icon 0
icon Loja
rightIcon
icon História
rightIcon
icon Sair
rightIcon
icon Baixar App
rightIcon
Capítulo 6
Reencontrar-se
Palavras: 2045    |    Lançado em: 13/06/2021

Já tinha se passado uma semana desde que fui à casa de Kelley para um jantar em família. Recebi um telefonema de organizador do casamento no dia seguinte e, até agora, ainda estávamos finalizando alguns detalhes para o casamento. Senhora Kelley e eu não pedimos mais a opinião de seu filho arrogante, ela apenas me deu uma lista com todas as exigências dele.

Eu estava dentro do meu escritório assistindo ao vídeo mais recente dos meus ex-alunos que participaram da competição internacional, quando ouvi uma batida do lado de fora da porta.

"Sophia."

Levantei a cabeça para ver quem era e sorri quando vi que era Craig.

"Craig." Notei as duas pessoas atrás dele e estava a ponto de perguntar quem eram quando a mulher me chamou pelo meu antigo apelido.

"Belle?"

Pisquei os olhos surpresa e acabei me engasgando quando finalmente a reconheci.

"Rian?" Eu me levantei imediatamente conforme ela se aproximou de minha mesa.

"Ai, meu Deus! É você mesmo, Belle!"

"Rian!"

Nós duas dávamos gritinhos de excitação e contentamento enquanto corríamos para nos abraçar. Rian me deu um abraço apertado depois de tanto tempo sem nos vermos.

"Como você está, Rian? Você está ainda mais bonita, amiga", eu disse com admiração. Ela era minha amiga da faculdade. Eu estava dois anos à frente dela, mas ainda assim, nos tornamos próximas e nos tratávamos como irmãs, até mais que isso.

"Senti muito a sua falta, Belle."

"Também senti a sua. Como você está?", perguntei novamente, sem conseguir acreditar que estávamos nos reencontrando. Por ser minha melhor amiga durante o tempo da faculdade, ela era a única pessoa com quem compartilhei minha história.

"Bem, agora eu sou casada", disse ela, mostrando-me o anel de casamento em seu dedo, cheia de orgulho.

"Uau! Meus parabéns!", exclamei com sinceridade. Somente então, parei para olhar para o homem atrás dela.

"Ah não! Ele não. Ele é apenas meu melhor amigo, Gavin", apresentou Rian.

"Entendo. Oi, Gavin." Embora ainda estivesse um pouco confusa, ofereci minha mão para aquele homem. Ele retribuiu meu gesto com um aperto de mão firme e um beijo no meu rosto.

"Estou um pouco confuso. Como vocês duas se conheceram? E Rian, por que você a chama de 'Belle'? Pensei que o nome dela fosse Sophia?"

Eu acabei rindo de sua pergunta.

"Esse apelido vem do meu segundo nome, Ysabelle. Meu nome é Sophia Ysabelle e Belle era como Rian me chamava na faculdade", respondi enquanto indicava com a mão para que se sentassem.

"E acredite ou não, ela era minha mentora na faculdade. Foi ela quem me apresentou à minha banda", Rian respondeu a pergunta com um sorriso orgulhoso.

"Uau! Mas se você era a mentora de Rian em canto, como se tornou uma instrutora de dança?"

Os dois me olhavam com uma expressão bem confusa no rosto.

"Bem, na verdade, eu estava fazendo um trabalho de meio período naquela época, exatamente como o que Rian disse. Depois de me formar, não sei o que deu em mim, mas descobri que gostava mais de dançar do que de cantar. Talvez porque quando eu era criança, minha mãe me matriculou em uma aula diferente de dança. Então acabei me dedicando mais a isso do que à música. Acabei me matriculando novamente em uma escola de dança e mais tarde comprei meu próprio estúdio."

"Então, agora você se dedica completamente à dança e não toca mais nenhum instrumento?", perguntou Rian em um tom interessado.

"Hmm, às vezes, quando estou com vontade, ainda toco violão e piano.

"Uau!", Gavin exclamou com admiração.

"Sim. Por falar nisso, Rian, você ainda continua na banda?", perguntei enquanto me lembrava de ela ser a vocalista principal da banda em que cantava antes.

"Sim, mas não sou tão ativa como antes. Na verdade, fizemos uma apresentação faz três meses."

"Uau! Que ótimo! Mas agora, conte, o que a faz vir visitar o meu estúdio de dança?

