icon 0
icon Loja
rightIcon
icon História
rightIcon
icon Sair
rightIcon
icon Baixar App
rightIcon
Capítulo 2
O passado dela
Palavras: 2075    |    Lançado em: 11/06/2021

"Me conte o que aconteceu, Sophia. Eu prometo ajudar você." Senhora Kelley falou cheia de determinação.

Eu sorri com amargura e abaixei minha cabeça. Nós estamos de volta ao shopping agora, dentro do restaurante. Já faz um longo tempo desde que eu mantenho isso em segredo. Eu não deixei ninguém saber disso, desde que eu comecei a viver em Califórnia. Bem, com exceção do meu amigo da universidade, Rian.

Eu senti uma mão sobre a minha, que estava apoiada sobre a mesa.

"Posso ser sua mãe, Sophia. Eu conheço metade da sua história sobre sua mãe e seu pai, mas você não me contou sobre essa sua história. Você pode compartilhar tudo comigo."

Senhora Sonia Kelley, uma das minhas alunas da aula de zumba. Nós nos conhecemos faz dois anos, e ela é uma das minhas clientes leais que sempre recomendou eu e meu estúdio de dança para todos os amigos e colegas dela. Ela é como uma mãe para mim desde então, e ela conhece todos os meus sacrifícios em relação à minha carreira. Ela é também uma de nossas patrocinadoras sempre que temos uma competição internacional de dança.

Eu olhei para ela e dei um longo e profundo suspiro antes de começar a contar para ela esse horrível passado da minha vida em Bolonha, na Itália.

"Joseph De Luca era o meu ex-noivo. Eu tinha só dezoito anos quando a empresa do meu pai sofreu uma crise financeira, e ele não soube o que fazer depois daquilo. Até que um dia, ele conversou comigo e me contou que eu já estava comprometida com um certo Joseph de Luca. Eu nem mesmo conheço aquele homem. Eu perguntei o motivo, e ele me falou que era para o meu futuro.

E, então, um dia, eu ouvi meu pai conversando com seu convidado na sala de estar. Estavam falando sobre o dinheiro que o convidado tinha transferido para a conta de meu pai. Ele falou que eu deveria me preparar para nosso casamento, e para eu e seu filho nos tornarmos próximos um do outro, eles compraram a casa vazia a poucos quarteirões de nossa casa.

Quando eu conheci Joseph, eu imediatamente senti que tinha alguma coisa errada com a forma como ele me olhava. No entanto, quando eu contei ao meu pai sobre minha observação, ele desmentiu e falou que Joseph era um homem bom e perfeito para ser meu marido. Contudo, eu não acreditei nele, então, tentei fazer uma pesquisa a respeito de Joseph, com a ajuda de meu primo. E então, descobri que ele é graduado em IT, e a notícia que mais me chocou naquela época foi que eu descobri que ele é viciado em drogas, que ele usava e vendia drogas."

"Você contou ao seu pai sobre isso?", ela perguntou, com uma expressão horrorizada.

"Sim, eu contei para ele. Eu até mostrei as pesquisas que fiz para ele, mas ele gritou comigo e me falou para não acreditar em notícias falsas!"

"Notícia falsa? Mas não é uma notícia falsa se você tem uma prova."

"Sim, eu falei isso para ele, mas ele não acreditou em mim. Ao invés disso, ele continuou assinando o contrato. E, um dia, eu decidi falar com meu futuro marido. Queria falar com ele e implorar para cancelar o casamento. Fui até a casa dele, que ficava a poucos quarteirões da nossa. Layla, a empregada deles, foi quem abriu a porta para mim. Perguntei a ela sobre Joseph e ela apontou para o quarto dele. Mas, antes de eu passar por ela, ela agarrou minha mão. Ela me falou para tomar cuidado se eu estivesse indo falar com Joseph dentro do seu quarto. Eu fiquei confusa no começo, mas apenas acenei com a cabeça para ela.

E a cena que veio à minha visão chocou não somente meus olhos, mas meu corpo todo. Eu confirmei minhas pesquisas com meus próprios olhos. Ele estava dentro do seu quarto com dois amigos usando drogas. Ele estava cheirando a folha de prata enquanto seus amigos seguravam o isqueiro para ele. E, quando eles me viram olhando para eles, eu corri em direção à porta e desci as escadas. Nós quase brincamos de esconde-esconde. Gritei por ajuda e Layla veio correndo da cozinha, porém, com o olhar de Joseph, ela deu as costas para nós e saiu."

