back
Baixar App Lera
icon 0
icon Loja
rightIcon
icon História
rightIcon
icon Sair
rightIcon
icon Baixar App
rightIcon
Além do Sobrenatural

Além do Sobrenatural

artewillcontato

5.0
Comentário(s)
176
Leituras
2
Capítulo

Leia e Descubra um mundo mágico... e sombrio no outro lado

Capítulo 1
O Homem Rabisco

Tudo começa dia 6 de junho em 2006, às 18:06. Um garoto chamado Jacob, Jacob tinha seus 6 anos de idade, ele praticava muito seus desenhos, ele praticava bastante para se tornar um grande artista e trazer dinheiro e felicidade para sua família. Jacob um dia estava desenhando, e fez um homem totalmente rabiscado, era um rabisco, porém, dava para entender o desenho, era um homem alto, de chapéu preto com uma fita vermelha, um terno com uma gravata borboleta da cor vermelha, uma calça preta e botas vermelhas. No desenho o Homem segurava uma mala vermelha que sempre guardava suas coisas... "Importantes", ninguém além de Jacob sabia o que o Homem colocava naquela mala vermelha, ele estava com a sua mala indo para sua casa aparentemente, atrás do desenho tinha um outro desenho, era a casa do Homem rabisco, ele sempre tava feliz com as coisas novas que ele tinha na mala, ele empilhava tudo em seus armários, como se fossem troféus.