"Ahh! Na verdade, estamos procurando o melhor instrutor de dança da cidade. Entramos em uma competição e vamos nos apresentar na segunda semana do próximo mês. Você foi muito bem recomendada pelo meu primo Rolly. Ele disse que você pode nos ajudar a ter um bom desempenho na nossa próxima apresentação na competição."

"Você está falando de Rolly Sarmiento?"

"Ele mesmo."

"Não sabia que ele era seu primo, ele é um bom amigo meu", comentei sorrindo.

"Bem, não é nenhuma competição importante. É apenas uma parte do evento de ação de graças de nossa empresa. Ele me disse que você é uma das melhores treinadoras da cidade e que poderia nos ajudar com isso."

"Sim, claro! Mas, quer saber, ele fica me elogiando só porque é meu amigo." Dei uma boa risada enquanto fazia um gesto com a mão como se dispensasse o elogio, ainda não tinha me acostumado com esse tipo de coisa.

"Belle, não acredito em você. Sei que ninguém tem sucesso nesse tipo de trabalho se não tiver talento e paixão. Sei que ainda não te vi dançando, mas acredito que você é a melhor!" Rian se inclinou para frente para dar um tapinha na minha mão, que repousava em cima da minha mesa.

"Ahh, Rian, você não mudou em nada!", respondi, balançando a cabeça. "Então, que tipo de dança vocês vão apresentar?", perguntei enquanto me reclinava no encosto da cadeira.

Eles me explicaram o que queriam fazer e eu acabei dando algumas sugestões. No final, concordamos todos que uma apresentação de dança acrobática moderna era a melhor opção. Informei que eles teriam que fazer alguns passos acrobáticos e também sugeri incluir algumas acrobacias aéreas para tornar a apresentação única e dinâmica.

Pude ver a felicidade brilhando nos olhos de Rian enquanto ela me contava algumas partes de sua história de amor. Embora eu não pudesse acreditar completamente que ela já fosse casada, a felicidade que ela me transmitia falando de seu parceiro também me deixou feliz.

Trocamos os números de telefone e as contas de mídia social. No entanto, não achei que fosse o momento adequado para contar que também estaria me casando daqui a três semanas. Sabia que não poderia esconder essa informação dela para sempre, mas ainda não estava pronta para compartilhar a notícia. Talvez fosse contar depois de ter me casado.

~~~~~~~~

"Como você está se sentindo hoje?"

Quando me virei, deparei com Craig encostado no batente da porta do meu quarto. É a nossa festa de noivado hoje e vai começar às três da tarde. Agora já é uma hora e ainda estou aqui, na frente do meu espelho de maquiagem.

"Tensa e nervosa."

Ele riu enquanto entrava e se sentava na beira da minha cama.

"E por que você está nervosa se é apenas um noivado falso?"

"Sim, a ideia é falsa, mas o noivado é de verdade. Não estou nervosa por causa do evento. Estou nervosa pelo que sou capaz de fazer se Daniel Kelley tentar me insultar na frente de todos!"

"Esse é o espírito, garota! Não se deixe afetar pelo seu noivo. Quer saber, se eu estivesse livre essa tarde, iria com você."

"Sim, eu também gostaria que você pudesse ir comigo", respondi fazendo um beicinho para ele.

"A propósito, ele vai buscá-la ou você vai para lá sozinha?"

"Não, o motorista da senhora Kelley vem me buscar às duas. E o que você diria se o famoso e arrogante Daniel Kelley viesse me buscar? Nah! Isso seria impossível de acontecer nem que eu pedisse de joelhos para todos os santos do mundo."

"Bem, não precisa tentar me convencer. Acredito em você. Adivinhe, eu vi a foto dele na revista na lista dos dez homens mais cobiçados da Califórnia! Sophia, seu marido é super sexy e gostoso, sem mencionar que ele também é lindo!"

Não pude evitar de revirar os olhos. "Sim, sexy e gostoso, mas rude e arrogante na vida real!"

"Hmph", grunhiu ele, cruzando os braços sobre o peito. "Bem, então te desejo boa sorte, garota. Depois do seu casamento, você vai ter que viver com esse marido rude, mas gostoso e sexy." Craig me lançou uma piscada brincalhona ao dizer isso.

"Não me importo!", respondi, dando de ombros. "Não me importo desde que ele não invada meu espaço pessoal, claro."

"E se você se apaixonar por ele?"

"Como?!", exclamei virando a cabeça em sua direção. "Isso nunca vai acontecer!", disse, franzindo os olhos. Craig se limitou a me olhar e caiu na gargalhada.

"Ok, como eu sempre digo: boa sorte!"