Eu piscava meus olhos para controlar as lágrimas, mas não deu certo. Porque elas caíram pelo meu rosto antes que eu pudesse limpá-las.

"E quanto às outras empregadas? Os guardas, ou alguém dentro da casa? Eles não te ajudaram ou ouviram quando você gritou por ajuda?"

"Não havia mais ninguém dentro da casa deles naquele momento, exceto Layla e um guarda no portão, e eu não sei por quê?"

"E então, o que aconteceu depois disso? O que ele e seus amigos fizeram com você?"

"Eles me arrastaram de voltar para o quarto dele e me jogaram na cama. Ele mandou seus amigos voltarem para casa porque falou que me queria somente para ele. Eu gritei por ajuda enquanto tentava empurrá-lo, mas ele era muito forte. Ele rasgou minha blusa, minha saia e minha calcinha. Eu supliquei para que ele parasse, mas ele não me ouviu. Ele falou que eu era sua noiva e seria sua esposa, então, era seu direito tomar o que é dele."

"Mas você não estava casada ainda!"

"Ele não me escutou, ainda que eu tivesse dito a ele para esperar até a noite do casamento, ele continuou tirando minha roupa. E ele estava prestes a me estuprar quando nós escutamos uma batida na porta e ela logo se abriu. Por causa de seu desejo sexual extremo, ele ainda estava chapado de drogas, talvez não tivesse percebido que ele não tinha trancado a porta. E depois das batidas, a porta abriu sem demora. Era Layla, eu vi como o rosto dela ficou pálido de choque por causa do nervosismo.

Eu estava chorando e pedi ajuda, mas, com o olhar e o grito de Joseph, ela se virou depois de falar que meu pai e o senhor De Luca chegaram e esperavam por ele na sala de estar. Ela olhou para mim antes de sair, e eu entendi que essa era a única coisa que ela podia fazer para me ajudar. E, como Joseph estava distraído, eu usei isso como oportunidade. Usei toda minha força para empurrá-lo e chutei as bolas dele. Também tentei dar um tapa nele com meu anel de diamante que estava virado para a palma da minha mão, e o anel só pousou sobre o pescoço dele, mas, ainda assim, fez um corte profundo.

Eu corri para fora do quarto e desci as escadas, sem me importar que estava usando apenas uma saia rasgada, e um pedaço de blusa. Meu pai e o senhor De Luca ficaram chocados quando eles me viram correndo escada para baixo. Meu pai me cobriu de imediato com sua jaqueta e me perguntou o que tinha se passado comigo e o que eu estava fazendo lá em cima. Contudo, antes que eu pudesse falar, escutei os passos de Joseph atrás de mim e ele contou o oposto da história. Contou que fui eu quem me joguei para cima dele por causa de dinheiro!

Tentei explicar por que eu estava lá, contudo, eles não acreditaram em mim. Ele estava sangrando, e todos eles acreditaram na história mentirosa dele, enquanto ele se fazia de vítima. Ele deletou todas as imagens de vídeo do CCTV num instante e, no outro dia, Layla subitamente desapareceu da casa deles. Ela era minha única esperança, mas, até agora, eu ainda estou tentando encontrá-la. E esse foi o motivo de eu ter deixado Bolonha. Meu próprio pai não acreditou em mim. Ao invés disso, ele me acusou de seduzir Joseph. E não importava o quanto eu tentasse explicar meu real motivo, ele continuava surdo. Ele já estava cego com o dinheiro de De Luca.

Meu primo me ajudou a postar isso em sites de rede social, porém, depois de uma semana, as notícias desapareceram subitamente. Eles usaram dinheiro para reverter a história e fazer de Joseph a vítima verdadeira. Assim, decidi fugir, porque não pude mais sentir meu valor e importância para meu pai. E, depois de seis anos, a pessoa que quase arruinou minha vida me encontrou de novo e ameaçou continuar seus negócios inacabados."

Limpei minhas lágrimas usando minha outra mão.

"E quanto à sua mãe? Onde ela estava naquele tempo?"

