icon 0
icon Loja
rightIcon
icon História
rightIcon
icon Sair
rightIcon
icon Baixar App
rightIcon
Capítulo 3
Aceitando o acordo
Palavras: 2632    |    Lançado em: 11/06/2021

Ponto de vista de Daniel:

"Daniel! O que você fez com Sophia? O que contou para ela?"

Eu só fechei meus olhos quando escutei a voz de minha mãe pelo telefone. Ela serviu como meu alarme nessa manhã.

"Não fiz nada mãe."

"Então por que ela desistiu do acordo? Ela me telefonou essa manhã e falou que não quer aceitar o acordo mais!"

"Mãe, isso é um problema dela, e não meu. Se ela decidiu desistir, então tudo bem."

"Daniel Kelley!"

'Ai meu Deus, ela está falando meu nome completo outra vez.'

"Eu não criei você para ser desrespeitoso e grosseiro com mulheres!"

"Mãe, eu falei para você que não fiz nada para ela!"

"Certifique-se disso, filho. Eu perguntei para ela, porém, ela se negou a me contar o que ocorreu entre vocês dois ontem. Filho, por favor, Sophia é uma jovem excelente. E, ela é sua única esperança de conseguir o investimento que você e seu pai gostariam de conseguir."

"Mas eu posso achar minha própria mulher. Posso achar minha própria noiva, mãe!" Eu falei, coçando minhas sobrancelhas enquanto me levantava da cama.

"Está bem! Vou deixá-lo conseguir sua própria noiva, porém, tenha certeza de que não é uma de suas mulheres anteriores!"

Eu simplesmente revirei os olhos.

"O que há com aquela garota, e você queria que eu cassasse com ela? Ela não é especial, mãe! Quer dizer, sim, ela é linda, porém, nada além disso, eu não pude descobrir nada dela. Ela é só uma mulher comum."

"Dê uma chance para ela, filho. E você vai saber que ela é diferente das outras que você conheceu e vai conhecer. Ela é especial, Daniel."

Eu ri com a explicação dela. "Mamãe, desde quando você se tornou uma poetisa?"

"Daniel Kelley! Eu estou falando sério!"

"Está bem, está bem!" Eu falei, enquanto tentava esconder minha risada. "Mas mãe, por favor, dê-me um tempo para achar minha própria noiva para esse contrato."

"E o que acontece se você falhar e não conseguir achar alguma mulher?"

"Então, eu fico com sua pretendente."

"Está bem, vou dar uma semana para você, então, comece agora mesmo!"

"Mas mãe, é pouco tempo"

"Não! Temos apenas duas semanas e meia restantes, antes da festa de noivado planejada. Então, se após uma semana você não tiver encontrado uma garota ainda, então, você não terá escolha a não ser se casar com Sophia."

"Tudo bem."

"Certo, tchau filho. Se cuida, eu te amo."

"Obrigado, mãe, te amo também."

"Ufff!" Suspirei alto enquanto caía na cama de costas. Fechei meus olhos, mas a imagem de Sophia obstruiu minha mente.

Eu me lembro de nosso primeiro encontro ontem. Ela falou que usava uma jaqueta roxa, no entanto, ela era a única de roxo dentro da cafeteria. Admito, ela é linda, e quando ela aproximou sua face da minha, seu cheiro encheu minhas narinas. E os lábios dela foram a primeira coisa que eu notei. Pareciam tão macios e rosados, e eu tive que olhar diretamente nos olhos dela para barrar minha imaginação selvagem.

"Meu Deus! Por que estou pensando nessa mulher? Ela é igual a qualquer outra mulher! Ela está apenas atrás de minha conta bancária!"

