back
Baixar App Lera
icon 0
icon Loja
rightIcon
icon História
rightIcon
icon Sair
rightIcon
icon Baixar App
rightIcon
Quero você de volta
4.8
Comentário(s)
47.7K
Leituras
13
Capítulo

Amy é uma adolescente rebelde que desafia a autoridade dos pais, e faz tudo o que quer. Mais sua vida muda depois que fica grávida.

Capítulo 1
Meu nome é Amy

“Rápido, Amélia. Tenho uma cirurgia muito importante hoje!” Gritou Penélope.

“Eu já estou indo, e o meu nome é Amy.” Respondeu ela revirando os olhos.

Ela desceu as escadas e entrou no carro com sua mãe.

No carro

Amy acendeu um cigarro e deu uma tragada, sua mãe não queria que ela fumasse, mas ela não se importava.

“Amy, você só tem 17 anos. Pare de fumar.” Disse o motorista, amigo da família.

“Eu já pedi a ela, mas ela não me ouve.”

“Não sei como ela consegue fumar assim que acorda.” Penelope acrescentou.

“Parem vocês dois. Não se intrometam na minha vida, tá legal?”

“Desculpe.” Disse Leo.

Ao ouvir o que Leo disse, ela rapidamente virou o rosto.

Chegando na escola, todos os garotos a olharam dos pés a cabeça.

“Quem é essa gata?” Sussurrou um garoto para o grupo.

“Em breve iremos descobrir!” Respondeu outro

“Amy!” Gritou Kate sua melhor amiga correndo para abraçá-la.

Elas se conheciam desde os cinco anos de idade, seus pais eram amigos e médicos do mesmo hospital.

“Kate, que saudade.”

Elas não se viam fazia alguns meses.

Elas se abraçaram e foram até a sala de aula e se sentaram do lado uma da outra.

“Sejam bem vindos! Meu nome é Alice, mas podem me chamar de sr Smith.” Disse a professora se apresentando.

“Para começarmos gostaria que vocês se apresentassem.” Acrescentou.

“Sério? Isso é coisa de criança.” Disse um aluno demonstrando desinteresse.

“Já que mostrou tanto “interesse” se apresente primeiro.”

Depois que alguns alunos se apresenta

ram chegou a vez de Amy.

“Amélia Monroe, mas todo mundo me chama de Amy.” Disse ela com uma voz fria.

A professora assentiu.

Todos estavam olhando para Amy, alguns olhares encantados e outros de inveja.

Depois da aula, Amy foi para o refeitório onde encontro Kate.

“E o Liam?” Kate perguntou.

Ao ouvir o que sua amiga perguntou, Amy revirou os olhos e disse: “Nos terminamos.”

“O que? Por que não me disse nada?”

“É que...”

Antes que Amy pudesse terminar de falar, ela foi interrompida por uma garota: “Amy não é? Acho bom você parar de olhar pro meu namorado, ou as coisas podem ficar feias pra você.”

“Lucy, pare de bobagens.” Gritou Noah.

“Eu não estava olhando para seu namoradinho.”

“Estava sim.” Gritou Lucy com raiva e ciúme.

A verdade é que Noah estava com seus amigos e não parava de olhar para Amy, então Lucy viu e começou a discussão.

Amy estava sem entender nada, então se levantou e disse: “Alguém interna essa louca, por favor!” Gritou ela se virando para sair com Kate.

Lucy correu e puxou seu cabelos e gritou:“Vadia!”

Com raiva Amy, virou a empurrou para a mesa e a deu vários tapas.

Noah correu para pará-la, mas seus amigos o impediram. “Deixe-as se matarem!”

“Se não quiser levar outra surra não mexa comigo, vadia!” Amy ironizou a última palavra e saiu com Kate

“Mandou bem!” Disse Kate com orgulho estampado no rosto.

“Eu sei, hahaha.”

Antes de saírem elas ouviram uma voz fria.

“Amélia Miller, na minha sala, agora!” Gritou o diretor.

Baixar livro