"Ela mora em Seattle. Ela deixou meu pai e eu quando eu tinha somente dez anos. Não me preocupei em procurá-la. Agora ela tem sua própria família, ela está feliz com eles, e eu não tenho coragem de arruinar a felicidade dela, que eu sei que ela não recebeu de meu pai."

"Mas ela é a sua mãe. Ela tem o direito de saber o que está acontecendo com você, ou o que aconteceu com você. Especialmente porque aquele tal de Joseph está na Califórnia agora."

"Posso lidar sozinha com isso, senhora Kelley. Ela nunca me visitou desde que ela me deixou. Se ela me considerasse sua filha, ela teria voltado, ela teria me levando quando foi embora, mas não! Eu vivia sozinha, sem ela e sem meu pai. Então, não acho que preciso dela na minha vida agora!"

"Bem, não posso te culpar por isso, por causa das lutas e dores pelas quais você passou. E, eu estou orgulhosa de você, Sophia. Você enfrentou todos esses problemas sozinha. Você é uma das pessoas mais resilientes que eu conheci. E eu vou te ajudar."

Eu a olhei enquanto limpava meu rosto com as mãos.

"Vou te ajudar a achar Layla e fazer aquele Joseph sofrer por aquilo que ele fez!"

"Senhora Kelley..."

"Case-se com o meu filho!"

Meus olhos quase saltaram. Dizer que eu estava pasma era eufemismo.

"Senho... Senhora Kelley?" Até minha língua não sabe como formar palavras.

Ela segurou ambas mãos outra vez.

"Case-se com meu filho, Sophia Use o sobrenome dele e todas suas conexões para encontrá-la.

"M...mas..."

"Meu filho necessita de uma esposa agora mesmo, e você é a melhor candidata para isso."

Pisquei meus olhos repetidas vezes. "Nós nem mesmo nos conhecemos, senhora Kelley. E por que ele precisa de uma esposa, ele não tem uma namorada para se casar?"

"Não, Sophia, você não me entendeu. Case-se com ele apenas por um ano e depois disso você pode ir e fazer o que quiser."

"Mas, por que você quer que eu me case com ele? Me fale a verdade, por favor, senhora Kelley?" Não sei, porém, posso sentir que há alguma coisa que ela não está me falando ou não quer falar.

"Ele precisa de uma esposa contratual por um ano para ganhar o maior investidor da empresa. É um investimento europeu, e, se eles conseguirem isso, isso levará eles e a empresa para o topo de faturamento em todo estado da Califórnia."

"Então esse é o motivo pelo qual você quer que eu me case com ele?"

"Em algum ponto sim, porém, desde que você compartilhou sua história comigo, isso só aumentou a razão pela qual quero que você case com meu filho. Deixe-me te ajudar, Sophia. Sei que você não está lutando por dinheiro..."

"Ah, não, não... Senhora Kelley. Se você vai me ofereceu um montante de dinheiro só para casar com seu filho, me desculpe. Mas eu não posso aceitar isso, e minha resposta é não."

"Não, mas se é isso que você quer, eu não vou oferecer qualquer centavo para você. Apenas case com ele e eu vou me certificar de encontrar a única testemunha que você pode usar para abrir um processo contra Joseph. E, quanto ao meu filho, não se preocupe com ele. Ele é um homem bom, Sophia. E, se um dia você aprender a amá-lo, então, eu serei a mãe e a sogra mais feliz do mundo."

Eu ri com a última frase dela.

"Mas você disse, isso é só um casamento de conveniência. Então, isso significa que amor e qualquer emoção não estão envolvidos nesse casamento."

"Sim, e isso foi apenas uma frase hipotética. E então, qual é sua decisão?"

"E... eu não sei, senhora Kelley Essa é uma decisão que vai mudar minha vida."

"Sophia, isso é só por um ano. Depois disso, você pode se divorciar e acabar com o casamento."

"Ele sabe que você está conversando comigo sobre isso?"

"Não, mas vou explicar para ele."

Fim do flashback... .