Massageei minhas têmporas e me levantei outra vez. É sábado hoje, porém, tenho que ir ao escritório para alguma reunião importante.

~~~~~~~~

Ponta de vista de Sophia:

"No! Per favore Joseph, non farlo!" (Por favor, Joseph, não faça isso!) Chorei e implorei para que ele parasse, mas ele continuou rasgando minhas roupas.

"Fermare? Perché dovrei?" (Parar? Por que eu deveria parar?)

E ele riu em cima de mim com sua risada demoníaca. Ele segurava minhas duas mãos sobre minha cabeça, enquanto seus lábios chupavam a pele do meu pescoço. Pude sentir sua masculinidade cutucando minha barriga. E eu me senti tão impotente, nem sequer conseguia me mover sob ele.

"Poui aspettare la prima notte di nozze?" (Você não pode apenas esperar a primeira noite do casamento?) Continuei chorando.

"Ma non posso più aspettare, amore mio. Ho bisogno di te adesso! Hai un profumo cosi buono!" (Mas eu não posso esperar mais tempo, meu amor. Preciso de você agora mesmo! Seu cheiro é tão gostoso!)

E eu gritei quando a mão dele pegou meu seio esquerdo, enquanto seus lábios continuavam morder meu pescoço. Tentei lutar ainda sob seu corpo fedorento, quando ele se posicionou entre as minhas pernas.

"No! Per favore non farlo! Farò tutto quello che vuoi che faccia, per favore non farlo! Questa è molestia! Questa è stupro!" (Não! Não faça isso, por favor! Farei o que você quiser que eu faça, mas, por favor, não faça isso! Isso é assédio! Isso é estupro!)

"Oh, no amore mio. Nessuno può chiamarlo stupro, perché sei la mia fidanzata e presto diventerai moglie."

(Ah, não meu amor. Ninguém pode chamar isso de estupro, dado que você é minha noiva e logo será minha esposa.)

"Não, não, não."

"Nããããão!"

Gritei com a força dos meus pulmões enquanto me sacudia no sono. Estou recuperando meu fôlego enquanto enxugava as gotas de suor no meu pescoço e na testa. Sonhei com isso outra vez. Não, isso foi um pesadelo. Um pesadelo do meu passado, e retornou quando vi Joseph no estacionamento do shopping, há uma semana.

"Sophia! Sophia, está tudo bem com você?"

Escutei a voz de Craig do lado de fora da minha porta antes dele aparecer. Ele está carregando minha Pussy... Quer dizer, meu gato persa branco de olhos azuis, e seu nome é Pussy.

"Ei, ouvi você gritar. Está tudo bem?" Ele sentou-se no canto da cama.

"Sim, foi só um pesadelo." Tentei sorrir, porém, abaixei minha cabeça e fechei meus olhos para não deixar que as lágrimas caíssem.

"Você está tendo pesadelos outra vez?"

Eu assenti. Ele sabe de tudo. Eu falei para ele um dia que quando eu não pude mais segurar as lágrimas e ele estava lá para me confortar. Ele é meu instrutor assistente de dança, e ele estava comigo durante esse tempo quando eu estava apenas começando essa carreira. E, nós começamos a construir há dois anos o estúdio de Dança dos Sonhos de Sophia. Ele se tornou meu amigo e um irmão desde então e até agora.

"Por que você não aceita o acordo com a senhora Kelley? É uma vantagem enorme, Sophia. Ela já te deu a permissão de usar o sobrenome deles para procurar Layla, e botar Joseph na prisão."

"Craig, não é fácil aceitar o acordo dela! Quero dizer, as responsabilidades e as obrigações dentro desse casamento. Vou me tornar a esposa de seu filho e então o quê, Joseph vai me encontrar facilmente. A família Kelley não são meras pessoas simples. Eles são famosos e a família mais conhecida em Los Angeles."

"Sim, e isso quer dizer que são influentes e poderosos também. Você acha que aquele idiota do Joseph irá se aproximar de você facilmente se descobrir que você é casada com um certo Kelley? Um dos melhores solteirões de Los Angeles? Vamos lá, pense nisso, Sophia!"

Eu suspirei alto enquanto abaixava a cabeça em minhas mãos.

"Não sei, Craig. Meus pesadelos estão me perseguindo outra vez. E parecia que tudo isso tinha acontecido ontem, mas já faz seis anos."

