icon 0
icon Loja
rightIcon
icon História
rightIcon
icon Sair
rightIcon
icon Baixar App
rightIcon
Capítulo 6
Ela não vai embora
Palavras: 871    |    Lançado em: 21/06/2022

No dia seguinte, o elegante Maybach deslizou suavemente para fora da garagem.

Maurice se recostou contra o banco de trás e fechou os olhos para descansar, mas as cenas eróticas de cinco anos atrás seguiam rondando sua cabeça.

Para evitar que os espiões do seu tio o reconhecessem, ele usava uma máscara no rosto sempre que ia ao Clube Imperial Golden. O fato de já terem se passado cinco anos daquela noite fatídica não fazia diferença. Poucas pessoas sabiam desse segredo. Será que aquela mulher era uma dessas?

"Senhor Moran?" O assistente dele, Corbin Jenkins, de repente o chamou. Havia recebido um e-mail e relatou o conteúdo dele. "Eu a encontrei. O nome da mulher é Eliana Pierce. Ela trabalha no Grupo Moran desde ontem. A diretora do Departamento de Design, Gabrielle, a levou para encontrar um cliente na boate ontem."

"Mais alguma coisa?" Maurice abriu os olhos, encarando seu assistente com impaciência.

Corbin ficou vermelho de vergonha. Abaixando a cabeça timidamente, disse: "Só descobri isso até agora. É muito estranho. Parece que tudo sobre a vida de Eliana antes de trabalhar na nossa empresa foi apagado..."

Maurice zombou em desdém, retrucando: "Aparentemente alguém não quer que a gente saiba do passado dela."

E esse "alguém" provavelmente era seu tio.

Durante todos esses anos, aquele homem se dedicou ao máximo para eliminá-lo.

Do outro lado da cidade, Eliana gemia de dor. Sua cabeça latejava.

Deu um jeito de se sentar e piscou várias vezes, massageando as têmporas com os polegares. Uma ressaca horrível se abatia sobre sua cabeça.

Olhando ao redor, descobriu que estava em um quarto privativo finamente decorado.

Para sua surpresa, ela viu uma mulher com o cabelo todo desgrenhado e o batom borrado na superfície espelhada da parede. "Sou eu?", pensou incrédula.

Ao se ver em um aspecto tão deplorável, ela rapidamente cobriu a boca com a mão. De repente, tudo o que aconteceu na noite passada voltou a sua mente, especialmente aquele beijo...

'Aquele maldito puto! É o mesmo cara de cinco anos atrás! Tenho certeza disso.'

Pensando nisso, imediatamente olhou para baixo para conferir seu estado. Felizmente, estava com todas suas roupas.

Eliana assentiu para si mesma, suspirando aliviada. Acertaria as contas com ele outro dia!

Em seguida, ela se arrastou para fora do sofá e abriu a porta do quarto.

Havia dois garçons parados do lado de fora, um de cada lado. Quando a viram sair discretamente, apenas lançaram um rápido olhar para ela, logo desviando o rosto e mantendo o semblante sério.

Como não pareceram se incomodar com sua presença, Eliana se apressou em sair do clube.

Primeiro passou em casa para tomar um banho e trocar de roupa. Então beijou seus dois filhos que ainda dormiam, Adrian e Aileen, antes de correr para o Grupo Moran.

Rangendo os dentes, se lembrou do que Gabrielle fez para ela ontem.

Era bem diferente ser forçado a algo por um projeto do que agir intencionalmente!

Quando ela chegou na empresa, acabou pechando com Gabrielle em frente à sala de reuniões.

"Senhorita Aston", Eliana a cumprimentou com frieza.

Gabrielle ficou atordoada por um momento. Então, rapidamente se recompondo, assumiu uma atitude mais dominadora. "Levei você àquele encontro para falarmos sobre o projeto com a melhor das intenções, mas o que você fez? O senhor Blake é o cliente mais importante do Grupo Moran, mas você o ofendeu. Como vai compensar essa perda para a empresa?"

Conforme verbalizava sua raiva, ela foi ficando cada vez mais irritada. Pousando a mão no ombro dela, suas unhas afiadas e bem cuidadas o apertaram com força.

Instantaneamente, Eliana agarrou a mão dela e a tirou de cima de si. O tom calmo com que falou contrastou fortemente com a voz estridente de Gabrielle. "Se estávamos conversando sobre um projeto, por que você me deixou bêbada e sozinha com o senhor Blake? É assim que costuma discutir negócios?"

Os colegas que passavam por ali escutaram isso e vibraram em comoção.

No dia anterior, todos ficaram curiosos para saber por que Gabrielle levou uma funcionária nova para encontrar um cliente importante. Agora estava óbvio que ela queria forçar Eliana a vender seu corpo para conseguir firmar o projeto.

Embora também fosse uma mulher, ela usou de uma colega para se promover na empresa. Que cruel!

Todos se viraram para encará-la em reprovação. As suas miradas cheias de ódio pareciam perfurar o coração de Gabrielle.

Humilhada, ela teve um acesso de raiva. Sacudindo a mão de Eliana, rugiu: "Como você ousa me caluniar, Eliana? Foi você quem bebeu demais e pediu para que a deixasse sozinha com o senhor Blake! Que audácia! Você está demitida! Saia da minha frente!"

Eliana respirou fundo para manter a calma. 'Ainda nem comecei o trabalho que tenho para fazer aqui. Não posso deixar o Grupo Moran assim.'