No dia Seguinte, Jacob continuava com seus desenhos, ele desenhava toda uma trajetória para o Homem. O Homem acordava, jogava uma água na cara, tomava seu café, escovava seus dentes e ia sair para algum lugar com novas coisas na mala, esse era o objetivo do Homem Rabisco, sair e voltar com algo novo. Mais tarde naquele dia, era o Aniversário de Jacob, ele iria fazer seu aniversário as 18:00, mas atrasou um pouco e foi as 18:06, Jacob fazia 7 anos, depois de uma longa festa de criança, finalmente seus pais acenderam a vela e falaram para Jacob fazer um pedido, Jacob sem pensar duas vezes, pediu para que o Homem Rabisco fosse verdadeiro, de repente, as luzes se apagaram por alguns segundos e voltaram ao normal, os pais de Jacob dormiram com um mau pressentimento, mas nada que abalasse eles em um ponto crítico, os Pais de Jacob foram dormir e Jacob também foi. Jacob acordou e percebeu ter algo em sua frente, ele viu vários brinquedos que estavam um pouco molhados e da cor vermelha, era todo tipo de brinquedo da cor vermelha, Jacob ficou feliz e foi falar com seus pais, mas eles não estavam em casa e ele ficou feliz brincando com os brinquedos pela casa inteira. De repente, um brinquedo se moveu sozinho, era um carrinho e se moveu para o escuro do banheiro, o menino foi correndo atrás do brinquedo, quando chegou lá, sentiu um calafrio que arrepiou toda a sua espinha, quando ele se levantou, viu algo no reflexo, parecia uma bota com um Homem alto vestindo ela, ele olhou para trás e era só a bota do seu pai com uma calça pendurada, o menino se levantou aliviado e acendeu a luz, quando se virou, no espelho tava o Homem Rabisco, mal feito e feio, com diversos espinhos em seu corpo porque dos rabiscos, o menino se desesperou e olhou para trás, mas não havia nada, ele andou para trás em direção ao espelho e o Homem Rabisco pegou o garoto pelo pescoço através do espelho e começou a bater a sua cabeça no espelho, e começou a cortar o pescoço do garoto porque dos seus espinhos e vidro atrás da sua cabeça se despedaçando em seu crânio e entrando alguns cacos pequenos, o garoto gritava de desespero, gritava como se fosse a última coisa que fosse fazer, O Homem não parava de bater a sua cabeça, até que uma hora o garoto gritou tanto que saiu sangue da sua garganta, seus pais chegaram e ouviram os gritos, os pais não entenderam nada, o garoto começou a explicar o que aconteceu, mas os pais não acreditaram, já que o espelho estava intacto, o sangue da garganta não existia, muito menos os brinquedos que Jacob recebeu, Jacob chorava e era consolado pelos seus pais. No outro dia Jacob estava sendo entrevistado por um psicólogo, seu nome era Michael. Por sorte do Jacob, Michael era um cara que acreditava em espíritos, porém ele ainda quis tentar fazer Jacob esquecer do que aconteceu, Jacob não aguentou, chorou e implorou pela ajuda de Michael, já que seus pais não acreditavam nele e achava que ele estava maluco. Um tempo depois, Michael pediu para os pais de Jacob que Jacob dormisse na casa dele, os pais de Jacob disse "se fizer meu filho maluco melhorar, fico feliz - Desliga o telefone antes de Michael dizer algo", Michael fica muito triste com as ações dos pais de Jacob, mas ainda sim, leva ele para sua casa. Jacob fica encantado com a casa, ele sai correndo procurando coisas e achando cada canto da casa super interessante, Michael então falou para ele se sentar e perguntou algumas coisas para ele, um exemplo foi como o Homem Rabisco apareceu, Jacob explicou que ele pediu que ele fosse de verdade no aniversário dele, na hora de apagar as velas, Michael então ligou os pontos e logo disse a Jacob que ele pediu que o Homem Rabisco existisse, mas não disse como ele seria, ele também disse que talvez um espírito maligno tenha ficado no lugar do Homem Rabisco, ou então coisa pior do que só um espírito maligno. Michael ainda continuou com as perguntas e Jacob respondeu todas, Michael então teve umas ideias, na verdade, duas ideias, a primeira foi que: por ele ser um desenho ele é apagável, então uma borracha grande daria certo. A outra ideia foi: Jacob pediu no seu aniversário que ele aparecesse, então basta ele fazer um aniversário de novo que ele vai embora. Porém, não passou muito tempo com a conversa, Michael ouviu passos no segundo andar da sua casa, Jacob acompanhava olhando a poeira do teto caindo a cada barulho de passo. Michael disse para Jacob ficar atrás dele, Michael rapidamente pegou uma borracha da mochila do Jacob, e por sorte a borracha era grande, porém, Michael não sabia se tacava a borracha ou tentava arrastar a borracha no Homem Rabisco, Michael pensou um pouco e resolveu que iria arrastar a borracha, mesmo que ele saia machucado, pelo menos ele sabe que pode apagar... ou não. Os passos pararam, uma perna enorme descia as escadas, o que descia era tão alto, que quando chegou na entrada da subida da escada, ficou só as suas pernas, uma mala caiu do alto, era aquela mala vermelha, na mala havia umas pernas e braços cortados de forma brutal, Jacob logo gritou, porém, Michael, manteve a calma e foi pra cima do monstro com a borracha do garoto, quando atacou o monstro não surgiu efeito, um dos braços do Homem Rabisco veio e empurrou Michael até a TV fazendo ela quebrar em pedacinhos, Michael se levantou rápido e foi correndo pra fora da casa com o garoto, Jacob apenas chorava, Michael tentava acalmar ele, mas não surgiu efeito, Michael olhou para o vidro do sotam e viu o rosto do Homem Rabisco, um rosto desfigurado com um sorriso medonho e amedrontador, com seus dentes afiados que nem uma navalha, seus olhos saltados para fora parecendo que iria explodir, o rosto sumiu, junto com o braço e a perna do Homem Rabisco, Michael colocava a cara no ombro de Jacob e respirava fundo.

No dia seguinte Jacob foi entregue de volta aos seus pais.

Naquela noite em que Jacob foi entregue de volta, ele não conseguia dormir, sempre ficava olhando os cantos, todo o quarto, e tentava ficar com a luz acesa, mas seus pais vinham e apagavam falando ser bobeira e que só mariquinha dormia de luz acesa, Jacob ficava com os olhos mais abertos do que qualquer coisa, ele não dormia porque não conseguia, ele então ouviu um barulho vindo de seu armário, ele com muita coragem, mas tremendo de medo e pálido com um olhar totalmente aguçado para o armário e com os olhos tremendo cada vez que chegava perto, quando chegou abriu a porta com rapidez, mas não tinha nada no armário, só o seu ursinho, só que... o garoto chegou mais perto pra ver seu ursinho favorito, pegou ele e abraçou com muita força enquanto fechava seus olhos de alegria, o garoto rodava pulava com o ursinho, e então o ursinho fez um carinho na cabeça do garoto, Jacob ficou paralisado, quando ele olhou pro ursinho era o Homem Rabisco fazendo carinho na cabeça de Jacob com as suas mãos altamente afiadas e pronto pra cortar qualquer coisa, ouvindo do lado de fora do quarto, pode se ouvir um... * barulho de ossos sendo quebrados *, o garoto foi encontrado morto pelos pais, não foi uma cena nada agradável, já que o garoto estava virado de ponta a ponta pra lados opostos, seu corpo estava tão torto que parecia que tinha cortado ele em alguns pedaços e girado pros lados ao contrário, era uma cena grotesca, horrível de se ver, Michael soube da notícia e começou a chorar e lamentar pela morte do menino...

