back
Baixar App Lera
icon 0
icon Loja
rightIcon
icon História
rightIcon
icon Sair
rightIcon
icon Baixar App
rightIcon
RETORNO AO PARAÍSO

RETORNO AO PARAÍSO

lucystar

5.0
Comentário(s)
16.8K
Leituras
69
Capítulo

Retorno ao Paraíso conta a trajetória de um jovem médico pediatra de 27 anos, Cláudio Valle, nascido e criado na cidade de Casa Branca no nordeste do Estado de São Paulo, Brasil. Ele é filho de um fazendeiro da cidade, muito apaixonado por sua terra, por sua profissão e pelas crianças de quem cuida. Mas como sempre, não vou falar muito. Como sempre, peço apenas que as mentes, corações e almas estejam abertos para o que irão ler. Obrigada e... curtam.

Capítulo 1
INTRODUÇÃO

INTRODUÇÃO

Oi, sou Velucy ou Vera Lucia Moreira. Este livro ou... este novo livro foi escrito entre 1980 e 1981. Eu tinha... 20 anos.

Depois de passar quase dez anos escrevendo e tentando editar o “Torre de Babel”, meu livro pretensiosamente a respeito da vida do astro pop Elton John, eu queria escrever um romance que se passasse numa cidade do interior de São Paulo que tivesse um nome... bonitinho. Fácil de falar e de lembrar.

Fui ao mapa do Estado de São Paulo, Brasil, e achei: Casa Branca. Mas ao contrário do que possam pensar, não é a Casa Branca americana. É só uma cidade do nordeste do Estado de São Paulo, quase em Minas Gerais que eu nem conhecia, pasmem! Mas me apaixonei pelo nome. Meu romance ia se passar ali mesmo, na pequeníssima Casa Branca.

Mas esta cidade estava fadada a estar na minha vida para sempre. Sou professora primaria e de Língua Portuguesa e Inglês, aposentada, e sempre gostei muito de ler, tenho livros pela minha casa mais do que tudo! E, seis meses depois de ter terminado o romance, em julho de 81, através de um desses livros descobri que o seu escritor era, adivinhem de onde? De Casa Branca! Tinha até o endereço dele lá no livro! O escritor que eu amo muito e respeito até hoje era Ganymédes José Santos de Oliveira. (Escritor muito premiado que faleceu em 9 de julho de 1990 como um passarinho de um ataque cardíaco na cidade em que nasceu.)

Escrevi imediatamente uma carta para ele e recebi uma resposta muito educada me convidando para visitar sua cidade. E eu fui!

Viajei a convite dele para Casa Branca e fui apresentada a ela e me apaixonei. Todos os anos, a partir dali, eu pegava uma colega minha pela mão e ia para lá rever a cidade e meu amigo querido. Durante os passeios pela cidade minúscula e suas ruas antigas, eu imaginava ver as casas dos meus personagens diante de mim.

Depois da morte do Ganymédes, eu parei de ir a Casa Branca. Achei que nada mais me ligava à cidade, mas eu estava enganada.

Me aposentei em 2016 e a pulguinha da curiosidade me fez voltar a fuçar nos meus escritos, todos guardados no guarda roupa velho no quarto do meu filho.

Só que “Retorno ao Paraíso” não estava guardado em nenhum guarda roupa velho. Ele tinha ficado na minha estante olhando pra mim durante todos esses anos.

Eu tinha cometido a loucura de encadernar as 420 folhas de sulfite datilografadas e ele virou praticamente uma bíblia azul claro, enorme!

Voltei a Casa Branca de novo com uma nova amiga e revi tudo com muita saudade.

Hoje eu sei onde mora o personagem principal doutor Cláudio, médico pediatra, e sua mulher Tânia, os sogros dele, Bárbara e Jorge, o irmão do Jorge, doutor Jairo com a filha Mônica, o Beto, melhor amigo do irmão do médico, e muitos lugares importantes que minha imaginação criou.

Isso tudo se passou há mais de quarenta anos, mas eu acho que nada acontece por acaso. Acho não, tenho certeza!

Eu digitalizei o “Retorno” no computador e corrigi e recorrigi umas vinte vezes e vou começar a publicar aqui no Lera a estória que se passa em nove meses, de outubro de 1977 a julho de 1978, e espero que me acompanhem e gostem. Foi escrito com muito amor e é só isso que me move, desde que eu comecei essa loucura gostosa que é escrever. Amor. Passar mensagens leves para quem quiser ser leve em sua vida também.

Meu respeito a quem se dispuser a curtir o “Retorno ao Paraíso”. Ele é beeeem longo!

Este é pra a Helena de Portugal (Wayne), pra Michelle (Rarity), Luiany Ferreira, Anne, Donald e todos que já me passaram mensagens carinhosas até agora com emogis ou não.

Obrigada!

Vera Lucia Moreira ou... Velucy

Baixar livro