não esteja satisfeita com o contrato, talvez possamos negociar os termos novamente."

O Grupo Sen Tale estava enfrentando uma grande crise financeira naquele ano. Se eles não conseguissem renovar o contrato, certamente a empresa iria à falência.

E caso isso acontecesse, o maior pesadelo de Henson se tornaria verdade, ele ficaria pobre.

Reclame seu bônus no App

Abrir
1 Capítulo 1 O gemido atrás da porta2 Capítulo 2 Pisoteado3 Capítulo 3 Tornando-se rico de repente4 Capítulo 4 Um novo mundo5 Capítulo 5 Um frasco de perfume de trezentos mil dólares6 Capítulo 6 Eu vou comprar este perfume!7 Capítulo 7 Você me incriminou!8 Capítulo 8 O emblema da família9 Capítulo 9 Mão fedorenta10 Capítulo 10 Uma caixa de presente deslumbrante11 Capítulo 11 Esse perfume deve ser falso!12 Capítulo 12 A mulher mais rica de Jork13 Capítulo 13 Você se atreve a bater no meu irmão 14 Capítulo 14 Os pobres são invisíveis 15 Capítulo 15 Bem-vindo, senhor Trevor16 Capítulo 16 Restaurante francês17 Capítulo 17 O relógio Patek Philippe18 Capítulo 18 Você era um cara pobre19 Capítulo 19 Trabalhar como caddie20 Capítulo 20 O relógio Rolex21 Capítulo 21 Pelo bem do meu pai22 Capítulo 22 Vai ficar tudo bem23 Capítulo 23 Sinto muito24 Capítulo 24 De joelhos e implorando por perdão25 Capítulo 25 Quem é o seu amigo 26 Capítulo 26 Olá, chefe27 Capítulo 27 Sem registro de assinatura28 Capítulo 28 Vou me matar29 Capítulo 29 Nós já terminamos30 Capítulo 30 Terminamos de vez31 Capítulo 31 Trezentos mil dólares32 Capítulo 32 A caixa do perfume33 Capítulo 33 Distinguir as falsificações34 Capítulo 34 Difamando o Trevor35 Capítulo 35 Contra-ataque em uma situação desesperadora36 Capítulo 36 Eu acredito em você, Bernard!37 Capítulo 37 Um homem rico e misterioso na faculdade deles38 Capítulo 38 Te esperando no bosque39 Capítulo 39 Ela não iria para o bosque, certo 40 Capítulo 40 Não ficou rica41 Capítulo 41 Dificultar as coisas de propósito42 Capítulo 42 Um acidente43 Capítulo 43 Sendo manchado44 Capítulo 44 Limpando o playground45 Capítulo 45 O encontro46 Capítulo 46 Reencontrando Zavier47 Capítulo 47 Um homem cara de pau48 Capítulo 48 Quem de vocês vai pagar 49 Capítulo 49 Recusando-se a pagar50 Capítulo 50 A luxuosa Mansão Willard51 Capítulo 51 Expulse-o daqui52 Capítulo 52 Mudar as regras53 Capítulo 53 Não é permitido entrar sem comprar ingressos54 Capítulo 54 Quebrar a bebida famosa55 Capítulo 55 Trevor é rico 56 Capítulo 56 As pessoas ricas são discretas 57 Capítulo 57 Como é que ele pôde ter ficado rico 58 Capítulo 58 Algo estava absolutamente errado59 Capítulo 59 A festa60 Capítulo 60 Dividir a conta61 Capítulo 61 Obtendo lucros62 Capítulo 62 Encomende mais cinco garrafas de vinho63 Capítulo 63 Quanto é o total 64 Capítulo 64 Foi embora sem pagar a conta65 Capítulo 65 O pagamento da dívida66 Capítulo 66 A maneira de conseguir o dinheiro67 Capítulo 67 O que o sem-vergonha está fazendo aqui 68 Capítulo 68 Ele tem namorada 69 Capítulo 69 Onde Trevor está 70 Capítulo 70 Talvez seja uma bênção disfarçada71 Capítulo 71 Punição72 Capítulo 72 Um carro de luxo73 Capítulo 73 Batom caro74 Capítulo 74 Pobres e ricos75 Capítulo 75 Convite para a festa de aniversário76 Capítulo 76 O motivo do convite77 Capítulo 77 O milionário misterioso78 Capítulo 78 De qualquer maneira, não foi difícil escolher79 Capítulo 79 Casal perfeito80 Capítulo 80 Apenas um lugar vago81 Capítulo 81 Funcionário temporário82 Capítulo 82 Confunda-o com outra pessoa83 Capítulo 83 Ser jovem e rico84 Capítulo 84 A namorada dele e o vídeo85 Capítulo 85 O vídeo surpreendente86 Capítulo 86 Ficando bêbada87 Capítulo 87 O herói88 Capítulo 88 Ele parecia familiar89 Capítulo 89 Assumindo o novo restaurante90 Capítulo 90 Não aprenda a dirigir se você não puder comprar um carro91 Capítulo 91 Tenha modos92 Capítulo 92 Um conhecido93 Capítulo 93 A memória dolorosa94 Capítulo 94 Um clima constrangedor95 Capítulo 95 Uma garota de bom coração96 Capítulo 96 Uma mesa pequena97 Capítulo 97 Pratos especiais98 Capítulo 98 O centésimo milésimo cliente99 Capítulo 99 Uma caminhada até a escola100 Capítulo 100 Não toque se você não puder pagar