No outro dia, Michael estava em seu trabalho, achava que tudo tinha acabado, até que um menino da idade de Jacob apareceu, e relatou sentir mal-estar e ânsia de vômito em casa quando chegava perto do porão, Michael não entendeu o porque ele tava ali, ele era um psicólogo e não um médico, mas ainda assim, ele quis entender melhor, ele perguntou ao menino o que ele tava vendo ou comendo pra sentir aquilo, o menino disse que um Homem de terno chama ele de madrugada para brincar e entrar no mundo da mala, Michael fica pálido e congela na hora, até que o menino fala "você gostava do Jacob não era Michael? Você não quer se divertir com ele aqui dentro? — diz o menino com uma voz distorcida e enquanto coloca uma mala vermelha no chão e abre com o corpo de Jacob ali dentro" Michael dá um soco no garoto que cai no chão, nisso Michael vai indo parar traz em direção a janela, mas para no caminho porque percebeu estar "sem saída", O menino começava a se debater no chão como se tivesse se transformando em outra coisa, e dentro de sua boca sai uma mão enorme junto com um braço, que logo se apoia no chão, e com outra mão abre mais ainda a boca do menino, o menino, na verdade, estava vivo e sentindo o Homem Rabisco sair de dentro de seu corpo, ele sai e quebrava a mandíbula do garoto enquanto sua boca era totalmente desfigurada até que sai a cabeça do Homem Rabisco de dentro da boca do garoto e diz "Olá Michael, Jacob está se divertindo — Começa a rir", Michael grita e xinga o monstro de desgraçado e corre em direção a porta e consegue sair, sai correndo e você pensa que acaba por ali, não, O Homem Rabisco não gosta de desperdiçar comida, então, ele devorou o garoto que usou de... Casca assim podemos dizer.

Michael estava em casa e com medo, deixando tudo aberto, janelas, portas, sotam, tudo, já que ele sabia que o monstro não precisa de portas pra entrar, e ele tentou uma ultima coisa, pegou um bolo de chocolate que havia guardado em sua geladeira, pegou uma vela e colocou no bolo, estava tudo escuro por estar a noite, a casa começou a tremer, a luzes piscavam sem parar, e na pespectiva do Michael tava um caos, tudo caia, ele olhava pro bolo e tentava pegar o fósforo e olhava pra frente via O Homem Rabisco vindo comelo, mas ele logo saiu da frente, e por pouco não deixa o bolo cair, sujando somente sua camisa com cobertura de chocolate, as luzes se apagam e ainda continua uma barulheira sem fim, Michael sem ver acaba em um escuro com o seu fósforo, ele acende a vela e pede para que o Homem Rabisco nunca mais exista, tudo parou, o barulho parou, a luz voltou, Michael ficou em choque e parado do lado de uma janela trancada e escura enquanto comemorava por ter conseguido, tudo havia parado, ele ria e ficava feliz, encostava a cabeça na parede e olhava pro teto aliviado, ele sentia o vento de sua janela, um vento bom, frio e calmo, porém... a janela estava fechada... E a última coisa que vemos, é um sorriso brilhante em meio a escuridão do lado de fora vindo da janela dizendo "Feliz aniversário Michael, vamos comemorar", Antes que Michael gritasse tudo escurecia e ouvia gritos de dor e barulhos escandalosos de ossos quebrando e desmenbramento...

os policiais foram até a casa de Michael, e tem um bilhetinho escrito "Você sabia que, O Homem do Terno preto gosta de aniversários?"... Bom, tome cuidado com o seu aniversário, e também, tome cuidado com o que vai pedir, na hora de fazer um pedido.

Baixar livro