"Sophia, desculpas sempre estarão lá para você, porém, oportunidades não. Ela vai bater somente uma vez na sua porta, então, enquanto ela ainda bate, abra a porta e agarre-a! Quem sabe, isso levaria você a obter justiça que você tanto queria."

"Mas Craig, o filho dela não me quer como esposa. E eu te falei que ele já me insultou e me julgou!"

"Ah, vamos lá! Você já passou por diversos julgamentos na sua vida antes. Você até mesmo recebeu insultos de seu próprio pai."

"Ai! Que maneira de adicionar sal no meu ferimento?"

"Desculpe, não foi o que quis dizer. Eu quero que você apenas abra seus olhos, Sophia. Como eu estava falando, você passou por muitas coisas na sua vida antes. E, se o filho dela insultar você outra vez, ou julgar você, aceite o acordo, então que assim seja! Deixe-o te julgar, ele só conhecia seu nome e não sua história real!"

Eu mordo meus lábios enquanto coço atrás das minhas orelhas por causa da confusão. Esse é uma das minhas manias, quando eu, realmente, não sei o que fazer em seguida.

"Você vai morrer se ele te insultar de novo, ou se ele disser que você aceitou a oferta de sua mãe por causa do dinheiro?"

Eu sacudi a cabeça.

"Você não vai sobreviver por um dia escutando os julgamentos dele? São apenas palavras vindas de outra pessoa, Sophia. O importante é seu objetivo, seu plano, você mesma! Os insultos dele não vão ajudar você a encontrar Layla, e as palavras dele também não vão te ajudar a obter justiça pelo que Joseph fez com você! Chame isso de forma desesperada, e daí? Contanto que não seja verdade e você saiba por si mesma!"

Ele fez uma pausa e pegou minhas duas mãos.

"Senhora Kelley sabe a verdade também. Nós estamos todos aqui atrás de você. Levante-se e lute! Qual é o nome dele mesmo, pode repetir?"

"Nome de quem?"

"Do seu futuro marido."

"Daniel. Daniel Kelley."

"Daniel Kelley, tsss! Mostre a esse homem quem a verdadeira Sophia Ysabelle é! A mulher que luta e que não desiste facilmente de qualquer situação que esteja."

Um sorriso se arrastou nos lábios ouvindo as palavras dele. Ao menos, eu ainda tenho Craig, que me trata mais como uma irmã do que como uma amiga.

Eu suspirei e meus olhos aterrissaram no meu gato, que ainda esfregava a cabeça no braço de Craig.

"Olá, minha Pussy." Eu a peguei e coloquei no meu colo.

Craig riu enquanto sacudia a cabeça.

"Por que você a nomeou como Pussy, diante de todos os nomes que você poderia dar para ela?"

"Só por diversão." Eu encolhi os ombros e continuei a esfregar os pelos da Pussy. "Por que, não é lindo, Pussy?"

Nós dois rimos do nome. Eu estava quase levantando quando ouvi meu celular tocar. Nós dois se entreolhamos quando eu vi o nome 'Senhora Kelley' na tela.

"Bom dia, senhora Kelley." Respondi enquanto olhava para os olhos de Craig. Está no viva-voz.

"Olá, querida, como está você?"

"Eu estou bem, senhora Kelley."

"Peço desculpas pelo que meu filho falou para você durante o encontro. Mas, por favor, Sophia, se você realmente não quer aceitar minha proposta, me deixe te ajudar."

Eu mordo meu lábio inferior enquanto respiro fundo. Craig continuou a encorajar-me a aceitar o acordo acenando com a cabeça.

"Eu aceito o acordo, senhora Kelley."

"Ah, minha querida. Fico tão feliz. Muito obrigada, Sophia. Vou falar para o meu marido e marcar a data do noivado!", ela falou com animação.

"Mas posso pedir um favor, se for possível?"

"Ah, claro, qualquer coisa, querida. Se você não estiver ocupada hoje, nós podemos nos encontrar para discutir esse acordo e seus favores?"

"S...sim, claro, só me fale o lugar senhora Kelley."

"Não se preocupe com isso, porque eu vou te buscar. Dez horas está bom para você?"

"Sim, está bom."

"Ok. Esteja pronta às dez, querida. Tchau."

"Tchau, senhora Kelley."

Desliguei a ligação e olhei para Craig.

"Vai! Vai tomar um banho enquanto eu preparo nosso café da manhã."

"Obrigada Craig, você é o melhor." Dei um sorriso e abracei-o antes de me levantar.

"É claro!", ele sorriu também e deu uma piscada para mim.