~~~~~~~~

Ponto de vista de Daniel:

Em vinte minutos a festa vai começar, mas minha suposta noiva ainda não chegou. Fico olhando para o relógio e contando os minutos para sua chegada, mas ainda não consegui sequer vislumbrá-la.

"Esperando por sua linda noiva?" Andrew me ofereceu uma taça de vinho tinto ao fazer essa pergunta tão óbvia. "Relaxe, tenho certeza de que ela vai chegar na hora."

"Relaxar? Estou esperando por ela por quase meia hora! A festa vai começar dentro de vinte minutos, mas ela ainda não chegou!", respondi contrariado.

"Ohh... Será que eu ouvi direito? Você está esperando por ela por quase trinta minutos?"

"Já te disse que a festa vai começar em vinte!" Evitei encará-lo, mas não perdi seu sorriso e expressão irônica.

"Então, por que você não se ofereceu para buscá-la hoje? Assim, você não ficaria preocupado esperando por ela."

"Eu não estou preocupado! Além do mais, ela não é minha noiva de verdade para eu perder meu tempo indo buscá-la."

"Ahh, você não está preocupado? Verdade, vejo exatamente isso." Ele soltou uma gargalhada, mas eu o encarei nos olhos, sério. "E se ela não vier, o que você vai fazer?"

Eu lhe dei um sorriso malicioso antes de responder sua pergunta hipotética.

"Então eu terei que arrastá-la no meio dessa festa com a porra dos paparazzi e todo tipo de mídia ao nosso redor! Eu sei que ela odeia tudo isso, mas se ela tentar desistir agora, vou tornar a vida dela um inferno!" Segurei o copo na minha mão com mais força.

"Mas se você fizer isso, terá que apresentá-la ao mundo. Aí, todo mundo vai ficar sabendo que você já é casado."

"Não me importo nem um pouco. Assim que os empresários europeus assinarem o contrato com KI Corporation, vou pedir o divórcio imediatamente!"

"Está bem", respondeu Andrew dando de ombros. "Se isso acontecer, posso ficar com ela?"

Eu franzi as sobrancelhas. "O que você quer dizer?"

"Eu gosto dela. Para ser honesto, eu gosto dela de verdade, Daniel."

Passei o copo para minha mão direita, sentindo o sangue repentinamente subir para minha cabeça.

"Então, quando isso acontecer e vocês dois já estiverem divorciados, talvez eu possa namorar com ela sem que você se importe."

Eu estava prestes a responder quando ouvi a voz da minha mãe atrás de nós. Imediatamente controlei minha irritação e me virei para ela.

"Daniel, sua noiva já está a caminho. Você não quer esperá-la do lado de fora para entrar no salão junto com ela? Ela me deu uma piscadela enquanto exibia um grande sorriso no rosto.

"Vamos, mãe. Não tente bancar cupido, porque isso não vai acontecer", reclamei, indo em sua direção.

"Não estou tentando bancar cupido, meu filho. Só quero que você a acompanhe para dentro do salão para que seus colegas de trabalho não pensem que esta seja uma festa arranjada."

Eu me limitei a balançar a cabeça em descontentamento. "Mãe, você não é uma boa atriz."

"Tudo bem, pelo menos sou a melhor mãe do mundo para você e para sua irmã."

"Claro que você é." Dei um beijo em seu rosto antes de sair da sala de estar para esperar a chegada da minha noiva.

Eu estava prestes a sair pela porta da frente quando o carro de minha mãe parou na área da garagem. Eu sabia que ela tinha mandado o motorista pegar Sophia em seu apartamento. Fui direto para a garagem e meus olhos se fixaram na mulher com um vestido roxo justo.

Ela estava de costas para mim, falando com alguém ao telefone. Esperei pacientemente que ela encerrasse a ligação antes de chamar sua atenção.

"Você está atrasada!"

Então ela se virou para mim, o que fez minha respiração ficar presa na garganta. De repente, lembrei-me das palavras de Andrew durante nosso jantar em família. 'Estou vendo um anjo?'