Reclame seu bônus no App

Abrir
1 Capítulo 1 Primeiro encontro2 Capítulo 2 O passado dela3 Capítulo 3 Aceitando o acordo4 Capítulo 4 Telefonemas5 Capítulo 5 Jantar em família6 Capítulo 6 Reencontrar-se7 Capítulo 7 Festa de noivado8 Capítulo 8 Festa de noivado (Parte 2)9 Capítulo 9 Não engula suas palavras10 Capítulo 10 O casamento11 Capítulo 11 Morar com ele12 Capítulo 12 Novo dia13 Capítulo 13 Nós não somos amigos14 Capítulo 14 Roxo15 Capítulo 15 Senhorita16 Capítulo 16 Ele está com ciúmes17 Capítulo 17 Competição de Dança18 Capítulo 18 Estou alucinando 19 Capítulo 19 Bem feito20 Capítulo 20 Cabeça vazia21 Capítulo 21 É melhor morder a língua do que engolir as palavras22 Capítulo 22 Encontro de almoço23 Capítulo 23 Não estou com ciúmes24 Capítulo 24 Sua ausência25 Capítulo 25 Esposa teimosa26 Capítulo 26 Grande campeão27 Capítulo 27 Rian está desaparecida28 Capítulo 28 O que está acontecendo com ele 29 Capítulo 29 O acidente de Alex30 Capítulo 30 Preciso de sua assinatura31 Capítulo 31 É ele32 Capítulo 32 O tempo33 Capítulo 33 A mãe dela34 Capítulo 34 Desculpe-me35 Capítulo 35 Deixe seu ciúme de lado36 Capítulo 36 Senhora Kelley37 Capítulo 37 Ela é exatamente igual a elas!38 Capítulo 38 Julgamento39 Capítulo 39 É isto que chamamos de amor40 Capítulo 40 Sua esposa é uma mulher forte41 Capítulo 41 Estranho42 Capítulo 42 Confusa43 Capítulo 43 Sem beijo, sem telefone44 Capítulo 44 Layla45 Capítulo 45 Deja Vu46 Capítulo 46 Denial47 Capítulo 47 Ela parecia um quebra-cabeça48 Capítulo 48 Dormir no meu quarto49 Capítulo 49 Cadê meu beijo 50 Capítulo 50 Ele é um bom homem51 Capítulo 51 Urso de pelúcia52 Capítulo 52 Ele está doente53 Capítulo 53 Você pode cantar para mim 54 Capítulo 54 Loja de presentes55 Capítulo 55 Minha esposa56 Capítulo 56 Eu estou me apaixonando por ele57 Capítulo 57 Esta coisa doida chamada amor58 Capítulo 58 Não viva no passado59 Capítulo 59 A sorte não estava do lado dela60 Capítulo 60 O oposto da verdade61 Capítulo 61 Decepcionada62 Capítulo 62 Estou cansada63 Capítulo 63 Pacote64 Capítulo 64 O amor de uma mãe65 Capítulo 65 Não mais marido e mulher66 Capítulo 66 Essa é a sua casa!67 Capítulo 67 Ridículo68 Capítulo 68 Ele ama você, Belle69 Capítulo 69 Desistindo70 Capítulo 70 Tenho uma ideia71 Capítulo 71 Plano de fuga72 Capítulo 72 Seguindo-o em San Diego73 Capítulo 73 Você está bêbada74 Capítulo 74 Eu te amo!75 Capítulo 75 Deixe-me explicar76 Capítulo 76 Apaixonar-se não é um erro77 Capítulo 77 Você está fodido, cara!78 Capítulo 78 Eu estava errado!79 Capítulo 79 Seu pai80 Capítulo 80 Eu amo minha vida!81 Capítulo 81 Ele está doente82 Capítulo 82 Eu estraguei tudo83 Capítulo 83 Pen drive84 Capítulo 84 Eu a amo!85 Capítulo 85 Eu quero conhecer o seu marido86 Capítulo 86 Genro falso87 Capítulo 87 Eu nunca paro de amá-lo88 Capítulo 88 Convidados89 Capítulo 89 Eu não quero ver suas joias!90 Capítulo 90 Eu os farei pagar, amada91 Capítulo 91 Porque eu te amo92 Capítulo 92 Dê uma chance a ele93 Capítulo 93 Interrogatório94 Capítulo 94 As últimas palavras de seu pai95 Capítulo 95 Você pode ser meu Ursinho de Pelúcia de novo 96 Capítulo 96 Nicholas De Lucca97 Capítulo 97 De Luccas98 Capítulo 98 Eu não pedi para você ficar!99 Capítulo 99 Eu vou proteger o que é meu!100 Capítulo 100 Ela está de volta