"Não vou embora", ela afirmou com firmeza.

"O quê?!", Gabrielle rebateu, boquiaberta. Furiosa, ergueu seu queixo e levantou o dedo para o rosto de Eliana. "Quer que eu chame os guardas?"

"Ela não vai embora." Repentinamente, uma voz profunda e máscula soou atrás delas.

Todos ficaram em silêncio, abrindo caminho para o homem que havia acabado de falar.

Até mesmo Gabrielle conteve sua raiva e olhou cautelosamente para quem se aproximava.

Reclame seu bônus no App

Abrir
1 Capítulo 1 Caindo no mar2 Capítulo 2 Reencontro3 Capítulo 3 Um bom homem4 Capítulo 4 Um rosto estranho5 Capítulo 5 O gigolô6 Capítulo 6 Ela não vai embora7 Capítulo 7 Que mulher volúvel8 Capítulo 8 Que atuação!9 Capítulo 9 Um anel valioso10 Capítulo 10 A punição11 Capítulo 11 O peitoral de Maurice12 Capítulo 12 Perseguido por caras malvados13 Capítulo 13 Este garoto não me é estranho14 Capítulo 14 Seria ele o gigolô 15 Capítulo 15 Um incidente pequeno16 Capítulo 16 Não está apto para ser meu tio17 Capítulo 17 Sua sugar mommy tem tratado você bem 18 Capítulo 18 Defendê-lo sem hesitação19 Capítulo 19 O cafetão mais forte20 Capítulo 20 Papai!21 Capítulo 21 O tio diabo22 Capítulo 22 Um sonho erótico23 Capítulo 23 O que você estava olhando 24 Capítulo 24 Intimidade em público25 Capítulo 25 Demitida26 Capítulo 26 Saciar suas necessidades27 Capítulo 27 O desejo de aniversário28 Capítulo 28 Vá sonhando!29 Capítulo 29 Eu já vi esse anel antes30 Capítulo 30 O brutal senhor Moran31 Capítulo 31 Um assassinato32 Capítulo 32 O perigo me segue33 Capítulo 33 Quando não está roubando homens, está roubando roupas34 Capítulo 34 Ele também tinha uma cicatriz 35 Capítulo 35 Vá para a festa36 Capítulo 36 Não está fácil para ninguém37 Capítulo 37 Um escudo38 Capítulo 38 Um amor verdadeiro39 Capítulo 39 O beijo porvir40 Capítulo 40 Frio e calor extremos41 Capítulo 41 A grande noite42 Capítulo 42 Assuma a responsabilidade por ela43 Capítulo 43 O tratamento exclusivo para o melhor gigolô44 Capítulo 44 Aquele CEO desgraçado45 Capítulo 45 Uma nova neta46 Capítulo 46 Um homem mesquinho47 Capítulo 47 Fazendo uma cena na creche48 Capítulo 48 Uma figura poderosa49 Capítulo 49 Faça o que for preciso50 Capítulo 50 Você se aproveitou de mim51 Capítulo 51 O anel apareceu outra vez52 Capítulo 52 O acordo53 Capítulo 53 Quem é esse homem 54 Capítulo 54 Um grande cliente55 Capítulo 55 Não consigo entender esse homem56 Capítulo 56 Um diamante Argyle rosa57 Capítulo 57 É melhor não prender seu cabelo58 Capítulo 58 Nana voltou59 Capítulo 59 Não precisa mentir para mim60 Capítulo 60 Pagamento extra61 Capítulo 61 Por que você está tão brava 62 Capítulo 62 O pertence de sua mãe63 Capítulo 63 O anel estava em suas mãos64 Capítulo 64 Dois copos de café65 Capítulo 65 Taxa de serviço66 Capítulo 66 Uma coincidência67 Capítulo 67 Uma armadilha68 Capítulo 68 Ciúme69 Capítulo 69 Ferimento70 Capítulo 70 A preocupação dela71 Capítulo 71 A mulher que era valiosa para ele72 Capítulo 72 Eu sei onde ele vai estar73 Capítulo 73 Eu sabia que você viria74 Capítulo 74 Vontade de ser sugada para dentro75 Capítulo 75 Você tem medo de mim 76 Capítulo 76 Uma grande coincidência77 Capítulo 77 A chance de se vingar78 Capítulo 78 Ela tinha as garras em Maurice79 Capítulo 79 Negociação80 Capítulo 80 Confiaria nela incondicionalmente81 Capítulo 81 Cuide do seu próprio umbigo82 Capítulo 82 Eu sou tão bonita83 Capítulo 83 Algo estranho com o cachorrinho84 Capítulo 84 Nosso reencontro só pode ser obra do destino85 Capítulo 85 Você é próxima do senhor Moran 86 Capítulo 86 Apenas duas opções87 Capítulo 87 Você gosta da Eliana 88 Capítulo 88 Maurice estava dificultando sua vida89 Capítulo 89 O ar de superioridade de Evelynn90 Capítulo 90 A dupla de mãe e filha91 Capítulo 91 Um passado triste92 Capítulo 92 Sua afeição por ela93 Capítulo 93 A parceria com a família Jarvis se encerra aqui94 Capítulo 94 Beijando-se na rua95 Capítulo 95 Uma mulher estúpida me irritou96 Capítulo 96 Maurice foi injustiçado97 Capítulo 97 O pai das crianças98 Capítulo 98 O passado de Nana99 Capítulo 99 O que há de errado com o Bowling 100 Capítulo 100 Estou apaixonada