Reclame seu bônus no App

Abrir
1 Capítulo 1 Primeiro encontro2 Capítulo 2 O passado dela3 Capítulo 3 Aceitando o acordo4 Capítulo 4 Telefonemas5 Capítulo 5 Jantar em família6 Capítulo 6 Reencontrar-se7 Capítulo 7 Festa de noivado8 Capítulo 8 Festa de noivado (Parte 2)9 Capítulo 9 Não engula suas palavras10 Capítulo 10 O casamento11 Capítulo 11 Morar com ele12 Capítulo 12 Novo dia13 Capítulo 13 Nós não somos amigos14 Capítulo 14 Roxo15 Capítulo 15 Senhorita16 Capítulo 16 Ele está com ciúmes17 Capítulo 17 Competição de Dança18 Capítulo 18 Estou alucinando 19 Capítulo 19 Bem feito20 Capítulo 20 Cabeça vazia21 Capítulo 21 É melhor morder a língua do que engolir as palavras22 Capítulo 22 Encontro de almoço23 Capítulo 23 Não estou com ciúmes24 Capítulo 24 Sua ausência25 Capítulo 25 Esposa teimosa26 Capítulo 26 Grande campeão27 Capítulo 27 Rian está desaparecida28 Capítulo 28 O que está acontecendo com ele 29 Capítulo 29 O acidente de Alex30 Capítulo 30 Preciso de sua assinatura31 Capítulo 31 É ele32 Capítulo 32 O tempo33 Capítulo 33 A mãe dela34 Capítulo 34 Desculpe-me35 Capítulo 35 Deixe seu ciúme de lado36 Capítulo 36 Senhora Kelley37 Capítulo 37 Ela é exatamente igual a elas!38 Capítulo 38 Julgamento39 Capítulo 39 É isto que chamamos de amor40 Capítulo 40 Sua esposa é uma mulher forte41 Capítulo 41 Estranho42 Capítulo 42 Confusa43 Capítulo 43 Sem beijo, sem telefone44 Capítulo 44 Layla45 Capítulo 45 Deja Vu46 Capítulo 46 Denial47 Capítulo 47 Ela parecia um quebra-cabeça48 Capítulo 48 Dormir no meu quarto49 Capítulo 49 Cadê meu beijo 50 Capítulo 50 Ele é um bom homem51 Capítulo 51 Urso de pelúcia52 Capítulo 52 Ele está doente53 Capítulo 53 Você pode cantar para mim 54 Capítulo 54 Loja de presentes55 Capítulo 55 Minha esposa56 Capítulo 56 Eu estou me apaixonando por ele57 Capítulo 57 Esta coisa doida chamada amor58 Capítulo 58 Não viva no passado59 Capítulo 59 A sorte não estava do lado dela60 Capítulo 60 O oposto da verdade61 Capítulo 61 Decepcionada62 Capítulo 62 Estou cansada63 Capítulo 63 Pacote64 Capítulo 64 O amor de uma mãe65 Capítulo 65 Não mais marido e mulher66 Capítulo 66 Essa é a sua casa!67 Capítulo 67 Ridículo68 Capítulo 68 Ele ama você, Belle69 Capítulo 69 Desistindo70 Capítulo 70 Tenho uma ideia71 Capítulo 71 Plano de fuga72 Capítulo 72 Seguindo-o em San Diego73 Capítulo 73 Você está bêbada74 Capítulo 74 Eu te amo!75 Capítulo 75 Deixe-me explicar76 Capítulo 76 Apaixonar-se não é um erro77 Capítulo 77 Você está fodido, cara!78 Capítulo 78 Eu estava errado!79 Capítulo 79 Seu pai80 Capítulo 80 Eu amo minha vida!81 Capítulo 81 Ele está doente82 Capítulo 82 Eu estraguei tudo83 Capítulo 83 Pen drive84 Capítulo 84 Eu a amo!85 Capítulo 85 Eu quero conhecer o seu marido86 Capítulo 86 Genro falso87 Capítulo 87 Eu nunca paro de amá-lo88 Capítulo 88 Convidados89 Capítulo 89 Eu não quero ver suas joias!90 Capítulo 90 Eu os farei pagar, amada91 Capítulo 91 Porque eu te amo92 Capítulo 92 Dê uma chance a ele93 Capítulo 93 Interrogatório94 Capítulo 94 As últimas palavras de seu pai95 Capítulo 95 Você pode ser meu Ursinho de Pelúcia de novo 96 Capítulo 96 Nicholas De Lucca97 Capítulo 97 De Luccas98 Capítulo 98 Eu não pedi para você ficar!99 Capítulo 99 Eu vou proteger o que é meu!100 Capítulo 100 Ela está de volta