~~~~~~~~

"Não hesite em me falar qualquer coisa que você quiser, Sophia. Vou escutar você." Senhora Kelley falou e sorriu para mim.

Eu assenti.

Estamos, agora, dentro do restaurante esperando nossos pedidos.

"Vamos conversar sobre a festa de noivado e, depois, sobre o casamento. Qual tema você quer que a festa tenha?"

"Humm... qualquer coisa que você escolher senhora Kelley. Para mim tudo bem." Eu falei, sorrindo.

"Não, o casamento é seu. Vou deixar as decisões para você, para o tema... tudo!"

Suspirei quando escutei a palavra 'decisões'.

"Hummm... podemos... nós podemos simplesmente fazer uma festa... huum... privada, senhora Kelley?"

"Privada? O que você quer dizer com isso? Você não quer uma festa grande? Uma grande celebração para seu casamento?"

"Eu só não me sinto bem em festas grandes e eventos. Além do que, quero manter privada do público, especialmente do conhecimento de Joseph. Não quero que ele saiba onde eu estou, onde eu vivo, e tudo sobre mim. Seu filho não é meramente uma pessoa comum senhora Kelley. Paparazzi e outras mídias estão atrás dele todos os dias, e eu não quero eles me seguindo por todo lugar."

Ela pegou minhas duas mãos e sorriu.

"Entendo, Sophia. Se é isso o que você quer, vamos manter isso em sigilo. Nenhum paparazzi e qualquer mídia serão permitido no seu noivado e no seu casamento. Vamos contratar somente alguns fotógrafos profissionais e videomakers para cobrirem o evento.

"Muito obrigada, senhora Kelley." Devolvi um sorriso para ela.

"Vamos falar sobre o contrato. Você irá se casar com meu filho, meu marido e eu, nós iremos ajudá-la a encontrar Layla e fazer aquele Joseph apodrecer na prisão! Vou te prometer isso!"

"Obrigada. E mais uma coisa, senhora."

"Claro, o que é?"

"Nós podemos também manter esse acordo em sigilo? Quero dizer, podemos não deixar ninguém saber o motivo de eu casar com seu filho?"

"E quanto ao seu marido?"

Eu engoli em seco. "Em breve, ele será marido, senhora Kelley."

"Ok, sinto muito."

"Não quero que ele saiba a minha razão para casar, além disso, é apenas um casamento contratual. Depois de um ano, ou sempre que eles conseguirem investimento e eu conseguir justiça pelo que Joseph fez comigo, nós vamos separar nossos caminhos outra vez e pediremos divórcio."

"Bem, essa decisão é sua, eu entendo."

"Humm... o que eu vou ter que fazer como a esposa de seu filho?"

"Bem, você simplesmente vai fingir ser sua esposa amada em todos os eventos comerciais, ou em festas que precisem de sua aparência como a parceira dele. Porém, não se preocupe, você não precisa agir como a esposa dele em casa, você ainda terá sua vida particular mesmo estando casada com ele. Contudo, nenhum de vocês dois está permitido a namorar ou encontrar com outras pessoas enquanto estiverem casados um com o outro."

Eu apenas assenti.

"O que você acha hum... você sabe... depois de nosso casamento?"

"Fazer amor?"

Eu mordo meu lábio inferior.

"Bem, nesse caso, como vocês já são adultos, depende de vocês se irão aproveitar o casamento de vocês."

Meus olhos arregalaram levemente, mas ela apenas sorriu para mim.

"Quer saber de uma coisa, gosto de você, Sophia. E, para ser honesta, gosto de você para meu filho."

"Senhora Kelley".

"É verdade, querida. E eu espero que um dia esse casamento por conveniência também seja um casamento para sempre", ela encolheu os ombros, mas eu não pude evitar de rir com a última coisa que ela disse.

'Para sempre?'

"Isso é impossível, senhora. Seu filho é um pouco grosseiro e arrogante." Eu não hesitei em falar para ela qual é minha real opinião sobre seu filho.

Ela parecia espantada no começo, mas ela riu eventualmente.

"Você se esqueceu de uma coisa, ele é frio também, querida", e ela riu outra vez. "É por isso que eu gosto de você, Sophia. Você é uma pessoa direta. Se você gosta de alguma coisa ou qualquer coisa, você diz isso imediatamente. Porém, se não gosta, não hesita em apontar isso."

"Porque, para mim, honestidade é a melhor política, senhora Kelley."

"Você me conquistou aí, querida. Porém, também quero que você saiba que Daniel, apesar de ser frio e um pouco arrogante, ele é um verdadeiro cavalheiro, Sophia. Não estou falando isso porque ele é o meu filho. Apenas tenha um pouco mais de paciência."

Eu simplesmente sorri para ela, e dei um suspiro de alívio.

Reclame seu bônus no App

Abrir
1 Capítulo 1 Primeiro encontro2 Capítulo 2 O passado dela3 Capítulo 3 Aceitando o acordo4 Capítulo 4 Telefonemas5 Capítulo 5 Jantar em família6 Capítulo 6 Reencontrar-se7 Capítulo 7 Festa de noivado8 Capítulo 8 Festa de noivado (Parte 2)9 Capítulo 9 Não engula suas palavras10 Capítulo 10 O casamento11 Capítulo 11 Morar com ele12 Capítulo 12 Novo dia13 Capítulo 13 Nós não somos amigos14 Capítulo 14 Roxo15 Capítulo 15 Senhorita16 Capítulo 16 Ele está com ciúmes17 Capítulo 17 Competição de Dança18 Capítulo 18 Estou alucinando 19 Capítulo 19 Bem feito20 Capítulo 20 Cabeça vazia21 Capítulo 21 É melhor morder a língua do que engolir as palavras22 Capítulo 22 Encontro de almoço23 Capítulo 23 Não estou com ciúmes24 Capítulo 24 Sua ausência25 Capítulo 25 Esposa teimosa26 Capítulo 26 Grande campeão27 Capítulo 27 Rian está desaparecida28 Capítulo 28 O que está acontecendo com ele 29 Capítulo 29 O acidente de Alex30 Capítulo 30 Preciso de sua assinatura31 Capítulo 31 É ele32 Capítulo 32 O tempo33 Capítulo 33 A mãe dela34 Capítulo 34 Desculpe-me35 Capítulo 35 Deixe seu ciúme de lado36 Capítulo 36 Senhora Kelley37 Capítulo 37 Ela é exatamente igual a elas!38 Capítulo 38 Julgamento39 Capítulo 39 É isto que chamamos de amor40 Capítulo 40 Sua esposa é uma mulher forte41 Capítulo 41 Estranho42 Capítulo 42 Confusa43 Capítulo 43 Sem beijo, sem telefone44 Capítulo 44 Layla45 Capítulo 45 Deja Vu46 Capítulo 46 Denial47 Capítulo 47 Ela parecia um quebra-cabeça48 Capítulo 48 Dormir no meu quarto49 Capítulo 49 Cadê meu beijo 50 Capítulo 50 Ele é um bom homem51 Capítulo 51 Urso de pelúcia52 Capítulo 52 Ele está doente53 Capítulo 53 Você pode cantar para mim 54 Capítulo 54 Loja de presentes55 Capítulo 55 Minha esposa56 Capítulo 56 Eu estou me apaixonando por ele57 Capítulo 57 Esta coisa doida chamada amor58 Capítulo 58 Não viva no passado59 Capítulo 59 A sorte não estava do lado dela60 Capítulo 60 O oposto da verdade61 Capítulo 61 Decepcionada62 Capítulo 62 Estou cansada63 Capítulo 63 Pacote64 Capítulo 64 O amor de uma mãe65 Capítulo 65 Não mais marido e mulher66 Capítulo 66 Essa é a sua casa!67 Capítulo 67 Ridículo68 Capítulo 68 Ele ama você, Belle69 Capítulo 69 Desistindo70 Capítulo 70 Tenho uma ideia71 Capítulo 71 Plano de fuga72 Capítulo 72 Seguindo-o em San Diego73 Capítulo 73 Você está bêbada74 Capítulo 74 Eu te amo!75 Capítulo 75 Deixe-me explicar76 Capítulo 76 Apaixonar-se não é um erro77 Capítulo 77 Você está fodido, cara!78 Capítulo 78 Eu estava errado!79 Capítulo 79 Seu pai80 Capítulo 80 Eu amo minha vida!81 Capítulo 81 Ele está doente82 Capítulo 82 Eu estraguei tudo83 Capítulo 83 Pen drive84 Capítulo 84 Eu a amo!85 Capítulo 85 Eu quero conhecer o seu marido86 Capítulo 86 Genro falso87 Capítulo 87 Eu nunca paro de amá-lo88 Capítulo 88 Convidados89 Capítulo 89 Eu não quero ver suas joias!90 Capítulo 90 Eu os farei pagar, amada91 Capítulo 91 Porque eu te amo92 Capítulo 92 Dê uma chance a ele93 Capítulo 93 Interrogatório94 Capítulo 94 As últimas palavras de seu pai95 Capítulo 95 Você pode ser meu Ursinho de Pelúcia de novo 96 Capítulo 96 Nicholas De Lucca97 Capítulo 97 De Luccas98 Capítulo 98 Eu não pedi para você ficar!99 Capítulo 99 Eu vou proteger o que é meu!100 Capítulo 100 Ela está de volta